A parábola da iluminação do praticante de Reiki

Um praticante de Reiki queria alcançar a sua iluminação.

Ele via essa iluminação como uma grande felicidade no seu rosto, tudo era fácil na vida e não tinha mais o peso que as responsabilidades e preocupações lhe traziam.

Ele fazia o autotratamento todos os dias, rigorosamente…

Passaram-se anos e anos de autotratamento… mas a iluminação não surgia.

A sua preocupação continuava. Tinha contas para pagar todos os meses, tinha que cuidar da família e sentia que esta frustração da iluminação não chegar contava também como um peso para a tensão.

Mas não desistiu e manteve o seu autotratamento por mais uns anos, diariamente.

Um dia sentiu que não precisava mais de colocar as mãos no corpo e sentir o fluxo da energia a preenche-lo. Sentia-se calmo e Reiki parecia-lhe outra coisa… chamava-o a algo de mais profundo…

Tentou escutar esse chamamento.

Releu o seu manual de Reiki, que tinha deixado na gaveta há tantos anos. Lá tinha uma fotografia de um senhor com ar sereno… e cinco princípios.

Afinal, não devia ter ficado apenas pela primeira aula, esperando que o autotratamento trouxesse todas as respostas… havia mais, muito mais.

Colocou as mãos em gassho, decorou os princípios.

Inspirou profundamente, mas tranquilo e fechou os olhos.

Do centro do seu coração, recitou os cinco princípios…

Surgiu a iluminação. A sua mente acalmou-se, o seu coração respondeu com um sorriso.

Agora compreendia.

Todas as coisas da vida continuam sempre, mas quando chegamos a nós mesmos, a preocupação é tratada com gentileza e existe uma profunda bondade por nós mesmos.

Como ele leu no seu manual e novamente escutou na sua memória… Só por hoje.

87 – Pessoas
Não há qualquer razão
Para viver muito tempo
Se nada tiveres para alcançar.

– Imperador Meiji.

Podes encontrar a tua inspiração também em A Sabedoria do Reiki, refletindo com os poemas do Imperador Meiji…

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.

A prática de Reiki é muito profunda e com vários caminhos. Todos eles, de alguma forma, levam-nos ao encontro com o nosso próprio eu e com o sentido da vida. Reiki mostra-nos que não adianta decorar, ou fazer sempre o mesmo, sem mudar o que há a mudar, ou sentir o que se pensa e agir em conformidade.

A sabedoria do Mestre Usui, perdura, independentemente do país, idade, género ou até religião da pessoa, pois é algo que nos ensina “A Arte Secreta de Convidar a Felicidade”.

2 thoughts on “A parábola da iluminação do praticante de Reiki”

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.