Filosofia de Vida

A incoerência, ou quando estás de costas voltadas a ti mesmo

Já sentiste aqueles momentos em que queres uma coisa, mas tens que fazer outra? Então bem vindo ao mundo da incoerência.

Não somos incoerentes porque queremos, mas porque estamos fora do nosso próprio eixo da vida. O regresso à coerência é um processo muito importante e basilar na prática de Reiki.

A incoerência e como Reiki nos leva a ser mais coerentes

Reiki como método é uma filosofia de vida, não psicologia. É um caminho fundamentado em princípios e no entendimento do ser humano e da própria vida à qual pertence.

O lema da escola do Mestre Usui, era “A união do eu através da harmonia e do equilíbrio”. Esta união é tão bem representada pelo ato de ter as mãos em gassho, que representam respeito, interioridade e união.

E que coisas nos causam a incoerência? Aquelas que nos trazem inquietude e preocupação, que são exatamente indicadas nos dois primeiros princípios.

Quando o Mestre Usui indicava nos seus preceitos que o seu método era para “a melhoria do corpo e da mente” ele pedia que, ao estarmos presentes na nossa vida, conscientes da forma como pensamos, sentimos e agimos, que estaremos num estado que nos traz uma vida mais pacífica e feliz.

E compreendemos que nem sempre é fácil lidar com aquilo que nos inquieta ou com as nossas preocupações, nem Reiki serve para nos desconectarmos da vida e nos desleixarmos, muito antes pelo contrário, é uma prática que nos pede uma grande harmonia e esta começa em nós mesmos.

Como?

  1. Senta-te contigo mesmo;
  2. Faz algumas respirações mais profundas e relaxa o corpo, principalmente os ombros e o abdómen;
  3. Coloca as mãos em gassho;
  4. Volta-te para a tua respiração e sente como os dedos se tocam, ou mesmo como os polegares tocam o peito caso queiras;
  5. Regressa ao teu interior como se o corpo fosse uma casa, um templo maravilhoso;
  6. Observa uma inquietação que tens e recita, tranquilamente, os cinco princípios;
  7. Deixa-os ecoar nessa inquietação, como se fosse um vento que aligeira uma nuvem escura;
  8. Tenta agora compreender o que sentes… o que pensas, sobre a situação?
  9. Aprende a dialogar contigo mesmo, preenchido de bondade e gratidão por compreenderes que um desafio te faz crescer.

Só por hoje… assim começa o nosso trabalho num caminho para a coerência, sanando o momento em que estamos de costas voltadas a nós.

Podes compreender melhor estas perspetivas profundas da prática de Reiki no livro Reiki Usui, sobre a prática tradicional e a criação do Método, pelo Mestre Usui.

Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.