2021 - Prática da Bondade,  Nível 2 - Okuden

Envio de Reiki para a paz em tempos exigentes

Tempos exigentes podem levar a sentimentos e ações de revolta… mas aonde nos leva a revolta? Se cultivarmos uma mente, coração e atitude de paz, aonde ela nos poderá levar?

A prática e o envio de Reiki para a paz

Quando a nossa mente fica perturbada, podemos ver tudo de uma forma prejudicial, magoarmo-nos a nós mesmos e aos outros. Um sentido de revolta, irrequietude, surge daquilo que não compreendemos.

Quando nos esforçamos, nesse momento de revolta, a trazer a nossa mente e coração para uma atitude de paz, o entendimento alarga-se e as decisões e ações são mais eficazes.

Muitas vezes, o problema é acharmos que estar e agir em paz é ser inerte e não ter um pensamento próprio, crítico e assertivo, mas muito pelo contrário. O pensamento próprio é conjugado com o bem comum, o pensamento crítico é unido à ação bondosa e assertividade à atitude compassiva.

Quando sentimos que muitas pessoas e nós mesmos estamos em revolta, precisamo-nos centrar numa atitude pacífica.

Junta as tuas mãos em gassho e esvazia a mente. Deixa que os pensamentos e emoções negativos partam, assim como surgiram. Aproveita esse novo espaço na tua mente para criares o que é realmente positivo e concordante com um bem comum.

Se tens o nível 2 ou 3 de Reiki, envia Reiki par a paz, não só a tua, mas também a de todos.

Envia Reiki para a paz de um bem comum

  1. Começa pelo banho seco;
  2. Coloca as mãos em gassho e, se quiseres indica “inicio a prática de envio de Reiki para a paz”;
  3. Inicia a técnica conforme te ensinaram;
  4. Se quiseres, coloca as palmas das mãos viradas uma para a outra e imagina que dentro delas estão, por exemplo, todas as pessoas em Portugal;
  5. Deixa fluir Reiki, como se fosse uma onda harmoniosa;
  6. Essa onda vai iluminando cada pessoa e todos no conjunto, trazendo paz, serenidade e enraizamento. Capacidade de tomar boas decisões e atitudes genuínas de interesse para o bem comum;
  7. Se te sentires inquieto ou revoltado, visualiza a energia a limpar essa agitação e a iluminar, serenar, as situações que te trazem inquietação;
  8. Quando quiseres terminar, agradece;
  9. Faz o banho seco.

Sou Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.