Como te manténs harmonioso – uma questão também do conjunto

As festividades ou as férias, são momentos que nos ajudam a estar num estado mais harmonioso. O stress começa a abrandar, respiramos melhor, tudo parece estar melhor por dentro e por fora. Mas como manter este estado quando regressamos à rotina?

O estado harmonioso – depende de nós, mas também de todos os outros

Sabemos que a forma como lidamos com as situações pode ter uma enorme diferença na nossa vida, mas também sabemos que a pressão constante a um ambiente nocivo nos pode quebrar. Que lição podemos tirar daqui?

Na verdade, todos estamos interligados e, de certa forma, todos somos responsáveis uns pelos outros. Como perceber isso?

Por exemplo, no Natal começamos a ver algumas pessoas mais felizes, quer seja pelo tempo de reunião, pelas prendas ou pelo sentido do próprio Natal. Esta felicidade é algo que também se projeta em termos de energia. Por isso, na generalidade, sentimos que tudo está um pouco mais leve nessa altura e isso também nos influencia.

Compreende-se que em termos de energia, o conjunto também influencia o indivíduo, assim como o indivíduo faz parte do conjunto. Nós, como praticantes de Reiki, podemos esforçar-nos um pouco mais para manter um estado harmonioso. Experimenta o seguinte:

  1. Quando começares a sentir um pouco de stress, centra-te em ti, no interior do teu corpo. Imagina-te no teu coração e sente “Só por hoje”… Se quiseres, recita também os cinco princípios tranquilamente;
  2. Envia Reiki para as situações ou sensações que sentes te trazerem stress. O envio de Reiki não resolve os problemas, mas pode aliviar a energia;
  3. Aplica a técnica do “Pensamento Positivo” para reforçares a tua atitude e confiança perante a situação.

Estas são apenas algumas práticas que podes fazer para te manteres harmonioso. Já sabes, cuidar de ti faz com que os outros também se possam sentir melhores.

1 thought on “Como te manténs harmonioso – uma questão também do conjunto”

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.