O Tao do Reiki

Descobrir, Desenvolver e Crescer com Reiki

Page 4 of 120

Quando não se sente nada a fazer Reiki

Há alturas na prática em que não se sente nada a fazer Reiki, isto não acontece apenas após a sintonização, mas também poderá acontecer em vários momentos da vida do praticante. Como muitos praticantes dizem que sentem sempre algo, pode ser desesperante para aquele que acha que não sente.

Não se sente nada a fazer Reiki estarei com algum problema?

Cada pessoa é única por si e a forma de sentir é também única. Dois praticantes podem ter a percepção de calor, mas ele será diferente se realmente pudesse ser descriminado, isto porque cada pessoa tem muitos fatores que irão alterar a percepção.

Em alguns momentos da prática ou mesmo após a sintonização, o praticante poderá dizer que não se sente nada nas mãos, não existe qualquer reação ao byosen, ou seja, à irradiação do desequilíbrio que possa haver no corpo.

Isso pode ser mesmo muito frustrante e mesmo levar o praticante a abandonar a sua prática, infelizmente. Mas será que há mesmo algum problema quando não se sente nada a fazer Reiki?

Não há!

A questão é que a pessoa tem que se questionar sobre os seguintes pontos:

  1. Estarei a ter muita expectativa na prática de Reiki e estou algo “ansioso” para sentir?
  2. Estou com muitos pensamentos e o meu foco fica preso neles?
  3. Será que tive um dia agitado, ou seja, quero passar de um momento agitado para um momento sem agitação muito depressa?
  4. Estou mais habituado a pensar ou a sentir as coisas mim?
  5. Tenho, habitualmente, as mãos frias?

Estas questões podem ajudar-te a enquadrar o “problema” que possas estar a ter pela ausência de “sentir”. Na verdade sentes, apenas poderás não estar a ser capaz de descodificar. A agitação da mente também impede o sentir, as mãos frias também trazem percepções mais ténues e se não estamos habituados a sentir as coisas em nós, então é como se não tivéssemos os códigos corretos para perceber o que se está a passar.

Não te preocupes, se quiseres podes até fazer o seguinte:

  • Esfrega as mãos antes de começares o autotratamento, irá ativar a energia e com um polegar pressiona a palma da mão oposta;
  • Se quiseres, em cada posição, recita os cinco princípios, isso irá ajudar-te a estares mais focado na prática de Reiki;
  • Relaxa e entrega-te à prática, rende-te ao momento que tens contigo mesmo;
  • Depois experimenta praticar com outros nas aulas, irá ajudar-te a melhorar a percepção.

Quando não se sente nada a fazer Reiki pode ser algo desesperante, não é incomum e também não tem problema algum… confia. Observa as palavras da Mestre Takata. Elas querem dizer que tu és praticante de Reiki, a sensação, essa virá com o tempo.

Reiki está disponível para quem o procura. – Hawayo Takata

Reiki para as costas em autotratamento

Geralmente fazemos o autotratamento na parte da frente do corpo mas e Reiki para as costas como o fazer no nosso autocuidado?

A aplicação de Reiki para as costas através da frente do corpo

Muitas vezes as nossas costas sofrem o peso e tensão do dia-a-dia. A sobrecarga emocional pode trazer-nos dores e mesmo redução de mobilidade, além de dores de cabeça. Mas como poderemos aplicar o autotratamento Reiki para as costas, indo pela parte da frente do corpo?

Vamos imaginar que tens dores no ombro esquerdo:

  • Começa o autotratamento com o banho seco e enraizamento;
  • Coloca a intenção de a energia te auxiliar a aliviar a dor do ombro esquerdo;
  • Trata as posições da cabeça;
  • Trata o Chakra Laríngeo, imagina que além de tratar o chakra, que flui também para a zona correspondente nas costas;
  • Com a mão direita trata o teu ombro esquerdo e coloca a mão esquerda numa parte do corpo que te seja confortável;
  • Depois, com as duas mãos, trata o Chakra cardíaco e imagina a energia a irradiar para a frente e também para as costas;
  • E assim sucessivamente até chegares aos pés. Caso te seja desconfortável fazer todas as posições, apenas deves fazer as que te sejam possíveis;
  • No final agradece.

A aplicação de Reiki nas costas pode ser feita, no nível 1 de Reiki, através da intenção. Com o nível 2 e 3, já poderá ser feita com a técnica de envio de Reiki à distância.

A recitação do mantra Om Mani Padme Hum

Om Mani Padme Hum é o mantra que evoca a compaixão do Bodhisattva Avalokiteshvara. A sua repetição 108 vezes, segundo a tradição budista, evoca a transformação da nossa impureza, em pureza.

Om Mani Padme Hum

Todos nós temos impurezas, quer pelo que fazemos, pelos nossos pensamentos ou mesmo pelo nosso discurso. Estas impurezas vão-se acumulando em nós ao longo do tempo, criando uma espécie de “nuvens negras” que nos vão afastando de nós mesmos, da nossa essência.

Existem inúmeras técnicas para limparmos as nossas impurezas e do oriente, surge também a recitação dos mantras. Mantras são palavras que nos podem auxiliar a alcançar determinados estados de consciência e Om Mani Padme Hum é um mantra de seis sílabas que significa algo como Eu Sou uma Jóia de Lótus Indivisível, de uma forma muito simplista, sendo que este mantra é tão profundo que dificilmente tem uma tradução literal.

Assim, as seis sílabas Om Mani Padme Hum significam que dependendo da prática, que é a indivisível união entre método e sabedoria, podes transformar o teu corpo impuro, discurso e mente, num puro corpo, discurso e mente de um Buda. – Dalai Lama

A purifica de todos os nosso sentidos é muito importante, pois estes sentidos são as portas pelas quais a nossa percepção cria a realidade e classifica algo como sendo bom, ou sendo mau.

É muito bom recitar o mantra Om Mani Padme Hum, mas, enquanto se recita, deve-se pensar nos significados, pois os significados das seis sílabas são muitos e vastos.

Om simboliza o corpo, a fala e o discurso impuros do indivíduo; ao mesmo tempo ele simboliza a pureza do corpo, da fala e da mente do Buda. As próximas quatro sílabas indicam o Caminho.

Mani significa ‘joia’ e simboliza o método que é a intenção altruística de se tornar iluminado, simboliza compaixão e amor.

As duas sílabas ‘Padme’ significam lótus e simbolizam a sabedoria.

A pureza deve ser atingida através da unidade indivisível do método e da sabedoria, o que é simbolizado pela sílaba final ‘hum’, que significa indivisibilidade.

Assim, as seis sílabas, Om Mani Padme Hum, significam que a prática do Caminho leva à transformação do corpo, da fala e da mente impura na exaltação de pureza que são o corpo, a fala e a mente do Buda. – Dalai Lama

Este é um simples exemplo de recitação e poderás encontrar exemplos mais claros através do Youtube.

Como praticar Tonglen em Karuna

Tonglen significa dar e receber, é uma prática que temos também no Karuna e implica um verdadeiro exercício de compaixão.

O dar e o receber – a prática de Tonglen no Karuna

Sentir o sofrimento do outro e trazê-lo ao nosso coração, poderá ser algo que vai implicar grande esforço e, se calhar, um sofrimento acrescido em nós mesmos, se não estivermos assim tão bem.

Por isso mesmo, quero partilhar contigo uma forma de praticares o Tonglen, dentro da prática de Karuna, sem estares a levar uma energia mais densa para o teu coração e prejudicando, potencialmente, fragilidades que possas ainda ter. Esta é a forma como o podes fazer:

  1. Liga-te à energia Karuna, pode ser visualizando o Zonar em ambas as mãos;
  2. Visualiza uma esfera de energia à frente do teu chakra cardíaco e coloca lá dentro um Zonar;
  3. Visualiza a pessoa que está em sofrimento e observa o que ela necessita, para o seu bem supremo;
  4. Ao inspirar, imagina que retiras o sofrimento da pessoa e que ele vai para essa esfera de energia, para ser transmutado;
  5. Ao expirar, imagina que do teu coração, segue o fluxo da energia Karuna, para aquilo que ele mais precisa;
  6. Vai fazendo este exercício de retirar e preencher ao longo do tempo que sentires necessário;
  7. Quando quiseres terminar, visualiza a pessoa a desaparecer e também a esfera de energia a desaparecer;
  8. Sente como estás e preenche-te de energia;
  9. Faz o banho seco;
  10. Agradece.

A prática de Tonglen é também importante para ti mesmo, experimenta aliviar o teu próprio sofrimento e verás que coisas maravilhosas surgem para ti.

Revista Usui – Reiki e Estilos de Vida #8 – Especial de Verão

No dia 2 de Agosto saiu o oitavo número da Revista Usui – Reiki e Estilos de Vida, desta vez com um especial para o verão.

Aqui irás encontrar várias dicas úteis para a tua prática de Reiki, testemunhos muito valiosos de alunos que te irão inspirar para a vida, além de outras perspetivas que te irão ajudar no teu progresso interior.

Podes ler no Issuu aqui… e podes fazer o download do PDF aqui… 

Um grande obrigado a todos os alunos e formadores que participaram nesta revista.

A revista é apenas em formato digital, não tem impressão em papel.

Celebrar o Dia das Virtudes do Imperador Meiji

No dia 30 de Julho de 2018 celebramos o Dia das Virtudes do Imperador Meiji, no CENIF. Tivemos como poema de reflexão o décimo oitavo, escolhido pelo Mestre Usui.

18 — PIRILAMPO PERANTE A LUA

Um pirilampo esconde-se no canavial, deixando a Lua brilhar na lagoa.

As lições de um Dia das Virtudes

Celebrar o dia das virtudes é por um lado reconhecer os méritos que alguém construiu e alcançou e por outro lado, colocá-los ao serviço de todos, da humanidade.

Quando o Mestre Usui nos indicou 125 poemas para refletirmos, ele queria tornar real o que indicava nos preceitos “A arte secreta de convidar a felicidade” e “para a melhoria da mente e do corpo“.

O décimo oitavo poema trouxe-nos grandes reflexões interiores, o saber que cada um tem a sua luz, que com amor próprio e auto-estima, é capaz de também deixar brilhar o outro quando é mais necessário.

Refletimos ainda sobre a necessidade de nos tornarmos melhores de pessoas, de nos formarmos como pessoas em tudo aquilo que aprendemos e não apenas técnicos especializados. Reiki é um caminho longo, umas vezes duro, outras vezes simples, mas sem dúvida, um caminho que nos leva por uma vida mais pacífica e feliz. O Dia das Virtudes do Imperador Meiji é sem dúvida um dia importante para a prática da filosofia de vida no Usui Reiki Ryoho.

Todos ainda receberem Reiju.

Um muito obrigado à participação do professor Mauro Nakamura.

Como estudar os poemas do Imperador Meiji

O Imperador Meiji (明治天皇) viveu entre 1852 e 1912 e realizou a transição de um Japão feudal e fechado, para um Japão moderno e aberto ao ocidente, ao mundo. Além deste grande progresso que cultivou, era também um homem muito literário, um poeta com milhares de poemas escritos. Este imperador foi tão importante que no Japão, a 30 de Julho, é sempre celebrado O Dia das Virtudes do Imperador Meiji.

A importância dos poemas do Imperador Meiji para a prática de Reiki e como os estudar

«Sem abrires a montanha, como podes ver a flor dourada a brilhar? Não adianta ter um talento sem o usar.» — Imperador Meiji

Como surgiu, pela primeira vez, a referência aos poemas do Imperador Meiji?

No manual que entregava aos seus alunos, o Usui Reiki Ryoho Hikkei, que poderás encontrar em O Grande Livro do Reiki, o mestre Usui indicava os seguintes esclarecimentos sobre o seu método:

P — O que é o Usui Reiki Ryoho?

R — Graciosamente, recebi as últimas injunções do Imperador Meiji. Para alcançarmos os meus ensinamentos, treinarmos e melhorarmos física e espiritualmente e andarmos por um caminho certo como seres humanos, temos, em primeiro lugar, de curar o nosso espírito. Em segundo lugar, temos de manter o nosso corpo saudável.

As injunções são as instruções, os ensinamentos do Imperador Meiji e estes vinham, para os japoneses, na forma de poemas. Para os seus alunos, o Mestre Usui escolheu 125 poemas. Estes poemas eram praticados na forma meditativa quando o Mestre realizava o Hatsurei-Ho.

Por exemplo, os alunos liam o seguinte poema:

«Se não fores em frente quando o mundo inteiro está a avançar, vais ficar para trás.» — Imperador Meiji

E no momento da meditação, mantinham em mente estas palavras e aguardavam que a sabedoria do vazio lhes trouxesse iluminação. Para a tua própria experiência, podes encontrar no livro Reiki Guia para Uma Vida Feliz os 125 poemas, a sua categorização e a explicação de cada um deles.

Mais ainda, no Manual da Terapia Reiki, o Mestre Usui indicava os métodos que usava e o primeiro deles era a eliminação dos pensamentos, através da entoação dos poemas do Imperador Meiji.

OS NOSSOS MÉTODOS DE TERAPIA REIKI

1 — Eliminação dos nossos pensamentos

Entoa os poemas do Imperador Meiji e elimina todos os teus pensamentos.

Mais à frente, ele explicava porque se devia recitar esses poemas:

A razão para entoar os poemas do Imperador Meiji

O Imperador Meiji demonstrou ter uma capacidade espiritual excelente, comparativamente com os restantes imperadores. O seu grande caráter era visível na aura da sua enorme virtude, que brilhava para todos como um raio de sol, no seu afeto profundo como o oceano, na sua vontade inamovível e misericordiosa como a da Mãe Natureza.

O segundo propósito do método da terapia Reiki é o de receber a própria energia e o Mestre Usui constata-o da seguinte forma:

2 — Receber energia espiritual

Receber energia espiritual é um ritual e deve ser feito da seguinte

forma:

• Elimina os teus pensamentos;

• Lê os poemas do Imperador Meiji em voz alta e esvazia a tua mente.

Mais uma vez, referindo a importância de ler os poemas do Imperador Meiji, em voz alta.

A categorização dos poemas do Imperador Meiji

Em 2015, quando pedi a tradução do japonês para inglês dos poemas do Imperador Meiji, pude encontrar um novo sentido e valor nestes 125 poemas. Reparei que eles tinham um determinado contexto e ensinamento e, como tal, categorizei esses poemas em quatro pilares, que poderás ler a partir da página 85 do livro Reiki Guia para Uma Vida Feliz:

  1. Trabalho árduo e aprendizagem;
  2. Família e paternidade;
  3. Conselhos;
  4. Compaixão, valores e elevação.

Desta forma, ao estudares os poemas do Imperador Meiji, poderás fazer o seguinte:

  1. Senta-te confortavelmente e coloca a tua intenção neste aprendizagem;
  2. Por exemplo, vais querer aprender algo mais sobre a compaixão;
  3. E escolhes, dentro desses poemas, o número 18;
  4. Lê em voz alta o poema;
  5. Medita, praticando o Joshin Kokyu Ho;
  6. Sente o que o Universo te exprime, no silêncio, sobre esse poema;
  7. Agradece.

18 — PIRILAMPO PERANTE A LUA

Um pirilampo esconde-se no canavial, deixando a Lua brilhar na lagoa.

A sabedoria dos poemas escolhidos pelo Mestre Usui traz-nos grandes ensinamentos. Escuta-os atentamente e pratica-os.

O poder do momento presente

A capacidade de estar no momento presente torna-se cada vez mais um “poder”, uma força incrível que temos interiormente, capaz de nos levar às grandes tomadas de decisão, mas também à capacidade de aproveitar cada momento presente com o valor único que tem.

O que representa estar no momento presente e o valor que pode ter para nós

Num sonho estava a caminhar com o meu avô e quando tive consciência disso fiquei muito comovido e disse, “avô, que saudades!!!” e ele respondeu-me “saudades para que? Aproveita agora”.

Este sonho desperta-me a uma grande verdade, a capacidade de estar no momento presente e de conseguir, verdadeiramente, aproveitar cada tempo que se tem. Ao perceber isto, constato que as coisas que nos fazem perder o momento presente são:

  • A insatisfação;
  • O apego;
  • A ilusão;
  • Os estímulos exteriores aos quais nos ancoramos;
  • As preocupações;
  • As coisas que ficaram por fazer;
  • A vontade de não lidar com a situação;
  • A contrariedade;
  • E muito, muito mais…

Então, a consciência necessita trabalhar para encontrar e fortalecer o seu momento presente, para isso, ela pode contrapor com:

  • O contentamento;
  • O desapego;
  • A visão correta da vida;
  • O domínio dos sentidos;
  • A harmonia;
  • A diligência;
  • A responsabilidade;
  • A compaixão;
  • E muito, muito mais…

Estar no momento presente é uma forma de construir um estar na vida mais feliz, pois criamos a capacidade de saber gerir os maus momentos.

Estar no momento presente ajuda-nos a apreciar o valor da vida. Se estás num momento em que os sentimentos depressivos te assolam, cultiva o hábito do momento presente, permite que os pensamentos escoem como água suja e libertem a tua mente, porque eles farão aquilo que tu indicares. Não é algo que surge de um momento para o outro, mas que necessita de muita prática e entrega da tua parte. Quando assumires que te consegues controlar, então o momento presente começa a fazer cada vez mais parte da tua vida.

Como cultivares o momento presente

A ausência de estímulos ajuda-nos a compreender e praticar o momento presente. Quais os estímulos que mais nos prejudicam hoje em dia?

Os que vêm do telemóvel, os que vêm da nossa mente.

Então, para cultivares o hábito de aproveitar o momento presente experimenta indicar a ti mesmo, à tua mente, vou desligar o telemóvel por quinze minutos e vou estar apenas focado no momento presente, no aqui e agora. Vou observar onde estou, como eu estou, as coisas que me rodeiam. Se vir um pardal, vou observar o que ele faz, as suas penas, o seu percurso. Aproveitar o momento presente não significa que ficamos vazios, mas sim que a nossa atenção está concentrada e este “vazio” de estímulos confusos e riqueza de estímulos focados, traz-nos contentamento e felicidade.

Aproveita o momento presente pois cada momento é único.

Dia das Virtudes do Imperador Meiji

No dia 30 de Julho de 2018, celebramos mais uma vez o Dia das Virtudes do Imperador Meiji, um reconhecimento pela grande importância que tem para a prática de Reiki e para o desenvolvimento da nossa filosofia de vida.

Como celebrares o Dia das Virtudes do Imperador Meiji

Esta celebração é um momento meditativo, de introspecção. Poderás faze-lo sozinho ou acompanhado, de forma muito simples:

  1. Acende um incenso em memória do Mestre Usui e outro em memória ao Imperador Meiji;
  2. Coloca uma intenção para uma questão que tenhas;
  3. Escolhe um dos poemas do Imperador Meiji, podes encontrar os 125 poemas no livro Reiki Guia para Uma Vida feliz;
  4. Se quiseres, pratica a meditação Joshin Kokyu Ho, sentado em seiza, ou seja, com a bacia em cima dos pés, posição tradicional japonesa;
  5. Passado algum tempo, recita o poema que escolheste;
  6. Reflete sobre que sabedoria esse poema te trouxe;
  7. Recita também os cinco princípios;
  8. Curva-te em agradecimento.

Exemplos de poemas do Imperador Meiji

autoestima Reiki Poemas do Imperador Meiji

 

O manual da Terapia Reiki com as indicações do Mestre Usui

A terapia Reiki é uma prática estruturada e com indicações que foram redescobertas através do Manual da Terapia Reiki da Usui Reiki Ryoho Gakkai, a Associação criada pelo Mestre Usui, quando constituiu o seu método, o Usui Reiki Ryoho. Mas que sabedoria o Mestre Usui indica que um praticante de Reiki deve cultivar?

Como observares a Terapia Reiki através dos ensinamentos do Mestre Usui

Em fevereiro de 2017, a Editora Nascente lançou o livro Reiki Guia do Método de Cura, nele está publicado, pela primeira vez a nível mundial, o Manual da Terapia Reiki conforme ensinado pelo Mestre Usui. A pesquisa deste manual começou em 2014, com James Deacon e Robert Fueston, sendo que este último indicou-me onde o poderia encontrar e assim se começou um processo de tradução de japonês para o inglês, cuja versão foi entregue a muitos autores, investigadores e associações de Reiki por todo o mundo, como uma doação minha à manutenção dos ensinamentos do Usui Reiki Ryoho. Da versão inglesa, passei para português, principalmente durante a minha primeira visita ao Japão com a Sílvia, em 2015. Parte dessa tradução foi incluída no livro Reiki Guia para Uma Vida Feliz, uma fundamentação da importância da filosofia de vida.

Entoa os poemas do Imperador Meiji e elimina todos os teus pensamentos.

Reiki Guia do Método de Cura é um livro extenso sobre a prática da terapia Reiki, aconselhado para todos os níveis, se bem que com uma maior profundidade para quem já tem o nível 2 e nível 3 de Reiki. Além do texto original do Manual da Terapia Reiki (a partir da página 339), irás também encontrar grelhas ordenadas sobre práticas terapêuticas para as doenças mais comuns, com as indicações do Mestre Usui, Mestre Hayashi, Mestre Takata e também as que estavam incluídas no Manual da Terapia Reiki.

Na riqueza deste manual, transcrevo-te algo que considero bastante valioso:

Três causas de doença

1. Hereditária: doenças que são causadas pelo sangue dos teus familiares e antepassados. (Eu lamento isto.);

2. Mente: se te preocupas demasiado, tornas-te doente. Neste caso, trata-se de uma mente doente, não de uma doença. Resulta de te esqueceres da preciosidade que é a vida dada pela Mãe Natureza e por seres confundido por muitos conceitos e pensamentos;

3. Ambiente envolvente: doenças causadas por outras pessoas ao tratarem-te, apesar de não teres nenhuma doença séria. Estas pessoas tendem a dizer-te coisas do género: «Não tens uma constituição forte» ou «Olhas para baixo; deves ter alguma coisa de errado», e fazem-te sentir que estás doente. Ficas convencido de que tens uma doença séria.

O que é indicado no Manual da Terapia Reiki

A terapia Reiki é única — uma descoberta maravilhosa e uma luz para aqueles que estão a sofrer — e deverá ser divulgada a todos no mundo, especialmente entre os seres humanos. Assim, em Harajuku, Tóquio, o Mestre Usui ensinou as lições espirituais aos seus discípulos.

  • A ética da nossa associação;
  • História da nossa associação;
  • Organização da nossa associação;
  • Os nossos métodos de terapia Reiki;
  • Como fortalecer a tua energia espiritual;
  • Os ensinamentos e regras estritos do Mestre Usui;
  • Os ensinamentos do Mestre Usui;
  • Ensinamentos do Estudo Espiritual;
  • O Corpo move-se em consonância com o Espírito;
  • Tornares-te um grande curador espiritual;
  • O Imperador Meiji e o sr. John Batchelor

  • A capacidade de autocura;
  • Coisas a lembrar para o tratamento;
  • Características da terapia Reiki;
  • A experiência vem de tratar muitas pessoas;
  • A terapia Reiki não funciona só para seres humanos, mas também para todos os seres vivos.

Para te tornares um grande curador espiritual, só tens de continuar a treinar e a aperfeiçoar-te.

Neste manual encontramos autênticas jóias de conselhos e indicações originais, dadas pelo Mestre Usui e seguidas pela restrita associação que ele criou. É uma forma de olhares para o aspecto tradicional, mantendo a devida atenção à diferença cultural e assim podendo tirar o máximo de proveito de tanta sabedoria que se julgava perdida na prática de Reiki.

E Reiki é mesmo um método, é uma forma terapêutica estruturada, que requer disciplina e treino, depois, tudo acontece de forma natural.

Como fazer um tratamento de Reiki a familiares com o nível 1

Se tens o nível 1 e estás a pensar fazer um tratamento de Reiki a familiares teus, então este artigo pode ajudar-te em todo o processo, desde prepares o espaço, preparares-te para a aplicação, até ao final de todo o processo.

Como fazeres um tratamento de Reiki a familiares teus

Vamos então pensar nas várias partes do tratamento de Reiki a familiares:

  1. Preparação do espaço
  2. A tua preparação
  3. Explicação
  4. Aplicação
  5. Limpeza após tratamento
  6. Encerramento

Preparação do espaço

Areja bem o espaço onde vais aplicar Reiki, se quiseres acender um incenso garante que não ficou lá o seu fumo e que o cheio é neutro. Verifica o local onde vais aplicar e se tens que colocar almofadas no chão para teu conforto, mantém uma mantinha perto para o caso de ser necessário tapar a pessoa para o seu conforto.

A tua preparação

Vai à casa de banho ou um local onde possas e faz o banho seco, mantendo a atenção ao enraizamento ao longo do tratamento.

Explicação

Explica ao teu familiar o que é Reiki, mantendo uma explicação simples e coerente. Indica-lhe onde irás colocar as mãos no tratamento, mesmo que não as tenhas em contacto com o corpo.

Aplicação

Ao falar com o teu familiar, pergunta para que quer este tratamento, essa será a sua intenção.

Faz o tratamento de Reiki ao teu familiar assim como aprendeste nas tuas aulas. Se quiseres aplica as mãos nos ombros, cabeça, e ao longo dos chakras, joelhos e pés.

Podes aplicar só na frente, só nas costas ou frente e costas, vê como é mais confortável para o teu familiar. Poderá ser deitado ou sentado.

Se sentires algum byosen mais estranho como piquinhos ou picadas, tens que limpar a zona antes de tratares.

Quando terminares, verifica como o teu familiar se sente, dá-lhe água para beber e alguma recomendação que aches necessária. Geralmente uma só sessão de Reiki não é suficiente.

Limpeza após tratamento

Volta a fazer o banho seco e se necessário a chuva de Reiki. Não te apegues ao que sentiste e mantém uma atitude positiva.

Encerramento

Limpa o espaço onde estiveste, se quiseres com incenso e areja, com a janela um pouco aberta.

Aplicar um tratamento de Reiki a familiares pode ser feito com o nível 1 de Reiki. Presta atenção ao byosen, mantém o teu enraizamento e foca-te nos cinco princípios. Não te apegues ao que sentes nem ao que tens de ligação com o teu familiar, mantém uma atitude neutra, estás a ajudar a pessoa no seu percurso terapêutico.

O Grande Livro dos Chakras e da Anatomia Energética na CMTV com a Maya e o Nuno Eiró

No dia 24 de Julho estive no programa Manhã CM da CMTV com os apresentadores Maya e Nuno Eiró na apresentação de O Grande Livro dos Chakras e da Anatomia Energética.

O programa Manhã CM pode ser visto na integra em várias operadoras como a NOS.

O Grande Livro dos Chakras e da Anatomia Energética é uma referência das perspetivas modernas e tradicionais sobre os nossos centros energéticos e as ideias da anatomia energética.

Leitura de Verão com O Grande Livro dos Chakras e da Anatomia Energética

A leitura de verão, muitas vezes quer-se leve, alegre, ou então até mesmo construtiva, inspiradora e com tempo, predisposição, para finalmente colocar alguns temas com mais clareza.

O Grande Livro dos Chakras e da Anatomia Energética como leitura de verão

Em O Grande Livro dos Chakras e da Anatomia Energética, podes encontrar vários temas que podem ir ao encontro de momentos leves, com exercícios inspiradores, ou mesmo com o aprofundamento de temas que há muito tempo querias abordar.

Então, para a tua leitura de verão, quero dar-te algumas dicas que possam ser úteis com este livro.

Desenvolver a prática sensitiva

Podes aproveitar para fazer alguns exercícios para sentires e interpretares a energia da pessoa, quer dos seus chakras, quer da aura. A partir da página 125 poderás ler algumas dicas interessantes e formas de interpretares o que sentes.

Desintoxicar dos três venenos

Na página 348 podes ler exercícios tibetanos que são muito simples, mas também extremamente úteis para saberes lidar e purificar a tua raiva, apego e ignorância, relativa a situações que viveste ou que vives.

Os chakras segundo a perspetiva hindu

Podes aprofundar o teu saber no significado e representação dos chakras segundo a antiga tradição hindu a partir da página 224, que começa com o conceito primordial da Kundalini. Este sim é um tópico que irá requerer mais atenção, concentração, na tua leitura.

Uma leitura mais contemporânea dos chakras

Se quiseres, podes observar, a partir da página 17, como são os nossos chakras principais e secundários a partir das interpretações ocidentais que incluem também as glândulas endócrinas.

A leitura de O Grande Livro dos Chakras e da Anatomia Energética não precisa ser feita sequencialmente e podes abordar, primeiro, temas que te sejam mais interessantes. É claro que o todo do livro compõe um determinado saber com um determinado objetivo, mas isso irás descobrir ao longo da tua leitura.

Diverte-te e que a tua leitura de verão seja boa e útil, que te traga momentos duradouros de contentamento e felicidade.

Como trabalhar o peso de uma mágoa no coração com a prática de Reiki

Há situações que nos deixam uma mágoa no coração, algo como um peso, uma mancha, uma pedra, uma âncora que nos afunda e faz surgir em nós tristeza. A mágoa no coração é como um pequeno veneno que nos vai tornando a vida cinzenta e precisamos tratá-la.

Como tratar a mágoa no coração com a prática de Reiki

Não há nada pior que termos o jardim da nossa alma, com ervas daninhas ou partes abandonadas, queimadas, que são representadas pela mágoa no coração. A mágoa vem de uma determinada situação onde, por exemplo, alguém falhou para com as nossas expectativas e tal fez surgir uma nuvem escura na nossa alegria.

Pensando em termos energéticos, a energia da mágoa no coração é como uma mancha, uma farpa ou uma pedra, cria uma espécie de densidade quase palpável. De uma forma muito simples, podes trabalhar essa energia:

  1. Senta-te confortavelmente e experimenta colocar as mãos em cima das pernas, com as palmas viradas para cima;
  2. Liga- te à energia;
  3. Sente o teu jardim da alma, o teu chacra cardíaco;
  4. Visualiza, dá forma, à tua mágoa no coração;
  5. Tenta sentir o que é necessário para que consigas retirar essa mágoa, essa forma;
  6. Cada vez que inspirares, agarra com a mão essa mágoa;
  7. Ao expirares, manda-a fora com vigor e desapego;
  8. Após alguns movimentos, sente como estás;
  9. Coloca agora as mãos no coração, preenche esse vazio da mágoa com Reiki, com energia e, se quiseres, também com os cinco princípios “Só por hoje, sou calmo, confio, sou grato, trabalho honestamente, sou bondoso”;
  10. Quando quiseres terminar, agradece.

A mágoa no coração é mesmo como um veneno, não deixes que ela fique em ti, trata-a e cultiva apenas boas sementes no teu coração.

Para compreenderes melhor os chakras e este tipo de conceitos, podes experimentar ler O Grande Livro dos Chakras e da Anatomia Energética.

Porque continuar para o nível 2 de Reiki

O nível 2 de Reiki é chamado de Okuden e em japonês isso significa os segundos ensinamentos, ou seja, a progressão natural dos primeiros ensinamentos (Shoden), que são o nível 1 de Reiki.

Os benefícios do nível 2 de Reiki e porque vale a pena continuar

O nível 2 de Reiki visa aprofundar a tua capacidade autoconhecimento e autotratamento, mas também passa o foco para a capacidade de tratamento aos outros, principalmente com o desenvolvimento do voluntariado. Assim, estes são alguns dos tópicos do que se aborda no nível 2 de Reiki:

  • O entendimento das causas dos desequilíbrios e não apenas os seus efeitos;
  • O aprofundamento da filosofia de vida para a compreensão correta das questões que precisamos harmonizar em nós mesmos;
  • A aprendizagem de novas técnicas para auxiliar em processos de mudança de caracter, hábitos, desintoxicação e formas de aplicar Reiki;
  • Os símbolos, que indicarão três métodos de aplicação para o corpo, mente e emoções;
  • Envio de Reiki à distância para nós mesmos, para os outros, para o planeta e a sua integração terapêutica;
  • Um entendimento mais avançado da prática terapêutica, a aprendizagem dos conceitos e a prática de voluntariado;
  • E muito, muito, muito mais que virá em cada aula.

Se há uma tónica importante é a aprendizagem do envio de Reiki à distância, pois é uma ferramenta importantíssima para tratar as nossas próprias questões, as energias que temos armazenadas do nosso passado.

O nível 2 de Reiki é um grande salto na prática e aqui sim, quem queira, poderá ficar por este nível e manter aqui a sua prática.

Page 4 of 120

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén