Filosofia de Vida

Como ajudar a tratar o ressentimento com Reiki

Uma situação, uma pessoa pode trazer-te ressentimento. Uma mágoa por algo que se passou e que fica em ti. É como se o guardássemos como um tesouro, mas na verdade é um pequeno veneno que apenas nos intoxica. O ressentimento faz-nos afastar do nosso propósito de vida e das alegrias que a vida tem para nós.

Cuidar de nós para cuidar do ressentimento

O ressentimento pode trazer-nos emoções muito fortes como a tristeza, revolta, mágoa, insegurança, entre muitas outras e, como tal, poderá ser necessário um acompanhamento especializado nestas questões psicológicas.

Na nossa prática, percebemos que devemos assentar a vida numa base sólida que nos conduza, como os cinco princípios. Se alguém nos magoou, podemos nos questionar:

  • De que forma esta pessoa ou situação me trouxe desequilíbrio? O que eu sentia e passei a sentir?
  • Porque não me consigo resolver em relação a isto que sinto? O que preciso?
  • O que acho que este desafio pode trazer de crescimento para a minha vida?
  • O que sinto que preciso fazer para ficar em paz?
  • E como o fazer para que seja bondoso para comigo e para com os outros…

Usa também o envio de Reiki para te auxiliar. Podes começar por enviar Reiki para o que sentes agora, para que possas tranquilizar a energia que tens neste momento em relação à situação. Depois, vai enviando Reiki para as tuas memórias, para que possas sentir-te em paz, em relação a elas.

Não podemos voltar atrás no tempo, nem mudar o que outra pessoa fez, mas podemos aliviar a energia que sentimos em relação às situações que vivemos… Só por hoje…

Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.