Venerar a terra

O meu sogro diz muitas vezes que se não se venera a terra ela não dá nada. Quem possa escutar, poderá achar que falamos de algum ritual pagão, mas na verdade é uma expressão que cumpre bem o nosso papel nesta terra – o cuidar com respeito.

Venerar a terra é cuidar com todo o respeito – o que significa isso?

Cada vez mais vamos compreendendo a necessidade da sustentabilidade, o que nos alerta para “até quando seremos sustentáveis”, em tantos campos da nossa vida… aliás, em todas as áreas da nossa vida. Mas sustentabilidade representa o tirar um proveito, um partido, uma oportunidade, mas se não regenerarmos o que colhemos, a determinada altura da vida, deixaremos de ter essa sustentabilidade.

Então, este conceito de venerar pede-nos um cuidado com respeito por aquilo que estamos a fazer. No nosso cultivo, precisa haver uma parte que possivelmente cairá, mas não se perderá pois será adubo. Teremos uma parte para nós, para o nosso sustento e outra que seja para todos os animais que contribuem para o ecossistema.

Se não prestarmos atenção às necessidades do que cultivamos, se não respeitarmos e escutarmos essas necessidades, poderemos perder todo o nosso cultivo.

Assim é em todos os campos da nossa vida.

Regenerar em todos os campos da vida

Venerar a terra, cuidar do que cultivamos, cuidar da terra, define claramente o nosso papel de guardiões deste momento que vivemos e isso traz-nos uma grande reflexão.

Na vida, não precisamos ter medo de cultivar, mas precisamos saber como, assim como cuidar do que cultivamos e daquilo que nos permite fazer crescer e colher. Viver é muito mais do que apenas colher um produto final ou um querer, é saber estar em todos os momentos e regenerar para que tudo em nós e no que nos rodeia possa viver.

Como regenerar?

Em primeiro lugar não criar exaustão, ou seja, promover harmonia e observar não só o próprio bem-estar como também todo o bem-estar comum. Aprender com as lições que a vida nos mostra, apesar de nem sempre serem claras e confiar que através de uma forma de estar coerente e bondosa, que estamos a fazer o melhor.

Sem dúvida que o que possas querer para ti, cria para os outros. O que queiras para os outros, sabe também criar para ti.

1 thought on “Venerar a terra”

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.