Os Dezoito Arhats – um ebook

Os Arhats são praticantes que alcançaram a sua iluminação. Em Taiwan, no Templo Fo Guang Shan, existem dezoito estátuas destes discípulos especiais de Buda, que são um exemplo para nós. Pela lição que aprendi na prática ao resgatar 18 lebres-do-mar, traduzi este pequeno livro como atribuição do mérito e agradecimento. Aqui ficam as palavras introdutórias deste livro.

Durante o seu tempo na terra, Buda teve milhares e milhares de discípulos. Entre os monges, os monásticos totalmente ordenados do sexo masculino, mais de duzentos e cinquenta tornaram-se “arhats”, praticantes que alcançaram a iluminação e a libertação. Entre os arhats, há dois grupos que se tornaram particularmente bem conhecidos: os “dez grandes discípulos” e os “dezoito arhats”.

Enquanto as identidades dos dez grandes discípulos foram gravadas em pedra, a composição dos “dezoito arhats” varia de acordo com as preferências de cada budista. Hoje, no Buddha Memorial Center em Taiwan, existe um conjunto de estátuas que compreendem um novo conjunto de “dezoito arhats”. Este conjunto consiste nos dez grandes discípulos de Buda, cinco outros arhats bem conhecidos (incluindo o clássivo arhat que subjuga o dragão e o arhat domador de tigre) e três bhiksunis iluminadas, mulheres monásticas totalmente ordenadas.

As estátuas destes dezoito arhats estão no Buddha Memorial Center. Essas esculturas têm uma altura média de três metros. Com base nas esculturas de madeira do artista Wu Rongsi, elas foram esculpidas em granito azul de zhangpu. O apoio generoso de incontáveis devotos permitiu que elas comparecessem ao público em 2011, situadas ao longo dos dois lados do Pátio de Sabedoria Bodhi no Centro Memorial de Buda, cuidando de todos os seres sencientes.

Livro escrito pelo Buddha Memorial Center, do Templo Fo Guang Shan em Taiwan. Podes ler o PDF aqui…

Podes ler mais ebooks do Ven. Mestre Hsing Yun aqui…

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.