Reiki em Animais

Dia Internacional de Reiki em Animais

A 5 de Fevereiro celebramos o Dia Internacional do Reiki em Animais e em tempos de confinamento pela pandemia, o que se pode fazer?

Cinco cuidados que nos podemos lembrar no Dia Internacional de Reiki em Animais

1 – Viver com bondade

Se tens algum animal em casa observa-o, tenta ver como ele está também a reagir a este tempo e como ele interage contigo e com todos em casa.

Ele procura comer, brincar, dormir e ter afeto. Que lição nos traz essa vivência com um animal? E se lhe damos atenção, que lição isso nos traz na forma de relacionamento com outras pessoas?

2 – Respeito por todos os seres vivos

O amor que sentimos vindo dos animais e aquele que também damos a eles é um tipo de amor que devia ser partilhado entre pessoas.

A melhor forma desse amor começar é pelo sentido de respeito para com todos os seres vivos. Também há dias em que um animal tem os seus maus momentos e como reagimos a ele?

Quando temos os nossos próprios maus momentos, como o animal reage a eles?

Há sempre amor e respeito envolvidos, o que é uma lição muito grande que devemos levar às relações interpessoais.

3 – Envio de Reiki

Uma forma de continuar a ajudar os animais é pelo envio de Reiki. Claro que a prática presencial, por todas as razões, é preferível, no entanto estamos num tempo de tentar fazer o melhor possível.

Envia Reiki para animais que estejam doentes e até mesmo para todos aqueles que estejam num abrigo, para que possa haver harmonia.

4 – Dar suporte a quem cuida presencialmente

Mesmo neste tempo ainda continuam a estar presentes nos abrigos alguns voluntários e porque não ajudar os abrigos com alimentos, outros materiais de suporte, que necessitem, ou envio de Reiki para os funcionários?

5 – Aprender com a vivência

Quem tem animais tem sempre um tempo para lhes dar carinho. Em si tem essa capacidade e os animais também têm a capacidade de aceitar esse carinho. Que lição isso nos traz para o nosso relacionamento humano e para com todos os seres vivos?

Demonstrar afeto não é sinal de fraqueza, mas sim um sinal de vivência em equilíbrio e grande crescimento de consciência.

O Dia Internacional do Reiki em Animais ajuda-nos a ter esta reflexão, para que nos restantes dias nos possamos ligar mais, não só aos animais, mas também às pessoas. Precisamos crescer em conjunto.

Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.