A bondade em meditação para os momentos exigentes

Tantas vezes nos assolam pensamentos aterradores que apenas a bondade parece ser um bálsamo para o nosso conforto.

Naturalmente procuramos essa bondade nos outros, como se fosse uma manta que nos aconchega, mas muitas vezes deparamo-nos com estes pensamentos em solidão. Uma das formas de os trabalharmos é com um pequeno truque meditativo.

Acolhe com bondade os teus pensamentos aterradores

É natural ter maus pensamentos porque a nossa mente é confrontada com coisas que não são muito boas e precisa de uma validação sobre o que é certo ou errado. Serás tu, conscientemente, a dar essa validação.

Quando a mente se encontra sob muita pressão ela inunda e nós sentimo-nos a afogar na água suja desses pensamentos. Então precisamos observá-los, classificá-los e dar-lhes uma resolução.

Este é um processo que deve ser feito de mente e coração, em plena presença.

São muitas as formas de abordar esta inundação de pensamentos, a que te apresento aqui é feita através da meditação e de um processo de acolhimento.

Uma meditação para a bondade no acolhimento aos pensamentos

Este tipo de meditação deve ser aplicada unicamente quando te sentires em equilíbrio e, principalmente, com um sentido de amor por ti mesmo.

  1. Senta-te confortavelmente;
  2. Centra-te na respiração e vai acalmando a mente com o serenar da inspiração e expiração;
  3. Começa por te lembrares de bons momentos em que sentiste bondade;
  4. Pensa também em momentos onde agiste com bondade;
  5. Ao inspirar, traz mais bondade para o teu interior, ao expirar, imagina que ela circula por todo o teu corpo;
  6. Presta agora atenção àqueles pensamentos que te inundaram;
  7. Como se estivessem em fila, vai recebendo cada pensamento com bondade;
  8. É como se os abraçasses, aceitando;
  9. Como se o teu amor fosse dissolvendo a ilusão desses pensamentos;
  10. Como se lhes desses a paz que eles precisam;
  11. Deixa cada pensamento que surge partir em bondade;
  12. Quando quiseres terminar, permanece mais algum tempo apenas centrado na tua respiração, trazendo mais bondade ao inspirar e ao expirar, imaginar essa bondade a espalhar-se por todo o corpo;
  13. Agradece.

1 thought on “A bondade em meditação para os momentos exigentes”

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.