Reiki

Feliz dia da Criança (e ela continua sempre em ti)

Feliz dia da Criança. É um dia que se celebra a importância de ser criança, os seus valores, o respeito, o cuidar e também o desenvolvimento físico, mental, espiritual, moral e social.

Dia da Criança um lembrar dos direitos

Algo de muito importante na convenção sobre os direitos da criança é a garantia do desenvolvimento espiritual da criança. Isto significa que não só os pais, mas também a sociedade deve ter um outro olhar sobre este campo e auxiliar no entendimento desta jornada de vida que levará a questões como “quem sou eu?”, “o que faço aqui?”, “porque morremos?”, “porque vivemos?”, “como sinto e porque?”…

A espiritualidade é um abraçar completo da vida em todas as suas dimensões e cabe a todos nós não só a desenvolver em nós próprios, como também proporcionar às crianças esse mesmo crescimento e vivência.

Feliz dia da criança, para as tuas crianças e para ti também!!!

Convenção sobre os Direitos da Criança – Artigo 27.º

  1. Os Estados Partes reconhecem à criança o direito a um nível de vida suficiente, de forma a permitir o seu desenvolvimento físico, mental, espiritual, moral e social.
  2. Cabe primacialmente aos pais e às pessoas que têm a criança a seu cargo a responsabilidade de assegurar, dentro das suas possibilidades e disponibilidades económicas, as condições de vida necessárias ao desenvolvimento da criança.
  3. Os Estados Partes, tendo em conta as condições nacionais e na medida dos seus meios, tomam as medidas adequadas para ajudar os pais e outras pessoas que tenham a criança a seu cargo a realizar este direito e asseguram, em caso de necessidade, auxílio material e programas de apoio, nomeadamente no que respeita à alimentação, vestuário e alojamento.
  4. Os Estados Partes tomam todas as medidas adequadas tendentes a assegurar a cobrança da pensão alimentar devida à criança, de seus pais ou de outras pessoas que tenham a criança economicamente a seu cargo, tanto no seu território quanto no estrangeiro. Nomeadamente, quando a pessoa que tem a criança economicamente a seu cargo vive num Estado diferente do da criança, os Estados Partes devem promover a adesão a acordos internacionais ou a conclusão de tais acordos, assim como a adopção de quaisquer outras medidas julgadas adequadas.

Fonte: Almedina

Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Um comentário

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.