Compaixão

Dia Mundial da Compaixão

Aliviar o sofrimento, este é o significado mais direto da compaixão. É também através da alegria e contentamento, aliviar a dor e sofrimento do outro (慈悲 jihi).

A compaixão é então um ação direta feita na direção do outro, mas também de nós mesmos.

O que fazer neste Dia Mundial da Compaixão?

Vive este teu Dia Mundial da Compaixão com o cumprimento do que tens a fazer, mas tenta levar a tudo o que fazes mais leveza, mais contentamento e entendimento do que te possa trazer sofrimento.

Ao mesmo tempo, tenta compreender o sofrimento daqueles que te rodeiam. Sempre que possível, dá uma boa palavra, pensa bons pensamentos, faz boas ações.

Recorda-te que quem leva sofrimento, muitas vezes é porque está a sofrer. De alguma forma este ciclo de sofrimento terá que terminar e pode começar por ti. Recorda-te das palavras do Imperador Meiji, no seu poema “Cascata”.

25 — CASCATA

As pessoas não ouviriam o som da água
na cascata torrencial,
se não houvesse rochas a formar barreiras.
O sucesso das pessoas não pode ser
alcançado sem trabalho árduo.

Imperador Meiji

Não há maior sucesso na nossa vida que vivermos com contentamento e sem sofrimento. Sabemos que ao nosso redor, tudo pode acontecer, mas a grande mudança é feita por nós e a grande paz é sentida no nosso interior.

Que possas estar bem,
Que possas estar seguro,
Que possas estar feliz,
Que possas estar bem.

Só por hoje…

Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.