Tratamentos de Reiki

Como as cicatrizes influenciam a nossa energia

A maior parte das pessoas acaba por ter cicatrizes físicas ao longo da vida, umas por um simples corte, outras por intervenções cirúrgicas. Mas será que as cicatrizes influenciam o nosso fluxo de energia? Como será o seu byosen e será algo permanente?

A cicatrizes e a forma como influenciam a nossa energia

Quando surge um corte no nosso corpo, a circulação sanguínea é interrompida e, da mesma forma, a circulação energética sofre o seu impacte.

Por exemplo, uma pessoa que seja operada à coluna, poderá sentir frio na região do corte, ou o praticante que lhe esteja a aplicar Reiki o poderá sentir, ou mesmo alguma dificuldade no fluxo da energia.

Então, sempre que há um corte, há uma interrupção temporária da energia. Depois, com o tempo, assim como o nosso corpo realiza uma recirculação sanguínea, da mesma forma a energia flui mais e mais.

Claro que umas cicatrizes poderão demorar mais do que outras, mas na verdade, a recirculação energética sempre acontece.

Voltando ao exemplo de uma operação à coluna, ao aplicar Reiki no início e final do corte, podemos sentir como a energia começa a fluir mais e mais em direção ao corte e à zona que ficou sem energia. Tudo é restabelecido no nosso corpo, pois assim como não podemos viver sem sangue numa região, da mesma forma não podemos estar sem energia.

Por exemplo, cicatrizes na cabeça é exatamente o mesmo, a recirculação energética volta a ocorrer como parte natural da nossa recuperação e homeostasia. Também pela cicatriz não há perda de energia, caso contrário a pessoa não conseguiria realizar um pensamento fluído.

As cicatrizes tornam-se a nossa prova de recuperação e em termos de energia, também a mesma é restabelecida, mesmo que de uma forma um pouco diferente. Um praticante de Reiki com cicatrizes continua a ser uma praticante pelo qual flui corretamente a energia.

Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Um comentário

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.