Queres praticar Reiki nas férias? Aqui ficam cinco dicas práticas com Reiki é Simples

Julho, Agosto e Setembro são geralmente meses em que partimos para férias. É tão importante desligar das rotinas habituais, encontrar o espaço em nós mesmos e respirar.

Procuramos leituras que nem sempre conseguimos fazer e até mais práticas que aprofundem o nosso bem estar. Então, se quiseres uma imersão saudável e assim praticar Reiki, aqui ficam cinco dicas para te auxiliar, com votos de umas férias felizes.

Cinco dicas para praticar Reiki nas férias

Vou partilhar cinco dicas baseadas no livro Reiki é Simples, a arte de cuidares de ti mesmo. Este é um livro dedicado ao teu autocuidado algo que se tornou tão valioso no ano em que foi lançado – 2020.

1 – Autotratamento Reiki em atenção plena

Deixar a energia fluir e atenção plena? O que terá uma coisa a ver com outra?

Termos atenção plena é uma indicação que o Mestre Usui nos colocou nos princípios – “Só por hoje“, ou seja, está presente no que faças.

Assim, porque não experimentares um dia em que o teu autotratamento é feito com o máximo de presença possível? Como o fazer?

Não te preocupes com o tempo que irás fazer, tanto podem ser cinco minutos como vinte… os que tenhas:

  1. Coloca a mão ou as mãos num local que aches que precisas de Reiki;
  2. Leva a atenção ao contacto da pele das mãos com o corpo;
  3. Sente a ligeira pressão da tua mão;
  4. O que sentes?
  5. Deixa fluir a energia, como se fosse um sol que sai da mão e entra no corpo;
  6. Vai sentindo esse correr da energia, como se fosse uma continuação da corrente sanguínea;
  7. Quando quiseres, recita tranquilamente os cinco princípios e deixa-os fluir também para dentro dessa mesma posição no teu corpo;
  8. Quando quiseres terminar, agradece.

Poderás ler mais sobre os exercícios na página 224, do livro Reiki é Simples.

2 – A energia e a aura

Compreender os nossos chakras não é só entender a nossa energia, mas também as várias dimensões da nossa consciência. E porque não aprofundares este tema?

Por exemplo, pode fazer meditações com os chakras ou então até um tratamento mais específico onde só irás tratar os chakras. Podes até mesmo usar as suas cores como forma de imaginares a energia a torná-los mais brilhantes.

E sobre a comunicação energética? Costumas sentir a energia das outras pessoas? Isso está também relacionado com a aura. Nós, praticantes de Reiki, costumamos sentir essa irradiação que surge a partir do corpo através de sensações chamadas de byosen. Porque não experimentares sentir a tua própria energia com a mão e ires afastando cada vez mais a mão do corpo para compreenderes o que sentes?

Poderás ler mais sobre os exercícios na página 91.

Sobre este tema, podes também ler O Grande Livro dos Chakras e da Anatomia Energética.

3 – A autoestima

O Mestre Usui colocou como segundo princípio a importância de sabermos lidar com a preocupação e compreendermos o valor da autoconfiança. Confiar em nós vem de uma crença, de um acreditar em nós mesmos e isso é adquirido através de um amor próprio.

Mas como podemos trabalhar a autoestima com a prática de Reiki. Temos muitas técnicas, mas vamos aproveitar o momento de férias para nos retirarmos por uns instantes. Aproveita um início de dia, aquela manhã fresca em que o sol está apenas a despontar.

Se puderes, vira-te para o sol. De olhos fechados, recorda-te de um momento em que a autoestima não esteve no seu melhor e vai sentindo o sol que começa a surgir, a aquecer cada vez mais, a entrar para dentro de ti, para dentro daquela parte do teu corpo que está ferida ou vazia da sua estima.

É como se esse sol fosse regenerando, preenchendo e revitalizando, trazendo-te a força interior e o calor do amor que podes ter por ti mesmo. Agradece a oportunidade de estares contigo mesmo.

Poderás ler mais sobre os exercícios na página 302.

4 – Julgamento em excesso

Lembras-te daqueles dias em que acordas irritadiço? Estás na praia e tudo incomoda, as bolas de berlim, a areia, a água… tudo! Sentes-te absolutamente desconfortável e qualquer coisa faz-te sentenciar.

Isso acontece, não te chateies contigo mesmo, mas também é preciso parar esses momentos mais delicados, antes que fiques com stress ou descarregues nos outros. Então o que podes fazer?

Respira… aplica a técnica Joshin Kokyu Ho… Inspira e traz para ti serenidade, expira e deixa sair toda a irritação que sentes. Permite que a energia flua tranquilamente no teu corpo, de cima para baixo, e imagina a energia densa a sair do corpo. Se quiseres experimenta este exercício na água.

À medida que sentes toda a irritabilidade a sair, permite-te esvaziar os pensamentos. Assim como as ondas, quando um pensamento surge, deixa-o também partir.

As férias são também momentos de desintoxicação e encontro contigo mesmo.

Poderás ler mais sobre os exercícios na página 320.

5 – Cultivar a paciência

Só por hoje, sou calmo…

Assim começam os princípios que o Mestre Usui nos ensinou. A calma, a paciência para a vida, nem sempre é algo de muito fácil para nós. Porque?

Muitas vezes existem situações externas que nos pressionam e não estão no nosso controle. Quando são em demasia, sentimo-nos quebrados, e o mesmo se passa com as situações internas, então será que apenas iremos viver quebrados e com stress?

Não, precisamos encontrar os nossos próprios recursos internos que nos ajudam a ultrapassar essas dificuldades.

Quando estamos de férias, quando temos um momento parado, é natural que comecem a surgir as situações que temos guardadas em nós e isso por vezes até cria atritos e discussões, quando mais queremos é paz. Então, não te esqueças dos cinco princípios. Nas férias, recita-os ainda mais, mas com profundidade e aplica Reiki no teu Chakra Raiz. Escuta… a ti mesmo e aos outros.

Poderás ler mais sobre os exercícios na página 142 de Reiki é Simples.

1 thought on “Queres praticar Reiki nas férias? Aqui ficam cinco dicas práticas com Reiki é Simples”

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.