O Tao do Reiki

Descobrir, Desenvolver e Crescer com Reiki

Category: O Grande Livro do Reiki (Page 1 of 2)

Três anos de O Grande Livro do Reiki e sete edições

Em Abril de 2015 surgiu o meu segundo livro, intitulado O Grande Livro do Reiki, pela Editora Nascente, quatro meses depois, foi lançada a segunda edição do livro. Mas porque será O Grande Livro do Reiki um dos livros de referência para os praticantes de Reiki?

Sete edições de O Grande Livro do Reiki

O nome que sentia para este livro era “A Arte Secreta de Convidar a Felicidade“. Era um livro composto como um guia de jornada para quem tinha interesse em saber algo sobre Reiki e mesmo para quem gostaria de prosseguir pelos quatro níveis de aprendizagem.

A Arte Secreta de Convidar a Felicidade vem dos preceitos ensinados pelo Mestre Mikao Usui, que nos indica que o cumprimento dos cinco princípios nos leva, através de uma prática diligente, à descoberta interior do nosso estado mais elevado e também o mais natural de todos – a felicidade.

Com a visão da Catarina Martins, a editora que trabalhou este livro, o nome mudou para O Grande Livro do Reiki, algo que me assustou um pouco, mas compreendi o que queria dizer este título e o porque da sua razão.

Na verdade este é mais “O Grande Caminho do Reiki”, pois mostra-nos que a prática do Usui Reiki Ryoho é algo de tão belo, incrível e inspirador, que nos transporta para um caminho de vida, que dura toda uma vida.

Assim, se ainda não és praticante de Reiki e queres perceber do que se trata o Usui Reiki Ryoho, este é um bom livro para ti.

Se já és praticante de Reiki, então este pode ser o teu livro de estudo e prática, com referências a técnicas, exercícios para a mudança de nível, programas de tratamento, abordando os muitos temas da prática de Reiki ao longo de todos os níveis, incluindo o de Mestre de Reiki. O reforço para este último nível, o Gokukaiden, é feito através do livro Reiki a Energia Universal, publicado em 2017.

A todos, muito obrigado pelo vosso apoio e carinho, que sempre Reiki vos possa acompanhar num caminho de paz e felicidade, lembrando-nos sempre da Missão do Usui Reiki Ryoho – Guiar para uma Vida Pacífica e Feliz, curar os outros, melhorar a sua felicidade e a nossa.

Novas edições de Livros de Reiki

Em Julho de 2017 são reeditados mais dois livros de Reiki – O Grande Livro de Reiki, na sexta edição e com mais de 12500 exemplares e Reiki para o Corpo e a Mente, com mais de 6000 exemplares.

O Grande Livro do Reiki

Manual prático para quem pretende compreender o que é Reiki e ter um guia de apoio para todos os níveis de Reiki.

 

Reiki para o Corpo e a mente

Cartas técnicas para o desenvolvimento da prática de Reiki, com os princípios, filosofia de vida e as técnicas de Reiki.

[psicologia] O que é Reiki, afinal?

Partilho contigo um artigo escrito pela psicóloga e formadora Joana Madureira sobre o que é Reiki, publicado no blog  BLOGA8, pela necessidade que sentiu em investigar e esclarecer sobre o que é Reiki e a sua prática, desmistificando e colocando de forma clara, sucinta e esquematizada, muita informação pertinente sobre “O que é Reiki”. O meu muito obrigado à Joana pelo seu trabalho e partilha.

[psicologia] O que é Reiki, afinal?

Estamos em pleno ano de 2017 e muito se fala e se lê sobre Reiki…

Em plena era da tecnologia, ainda há quem opine, sem se fundamentar devidamente; outros tentam procurar sobre o assunto, mas encontram alguma contra-informação. No meio disto tudo, ficam pessoas que, como eu, não são praticantes de Reiki, mas prezam saber, afinal, do que se trata o Reiki.

A verdade é que o Reiki já chegou aos Hospitais e conquistou profissionais de todas as áreas, sejam da ciência ou não. Querem saber mais? Eu procurei saber e sintetizo-vos o essencial, neste texto.

Significado de Reiki

Começando pela palavra em si, eis o significado mais consensual e corrente: Rei = universal + Ki = energia, ou seja, energia universal, “uma energia que está em todo o lado”.

De acordo com João Magalhães, presidente da Associação Portuguesa de Reiki e autor de O Grande Livro do Reiki (2016), “o Reiki é simples“:

“É uma energia universal, que está em todo o lado com uma frequência abrangente, curadora e vital (…) [com] o propósito de bem-estar,cura e vitalidade. O Reiki apenas funciona quando a pessoa tem a vontade de doar incondicionalmente, daí ser uma energia dependente do chacra cardíaco do praticante. Sem amor incondicional e capacidade de doar, o Reiki não funciona, nem para autotratamento nem para aplicação a outros.” (Magalhães, 2016)

Ainda de acordo com aquele autor, o Reiki “trata o homem como um todo, auxilia o processo de autocura do próprio corpo, relaxa os músculos, alivia pequenas dores, auxilia no relaxamento mental e proporciona um bem estar prolongado“.

Partindo do pressuposto de que tudo é composto por energia e que a mesma é inesgotável, aceita-se que a utilização da energia Reiki não tenha limites – os únicos limites são “apenas aqueles que estabelecemos” –  uma vez que pode ser aplicada nas diversas vertentes da nossa vida.

Origem do Reiki

Atribui-se a descoberta – ou concepção, se preferirem – do Reiki, ao Mestre japonês Mikao Usui, quando este se encontraria num retiro no Monte Kurama, No ano de 1922.  Desde então, tem sido a associação Usui Reiki Ryoho Gakkaia representante dos ensinamentos do Mestre Usui, tal como eles foram passados.

Princípios do Reiki

O Mestre Usui indicou cinco princípios como base desta filosofia de vida:

Só por hoje, sou calmo;

Confio;

Sou grato;

Trabalho honestamente;

Sou bondoso.

O que é o Reiki

Reiki NÃO É: uma religião, espiritismo, bruxaria, seita, dogma.

O seu criador, Mestre Mikao Usui, identificava o Reiki como método de cura natural através da energia, uma energia que pode harmonizar e auxiliar no processo de cura. Para além da energia e daqueles cinco princípios, já identificados acima, o Mestre Usui seleccionou 125 poemas do Imperador Meiji para reflexão e trabalho interior.

Para uma explicação mais detalhada, opto por citar novamente o autor João Magalhães, também ele Mestre de Reiki:

“O Reiki deve ser entendido como uma filosofia de vida, uma prática de desenvolvimento pessoal e uma terapia complementar e integrativa. Como tal, um praticante nunca deve deixar de tomar medicação [se previamente prescrita pelo seu médico] ou aconselhá-lo [deixar a medicação] a outra pessoa. Somente profissionais de saúde capacitados é que têm o saber para tal. Assim como nunca deve ser indicada qualquer promessa de cura. Esta ocorre por tantos fatores que muitos são absolutamente desconhecidos por nós.” (idem, ibidem)

Se algum praticante de Reiki vos prometer cura, indaguem-no sobre qual a sua intenção e quais os objectivos reais que estipula. O Reiki pode fazer parte de um processo de cura, mas não cura sozinho.

A citação seguinte, diz muito sobre o que é o Reiki e o que ele se propõe a promover:

“O Reiki é uma prática que nos convida à felicidade, por nos ajudar a elevar a consciência, a transformar os nossos padrões de comportamento e a criar harmonia em todos os nossos corpos. A nossa base é a energia e o saber holístico.” (idem, ibidem)

Se estamos bem connosco e com os outros, então estamos bem, em paz, em harmonia, em felicidade e essa é a verdadeira “cura”.

A “cura” em Reiki

De acordo com os escritos do Mestre Usui, “a missão do Usui Reiki Ryoho é guiar para uma vida pacífica e feliz, curar os outros, melhorar a sua felicidade e a de nós mesmos“.

O Reiki pode ser “autocurativo” ou pode ser direccionado a outras pessoas (sendo, para isso necessária uma formação de nível 2 avançada ou nível 3). Mas é importante voltar a ressalvar de que o Reiki não “cura” per si, sendo o elemento fulcral de mudança, o ser humano.

A palavra “cura”, que surge em contexto de Reiki (como na citação acima), pode ser interpretada como o sentimento de bem estar (holístico) da pessoa – ao equilíbrio física (corpo), mental (psique), emocional e espiritual (alma) – e à prática de uma atitude pacífica, consigo e com outros.

Eu interpretei a expressão “curar os outros”, como uma forma de exprimir os nossos mais sinceros e profundos votos de bondade e benquerença, ou como uma profunda manifestação da “intenção” de querer bem ao outro.

Quando querem transmitir um sentimento muito forte a alguém, costumamos dar um abraço apertado, certo? Pois na prática de Reiki usam (a imposição d)as mãos e a elevação da consciência, como instrumento de passagem dessa energia invisível, mas visualizada mentalmente. Reiki convida à meditação, à sintonização de energia e ao foco.

“A transferência e o envio de energia, em forma de pensamento, é comum em nós, sempre existiu, como naquelas situações em que estamos mais desamparados e alguém nos diz «estou a torcer por ti, tem força». Essa energia chega até nós e dá-nos verdadeiramente alento. Então, o envio de Reiki para situações é tão normal como o envio de energia pelo nosso pensamento.” (idem, ibidem)

Quantos de nós não desejava que os nossos maiores desejos e pensamentos se tornassem realidade? Pois foquem-se naquilo que querem que aconteça e as energias podem confluir a vosso favor. Pelo menos acreditar, ainda não paga imposto!

“(…) o propósito do Reiki não é curar, mas sim estabelecer harmonia e equilíbrio para que a saúde se estabeleça. É neste âmbito que é tão importante a abordagem da prática do Reiki no dia a dia, nas diversas vertentes da vida.” (idem, ibidem)

Reiki nos Hospitais – um aliado da saúde

A prática de reiki já conquistou hospitais por todo o mundo. Portugal conta já com casos como o do Hospital São João do porto, o Hospital do Fundão e o Centro Hospitalar Barreiro Montijo (Serviço de Obstetrícia).

Sugiro que possam ler mais a respeito aqui, ou consultar o site Pubmed, onde constam mais de 2500 artigos científicos publicados sobre reiki aqui!

Aprender Reiki

O ensino de Reiki pode depender do Sistema e do Mestre, sendo que a distribuição de ensino mais comum, para o Reiki Tradicional, é a divisão da aprendizagem em quatro níveis:

  • Nível 1 (Shoden) – o despertar, que trabalha ao nível físico;
  • Nível 2 (Okuden) – a transformação, que trabalha ao nível emocional e mental;
  • Nível 3 (Shinpiden) – a realização, nível de Mestre; e
  • Nível 3B (Gokukaiden) – Mestrado, nível de Professor.

Também existe o ensino de Reiki Essencial que só tem três divisões da aprendizagem.

Nota: Em Portugal, até à data de hoje, ainda não existia regulamentação sobre a prática de Reiki. Em 2008, a Associação Portuguesa de Reiki foi registada oficialmente como objectivo de unificar as várias escolas, mestres e terapeutas de Reiki em Portugal, e com ele foi criado um código de ética para a autorregulamentação.

Como saber se vocês se identificam com o Reiki?

A opção por estudar (e praticar) Reiki, passará pelos mesmos princípios de escolha como qualquer outra disciplina que se queira aprender, quer seja como complemento à vida profissional, quer seja para auto-conhecimento.

João Magalhães (2016) identifica cinco questões essenciais que se deve colocar, quando estão perante a vontade de aprender, mas não a certeza dessa decisão:

  • Que intenção me motiva para aprender Reiki?
  • Quais os meus objectivos de aprendizagem?
  • O que irei fazer com esse conhecimento?
  • Tenho motivação para cuidar de mim?
  • Quero tratar os outros e compreendo que tenho de me equilibrar primeiro?

O Reiki e a Psicologia

E para os que questionam o que tem este texto a ver com psicologia, deixo-vos esta reflexão. Exemplos como o Reiki, permitem-nos reflectir e sentir o poder da psique humana. E a psique é o foco de estudo da Psicologia!

“É de notar que o Reiki não cura, não é milagroso – o milagre está na pessoa, ela é que representa o maior milagre de todos: um ser senciente e maravilhoso, com capacidade de racionalizar e demonstrar emoções. A própria cura é muitas vezes realizada pela pessoa. O Reiki apenas auxilia o equilíbrio, dando o tempo e o espaço, contribuindo para a homeostasia de todo o nosso sistema de vida.” (idem, ibidem)

Esta frase fez-me lembrar do trocadilho que se faz sobre os psicólogos, e que tem toda a lógica se o aplicarmos à compreensão das pessoas: “quantos psicólogos são precisos para mudar uma lâmpada? Apenas um, mas é preciso que a lâmpada queira mudar.

Se um paciente não se sente preparado para mudar, cria resistências. Ninguém pode mudar outra pessoa. A mudança (que pode representar a melhoria, a solução ou a cura), parte sempre do próprio, ainda que, para isso, necessite de apoio, orientação, ajuda, motivação extra para fazer essa caminhada, devidamente acompanhado.

Da mesma força, se alguém não quer acreditar no Reiki, nenhum argumento pode demover. Mas pelo menos agora já sabem um pouco mais sobre Reiki.

Deste lado, como adepta que sou da educação para a felicidade, ao ler que o seu criador Mestre Usui, apresentou o Reiki como “a arte secreta de convidar a felicidade“, tornei-me interessada no assunto e tenho procurado saber mais, ao conversar com diversas pessoas, sejam não praticantes, praticantes ou mestres.

O saber não ocupa lugar e dá azo a belíssimas conversas, quando o respeito impera numa comunicação. Já sabem, conto com as vossas partilhas de vivências!

Até breve

Joana Madureira

 


BIBLIOGRAFIA

Magalhães, J. (2016). O Grande Livro do Reiki – manual prático e atualizado sobre a arte da cura, níveis 1, 2 e 3. Desperte para o Reiki: a arte secreta de convidar a felicidade. Braga: Nascente, 20|20 Editora.

Artigo por Joana Madureira

Mulher e Mãe de duas crianças. Psicóloga, Formadora, Consultora de Recursos Humanos e Blogger Mentora da marca registada SCHOLA – Educar para a Felicidade.

Inicia o teu voluntariado com Reiki Guia para uma Vida Feliz

O voluntariado faz parte do coração de todos os praticantes de Reiki. Quando começamos a praticar Reiki, percebemos que as mãos são as asas do coração e que este quer voar ao encontro de todos, auxiliando a aliviar o sofrimento e a dor. Ao darmos, estamos também de certa forma a receber e a crescer. Compreendemos a importância de estarmos em sociedade, compreendemos a importância de saber fazer pelo melhor, para todos.

O voluntariado ajuda-nos a crescer humanamente e também na nossa prática de Reiki, ajuda-nos a ultrapassar os nossos limites e a compreende-lo.

O voluntariado em Reiki Guia para uma Vida Feliz

Em Reiki Guia para uma Vida Feliz, poderás ler sobre a primeira acção humanitária, documentada, com Reiki; Os dez passos para te preparares para o voluntariado; Exemplo prático, ilustrado, do Reiki numa instituição, assim como o voluntariado em Hospitais. Terás também algumas dicas e reflexões da passagem do voluntariado à profissionalização.

Ser voluntário é colocar saber e tempo à disposição de quem mais precisa, usando a sabedoria do amor incondicional e da compaixão.
É muito natural, com a prática do Reiki, sentires vontade de doar a outros.
É o processo do teu coração em crescimento e da tua mente, que compreendem o que é melhor para o bem de todos. Também neste caminho se encontra a felicidade e, ao longo deste capítulo, vamos trilhar os vários passos e as perspetivas para a prática harmoniosa do voluntariado em terapia Reiki.

reiki guia para uma vida feliz - ser voluntario

Quando iniciar a prática de voluntariado Reiki

Após um bom tempo de prática de nível 1, para o teu auto-conhecimento e harmonização, após praticares o nível 2, em ti e com os teus colegas em partilhas, podes começar a tua prática de voluntariado. Para isso, tem um bom conhecimento dos símbolos e dos seus efeitos; prática no tratamento a outros; conhecimento dos chakras e da anatomia energética e claro, a tua harmonia e equilíbrio, que são muito necessários para que possas estar a dar, sem esperar receber.

Reflecte bem sobre a tua disponibilidade para o voluntariado, lembra-te que ao início terás muita vontade e depois, essa vontade poderá ir decrescendo. É muito importante que tenhas boa consciência da tua disponibilidade e responsabilidade. Os teus utentes, esperam por ti.

Onde fazer voluntariado

Procura, em primeiro lugar, as recomendações do teu Mestre. Poderás depois pedir informações à Associação Portuguesa de Reiki ou contactar directamente o núcleo de Reiki mais próximo para que te indique em que instituições poderás auxiliar.

O Grande Livro do Reiki é manual recomendado na Oficina do Alquimista

Berta Simão dá os seus cursos de Reiki na Oficina do Alquimista e recomenda aos seus alunos, como manual de apoio, O Grande Livro do Reiki.

Poderão entrar em contacto com a Berta Simão através da Oficina do Alquimista.

Oficina do Alquimista

Travessa Henrique Cardoso, Lisboa

IMG_6007

O Grande Livro do Reiki esgota a segunda edição

Hoje, 17 de Fevereiro, fui buscar mais livros de O Grande Livro do Reiki , à Editora Nascente e que grande surpresa, foram os últimos em armazém. Assim, O Grande Livro do Reiki atinge os 5000 exemplares e vamos para a terceira edição.

Só posso agradecer a ti, leitor e praticante, que sempre o Reiki te auxilie neste caminho da Arte Secreta de Convidar a felicidade e claro, agradecer e muito a toda a equipa da Editora Nascente pelo seu imenso trabalho e carinho.

2 edição esgotada o grande livro do reiki

Joana e Marisa, da Editora Nascente.

Sobre O Grande Livro de Reiki

Sinopse
Este livro é um manual prático que ajuda a compreender o que é o Reiki e tudo aquilo que é possível atingir através dele. O Grande Livro do Reiki apresenta todas as etapas que devem ser percorridas, desde a iniciação ao Nível 1, até à preparação para chegar ao grau de Mestre. Por isso, é indicado para todos os que desejam fazer do Reiki a sua filosofia de vida: principiantes, praticantes e Mestres.
Um livro obrigatório que inclui:
• Explicação do que é o Reiki para não praticantes e a sua preparação para um curso de Reiki;
• Apresentação da história e dos símbolos de Reiki e um breve dicionário;
• Exemplificação das técnicas de Reiki e guia prático de referência — com figuras e imagens de apoio;
• Descrição dos diferentes níveis de Reiki. De Shoden a Shinpiden, do Nível 1 ao Nível 3, a Gokukaiden, ensinar a ensinar;
• Aplicação do Reiki — formas de viver esta filosofia de vida no dia a dia.
Com o número de praticantes de Reiki a aumentar diariamente em Portugal, e a aceitação cada vez maior desta terapia como forma complementar de tratamento por parte da comunidade médica, nomeadamente em hospitais (pediátricos, inclusive), o Reiki é, hoje, uma terapia em voga.
O Grande Livro do Reiki
O autor
João Magalhães é Mestre de Reiki e presidente da Associação Portuguesa de Reiki, que fundou em 2008. Membro da Buddha’s Light International Association, é o fundador do Centro Português de Investigação e Formação em Terapias Complementares (em conjunto com Sílvia Oliveira) e da European Reiki Federation.
Já publicou centenas de artigos sobre Reiki, meditação e Budismo, tendo presença regular em revistas nacionais da especialidade. É autor do livro Reiki: Elevação da Consciência e das cartas técnicas Reiki para o Corpo e para a Mente.
João Magalhães acredita que o Reiki precisa de estar presente através da prática em todos os aspetos da vida, e que é dessa forma que se concretiza a arte secreta de convidar a felicidade.

O Grande Livro do Reiki na Biblioteca Municipal de Penafiel

O Grande Livro do Reiki é um manual prático para todos os níveis, incluindo tópicos para Mestres de Reiki. Este livro está também disponível para ser requisitado na Biblioteca Municipal de Penafiel.

Podes ler aqui, mais sobre O Grande Livro do Reiki:

 

O Grande Livro do Reiki na Biblioteca Raúl Brandão em Guimarães

O Grande Livro do Reiki está em várias bibliotecas em todo o país e também na Biblioteca Raúl Brandão, em Guimarães. Está para consulta livre a todos os leitores que o queiram ler. Deixo os detalhes para poderem requisitar o livro:
Screenshot_14

Biblioteca Municipal Raúl Brandão

Morada: Largo Cónego José Maria Gomes, 4800-419 Guimarães
Telefone: 253 515 710
o grande livro do reiki biblioteca raul brandão guimarães

O Grande Livro do Reiki é manual de apoio na Associação Calma e Harmonia

Em Vila Real, O Grande Livro do Reiki, é também um manual de apoio na escola de Reiki da Associação Calma & Harmonia, com a Mestre Sónia Xavier.

Muito obrigado por esta partilha carinhosa e pela força constante na prática de Reiki.

 

11973716_928241583914549_2138174707_o

Contactos Associação Calma & Harmonia – Vila Real

Sónia Xavier
915705290
calma.harmonia@gmail.com

Autotratamento Reiki em 33 posições

Cada sistema de Reiki e até cada Mestre, poderá ter um esquema próprio para o autotratamento Reiki e mesmo cada praticante poderá sentir a necessidade de fazer a prática em locais que não são especificados na generalidade. Sabemos que o autotratamento Reiki veio a mudar ao longo do tempo e que, na verdade, devemos praticar nas posições que também mais precisamos, de forma complementar às posições habituais.

Assim, e seguindo alguns dos ensinamentos em O Grande Livro do Reiki, criei um PDF em formato A3 com 33 posições para o autotratamento. Para receberes este PDF, basta preencheres o formulário no final da página, colocando também o teu comentário sobre O Grande Livro do Reiki.

autotratamento reiki 33 posições

As 33 posições de autotratamento

Para fazer estas 33 posições, inspirei-me na flexibilidade oriental, que leva a fazer os tratamentos também nas costas e nos chakras suplementares que temos, os secundários e os externos. Nas 33 posições, não irá contar a posição Gassho, pois é o momento de iniciar e finalizar a prática.

Já sabes, começa o teu autotratamento Reiki com o enraizamento, banho seco e chuva de Reiki. Sempre que sintas necessidade, após o autotratamento, volta a repetir estas técnicas. Bebe muita água, a hidratação é importante antes e depois porque auxilia a energia a fluir mais.

As posições são meramente indicativas e nada obrigatórias. Em caso de dúvida, faz como o teu Mestre te ensinou. Os chakras secundários e externos são também ensinados no curso de Chakras e Anatomia Energética II. A posição nas costelas, a que se chama Entrade de Energia Homem, é a que segue a tradição chinesa dos três centros e das três energias.

Formulário para receber o autotratamento Reiki em 33 posições

Preenche todos os campos e coloca os teus comentários sobre O Grande Livro do Reiki. Após carregares no botão, irás ter acesso ao link para o PDF. Muito obrigado!!!

Fields marked with an * are required

Porque fazemos o autotratamento Reiki assim?

Todos os praticantes de Reiki aprendem a fazer, mais ou menos, as mesmas posições para o autotratamento. Uns acrescentam, outros reduzem mas, de uma forma genérica, todos seguem o mesmo percurso que é começar na cabeça e terminar nos pés. Por vezes surge a questão – o porque das posições com esta sequência?

O autotratamento Reiki que o Mestre Usui indicava era bem mais simples, consistia em cinco posições básicas e depois o tratamento da parte mais afectada. Isto tinha (e tem) muita lógica. Tratamos da «origem» da maioria dos problemas, que reside na cabeça e depois o reflexo desse problema que é a área afectada.

O Mestre Hayashi e Takata, tratavam a região abdominal e depois a cabeça. Braços e pernas eram unicamente para os casos necessários.

Em 1995, Diane Stein publicou o livro Essential Reiki e aí identificou, através de ilustrações, as 12 posições que hoje conhecemos até um total de 20 posições, a contar com o chakra da coroa e ainda costas.

De Usui a Diane Stein, passaram-se 73 anos e, naturalmente, muita coisa é acrescentada porque se pratica e se sente necessidade de mais algo ou de adaptar às circunstâncias e culturas. Diane Stein dizia «Não existe uma forma incorrecta de aplicar Reiki. Os mestres discordam sobre esta e aquela posição mas todos estão correctos. Ao colocar as mãos a energia vai para onde for necessária. Mantém a posição até sentires o fluxo de energia e pára quando achares que deves passar para a próxima. Se não for possível chegar a uma posição, ou se achares desconfortável, ignora e vai para a próxima. Se não tens flexibilidade de braços e corpo para posicionar as mãos nas costas, trabalha apenas a parte da frente do corpo. Não cruzes os braços e as pernas ao deslocar de uma postura para a outra. O importante é levar Reiki aonde dói. O ideal é curar todo o corpo durante a sessão mas, se não o alcançares, faz o que puderes».

Podes consultar as páginas 153 a 155 de O Grande Livro do Reiki sobre os vários tipos de autotratamento Reiki.

Hoje em dia, além das posições, precisamos compreender as necessidades do nosso corpo. Observamos as posições básicas como aquelas que nos levam a trabalhar os chacras principais, as glândulas, os órgãos e articulações mas, se tivermos alguma questão ou sentirmos necessidade de aplicar Reiki em qualquer outro sítio, é o que devemos fazer. Por exemplo, se tenho problemas no fígado ou com a energia do fígado, após trabalhar o plexo solar as minhas mãos podem ir para o fígado ou até poderei deixar uma mão no plexo solar e outra no fígado.

O Mestre Usui dizia que Reiki é para melhorar a mente e o corpo, como tal, deixa que as tuas mãos indiquem onde está a necessidade de energia, sente o byosen e aquilo que te pede. Deixa a energia fluir mas, mais do que isso compreende o porque. O entendimento sobre a causa e não apenas sobre o efeito, permite-te tratar mais rapidamente, compreender, aceitar e procurar ajuda, se for esse o caso.

Falta ainda uma questão a esclarecer – pensando no corpo energético, nos chacras, porque começamos o tratamento de cima para baixo e não de baixo para cima?

Com o tipo de energia que trabalhamos, Reiki, recebemos e deixamos fluir para o nosso interior, através do chacra da coroa. Caso este esteja bloqueado, a energia não flui. É o que acontece muitas vezes com as constipações ou outras perturbações no corpo que nos levam a fechar o chacra da coroa. Se este está fechado, então não passa energia. Ela fica estagnada dentro de nós e a doença surge. Daí a importância de tratarmos primeiro a parte superior do corpo.

O Grande Livro do Reiki em Segunda Edição

Passados três meses da sua publicação, o Grande Livro do Reiki vê a sua segunda edição. Ao longo destes três meses o livro serviu de referência para a criação de cursos de um ano em Universidades Autodidatas, é manual de referência em Associações e escolas de Reiki. Mas, é em cada praticante que o livro encontra a sua expressão. Acima de tudo é uma partilha prática para que possas viver mais em Reiki e levares aos outros aquilo que é «A Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Muito obrigado à Catarina Martins

Muito obrigado à Catarina Martins, pela publicação do livro e à Susana Fontoura por todo o trabalho gigantesco que dei.

Só tenho a agradecer imenso a todos os praticantes de Reiki e não só, que lêem este livro e, mais que ler, praticam Reiki. Muito obrigado pelas imensas mensagens de apoio e carinho pelo Grande Livro do Reiki. Muito obrigado também à Catarina Martins da Editora Nascente e à Susana Fontoura a quem dei muito trabalho e cabelos brancos 🙂 Só prova mesmo o Só por hoje, trabalho arduamente e só por hoje, sou bondoso.

Desejo que sempre o Reiki traga muita felicidade a todos pois vale a pena praticar, principalmente nos piores momentos, lembrando o que o Mestre Usui dizia «Reiki é para a melhoria da Mente e do Corpo».

合十

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

o grande livro do reiki - 2 edição

O Grande Livro do Reiki é manual de referência na Associação Partilha do Ser

A Mestre Lurdes Segurado, da Associação Partilha do Ser, usa O Grande Livro do Reiki como livro recomendado e manual extra de apoio aos seus alunos. Nas palestras de esclarecimento e introdução ao Reiki, a Associação Partilha do Ser disponibiliza O Grande Livro do Reiki para consulta, recomendando a sua leitura para a introdução ao Reiki.
Para mais informações sobre a Associação Partilha do Ser e sobre Lurdes Segurado:
Rua Alberto Valente lote 37, 2955-126 Pinhal Novo
Email: partilha.do.ser@gmail.com
Contacto Lurdes Segurado – 911892615
Contacto Partilha do Ser –  962678528

Lurdes Segurado - Mestre e Terapeuta de Reiki na Associação Essência do Ser.

Lurdes Segurado – Mestre e Terapeuta de Reiki na Associação Partilha do Ser.

O Grande Livro do Reiki é manual de referência no CENIF

O Grande Livro do Reiki é o manual de referência para o acompanhamento dos alunos no CENIF, o Centro Português de Investigação e Formação em Terapias Complementares. Este manual é utilizado na preparação de passagem de nível, de introdução ao nível 1, assim como manual de acompanhamento para todas as matérias e vários cursos disponibilizados pelo CENIF. O Grande Livro do Reiki pode também ser, gratuitamente, acedido através da biblioteca nas escolas da Amadora e Guimarães.

João Magalhães e Sílvia Oliveira

João Magalhães e Sílvia Oliveira

O Grande Livro do Reiki é manual em Universidade Sénior

Nuno Nunes é Mestre e Terapeuta de Reiki em Penafiel e irá iniciar o novo ano lectivo, com Reiki, na Universidade Sénior ADISCREP, Associação para o Desenvolvimento de Penafiel, IPSS. A classe de nível 1 de Reiki terá um plano de estudos para sete meses, com duas horas de aula por mês. A estrutura do curso é baseada em O Grande Livro do Reiki, que é também o manual pelo qual os praticantes poderão realizar a sua aprendizagem teórica.

transferir

 

Podem contactar o Nuno Nunes pelo Centro de Terapias Girassol
Quelho das Castanhas  R/c T
(Transversal da R. Alfredo Pereira; ao lado da Escola de Musica)
centrodeterapiasgirassol@gmail.com

Ou pelo núcleo de Penafiel da Associação Portuguesa de Reiki.

Nuno Nunes, Terapeuta e Mestre de Reiki

Nuno Nunes, Terapeuta e Mestre de Reiki

Page 1 of 2

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén