Revista Budismo, uma resposta ao sofrimento #5 Outubro 2021

Cada número desta revista é um desafio e, como tal, um reconhecimento de profunda gratidão.

Em Setembro de 2020 lançamos o primeiro número e, após um ano, continua este caminho simples de partilha de Dharma, tentanto abranger todos, escutar, dialogar e, principalmente, fazer um caminho para despertar através da partilha.

Podes fazer o download gratuito da revista aqui…

A minha gratidão é enorme pela bondade com que acolhem os meus pedidos. Novamente Paulo Borges, a quem quero homenagear pelo seu longo percurso para Buda e nesta data comemorativa do seu aniversário, não poderia deixar de pedir a Mingyur Rinpoche uns votos de parabéns, que tão rápida e compassivamente respondeu.

Yan Ting Yue, realizadora do fabuloso documentário “O senhor Hu e o Templo”, acedeu também a uma entrevista e assim podemos divulgar uma perspetiva pessoal do seu trabalho.

Não me posso esquecer de Manuel Toei Simões, sempre presente, sempre amigo e prestável a quem entrego um profundo obrigado.

Neste número posso também contar com a Joana Freitas, que redigiu o artigo “Promover a Consciência de uma Responsabilidade Universal”, de SS o Dalai Lama. E ainda a partilha generosa da “Tibetan Nuns Project”, que confiou na tradução para português de uma notícia tão aguardada no nosso universo budista – um lugar de igualdade para mulheres – O grau de Geshema.

Ainda o meu muito obrigado a Cenira Bini Eto, mais uma ponte para o outro lado do oceano, no nosso país irmão, o Brasil, que nos traz a bela e genuína reflexão “Devemos florescer aonde o Universo nos colocou”, cujo texto é mantido na língua materna.

O meu agradecimento a Rulu, por autorizar a traduçõe de várias preces e ao percurso fiz para chegar ao Samadhiraja Sutra, que traz pérolas de sabedoria e reflexão neste número.

Tantos auxiliam a que esta revista seja realizada – os que lêem, os que contribuem com a escrita, os que traduzem e interpretam, assim, fica a dedicação de méritos para todos, assim como para aqueles que neste momento estejam a atravessar uma fase difícil na sua vida.

“Que a generosidade, a compaixão, 
a alegria e a equanimidade permeiem todo o Universo;
Que valorizem as bênçãos, criem vínculos, beneficiem o Céu e a Terra.
Pratiquemos o Chan com pureza, 
sigamos os preceitos, 
aceitemos tudo com serenidade;
Façamos os Grandes Votos 
com humildade e gratidão.”

1 thought on “Revista Budismo, uma resposta ao sofrimento #5 Outubro 2021”

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.