Enviar Reiki sem interferência do desejo pessoal

A prática de enviar Reiki é chamada de Enkaku Chiryo, o tratamento ausente, usada como caso excepcional, mas tão presente nestes tempos de necessidade.

No entanto como distinguir a intenção de um desejo pessoal que tenhamos?

Enviar Reiki sem desejo e com intenção objetiva

O desejo por si, não é bom nem é mau. É uma vontade, um querer. Mas quando este querer se volta para um interesse ou objetivo muito pessoal, como por exemplo “que eu fique em primeiro lugar”, então estamos a colocar um desejo egoísta.

A intenção é um foco na concentração que usamos na prática de Reiki.

Assim, quando queremos enviar Reiki para alguém ou mesmo para nós próprios, este foco, esta intenção, deve ser isenta de um desejo egoísta.

Para isso devemos também treinar autocompaixão e desapego.

A prática da autocompaixão e desapego para o cultivo de um desejo correto

Muitas vezes queremos demais que alguém esteja bem. É uma preocupação positiva, mas se nos levar a não deixar a pessoa crescer no seu percurso, ou até mesmo a prejudicar-nos gravemente, não estaremos a fazer um bem correto.

Então precisamos estar vigilantes perante a nossa intenção e desejo.
”Que estejas bem”, é um desejo e intenção correta.

“Que tudo corra em harmonia”, é um desejo e intenção correta.

Este “bem” e “harmonia” surgem implicitamente da própria vida – tudo necessita de ter harmonia.

Se desejares “que consigas o que mais desejas”, poderás não estar a enviar Reiki, mas sim a tua própria energia, pois Reiki é passivo e condutor à harmonia. O que a pessoa mais deseja pode não ser o seu bem-maior.

Então pensa neste aspecto… que a energia flua para a harmonia e equilíbrio. Dentro deste conceito, coloca a tua intenção específica.

A atitude de desapego ensina-nos que não devemos esperar por resultados, ou desejos, estamos a cumprir um propósito. Da mesma forma, a autocompaixão ensina-nos a viver num cultivo de bem para connosco, que será partilhado com todos.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.