O Tao do Reiki

Descobrir, Desenvolver e Crescer com Reiki

O arroto e a limpeza energética

Quando nos libertamos do ar engolido ou do dióxido de carbono produzido no estômago, damos o nome de arroto ou eructação e umas vezes traz-nos alívio, outras bastante mau estar quando é contínuo. Mas, não é apenas por razões de engolir ar ou digerir alimentos que arrotamos, o mesmo processo também pode ser realizado com a acumulação de energia que necessita ser limpa. Se já entraste num espaço, se estiveste perto de pessoas e começaste a arrotar, então estás num processo de limpeza energética.

Porque sentimos vontade de arrotar?

Todas as pessoas têm interacções energéticas, com a aura umas das outras, é um processo absolutamente natural. Algumas pessoas terão mais tendências a absorver a energia mais densa de outros ou até limpar a sua própria energia mais densa. Nem sempre o arroto vem de energia mais densa, poderá também ser a nossa própria limpeza. Ao aproximarmo-nos de um local limpo, de uma pessoa com boa aura ou na natureza, podemos ter a vontade de nos limparmos e isso pode acontecer pelo arroto, suspiro ou mesmo vontade de ir à casa de banho. Por isso, não vale a pena querer sempre pensar que são coisas más.

Vendo o caso das energias mais densas, o nosso plexo solar é também chamado de chakra simpático, pois é bondoso e decide absorver a energia densa dos outros, esperando reciclá-la, o que muito raramente acontece, fazendo com que a pessoa arrote e tenha muito má disposição. Por vezes a energia é tanta que todo o corpo incha e a pessoa sente-se insuportável, não aguenta nem mais um pouco dessa energia. Então há que ter alguma reflexão sobre o plexo solar, o nosso chakra do poder pessoal. Verifica como estás ao nível do teu poder pessoal. Estás muito sensível? Deixas-te influenciar facilmente? Tens tido pouca força de vontade? Pouca vitalidade?

Se decides que esta é a forma de limpares os outros, por vezes podes causar mais medo do que propriamente bem estar. Esta é uma mistificação pois, todo esse trabalho de limpeza energética pode ser feito silenciosamente.

Como podemos limpar, transmutar e libertar essa energia?

Se és praticante de Reiki, trabalha muito o enraizamento pois permite-te ligar à Terra e deixar descarregar essa energia mais densa pelo chakra raiz e pelos pés. Aprende a aumentar o teu enraizamento e a deixar sair essa energia. Pratica também o banho seco e a chuva de Reiki pois ajudarão em todo o processo.

Podes também caminhar, abraçar-te a uma árvore, colocar as mãos e pés na terra e deixa sair todo esse excesso. Acima de tudo é importante que tenhas consciência de ti e força de vontade. Não queiras ficar com o que não é teu. Por outro lado, o arroto pode ser a tua própria densidade que se manifesta, por isso, regularmente, aprende a limpar-te. A limpeza energética é tão importante quanto a limpeza física. Se tu estiveres bem, muitos outros irão ficar bem.

Se quiseres meditar, ou visualizar cores, a energia violeta é muito boa pois é transmutadora. Podes imaginar essa chama violeta a envolver-te e a transmutar, queimar, toda a energia mais densa que te rodeia ou está mesmo no teu interior.

Previous

Sarau “Dar de Coração” Encontro intergeracional em Guimarães, foi assim

Next

Curso de terapia energética Integral – Janeiro e Fevereiro 2015

2 Comments

  1. Gostei da explicação, sobretudo porque chamou a atenção para o fato de que por vezes é nossa própria energia que está densa. A maioria das pessoas sempre pensam em se proteger do outro e nunca em proteger oa outros de si. Costumo receber muitos “narizes” tortos por apontar esse fato. Fico feliz que mais alguém teve coragem de apontá-lo.

    Gratidão…

    Marcia.

  2. Júlia Venâncio

    Gostei muito da explicação, por vezes isso acontece-me por sentir que os espaços ou as pessoas não têm uma energia como a minha. Costumo depois fazer uma limpeza energética com CKR,
    Grata sempre
    Júlia

Deixe um comentário

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén