Reiki

Não é preciso ter medo, é preciso praticar

O medo não é algo necessariamente mau, faz parte de nós e do nosso instinto de preservação. É uma chamada de atenção que temos que pode prevenir situações que nos coloquem em risco, mas também pode ser algo que nos bloqueia, congela e impede de usufrui algo de bom.

Como tratarmos o medo pela prática de Reiki

Nos seus preceitos, o Mestre Usui diz-nos “Só por hoje”… Confia, “Não te preocupes”.

Este confiar é um pedido que nos é feito, pois a preocupação, a inquietude que origina a preocupação, pode crescer e dar frutos como a ansiedade e os ataques de pânico, ou mesmo os sentimentos depressivos.

Assim, este segundo princípio de Reiki é uma forma de nos recordarmos que a vida apenas nos quer bem, quer que estejamos em harmonia, mas para isso precisamos escutar verdadeiramente o que se passa em nós mesmos e mudar… mudar os nossos pensamentos, sentimentos e a forma de agir, ou seja, sermos coerentes numa harmonia não só interior, mas também social.

Uma forma de trabalhares o teu medo é, por exemplo, aplicares Reiki nos sítios onde se parece manifestar no corpo, não te esquecendo também da região dos rins e do chakra raiz. Não fiques apenas 5 ou 10 minutos, fica nessas posições todo o tempo necessário até que a percepção do byosen desapareça.

Depois, vivencia também os cinco princípios. Eles serão os pilares que te ajudarão a observar o que há a mudar.

E claro, podes sempre experimentar aplicar a técnica do Pensamento Positivo, ou caso tenhas o segundo nível de Reiki, o Tratamento para a Mudança de Hábitos, o Seiheki Chiryo. Na primeira técnica, visualiza-te a encarar a situação com confiança e serenidade, são os dois princípios a serem vivenciados.

Recorda-te também que o quinto princípio, ser bondoso, pede-nos mesmo isso, o não termos medo, pois não há nada de mais forte que a bondade.

Só por hoje… vale a pena praticar.

Podes ler mais sobre o cuidares de ti e a aplicação de Reiki no teu quotidiano em Reiki é Simples, a Arte de Cuidares de Ti Mesmo.

Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.