Os Chakras desalinhados

Muitas vezes sentimos que temos os Chakras desalinhados, mas isso nem sempre quer dizer que é apenas a nossa energia em desequilíbrio.

O conceito dos Chakras desalinhados e a nossa consciência

O conceito de Chakras vem dos hindus e representa os nossos centros energéticos e também centros de consciência.

Então, quando sentimos que temos os Chakras desalinhados não é só a nossa energia, mas também os diferentes aspectos da nossa consciência.

O Chakra Raiz em desequilíbrio

Por exemplo, quando sentes que é o Chakra Raiz que está em desequilíbrio.

Este Chakra representa a nossa estrutura, é a força e o suporte de todo o nosso corpo, mas também da nossa consciência.

Quando o sentimos em desequilíbrio, podemos ter mais frio na bacia, pernas e/ou pés. Poderemos sentir um maior impulso agressivo, ou então até mais medo e desequilíbrio. Pode parecer que o chão nos foge dos pés.

Este Chakra é tão importante que muitas vezes pensamos que são outros Chakras desequilibrados que nos estão a provocar algo, como por exemplo o cardíaco ou terceira visão, que nos esquecemos de ver que o nosso grande suporte está em desarmonia.

Corrigir os Chakras desalinhados

É normal termos os Chakras desalinhados, mas temos que prestar atenção à razão pela qual isso sempre acontecer e isso sim, temos que corrigir. Como?

Pratica os cinco princípios e transforma a tua forma de reagir às situações.

Aplica o autotratamento regularmente e recebe Reiki.

Por aqui podes compreender que somos um todo. Que por vezes é a nossa alimentação que nos desequilibra, outras os pensamentos e as emoções. Tudo se transforma e manifesta como energia e também a energia se manifesta no corpo, mente e coração. Observa-te como um todo.

Podes ler mais sobre os chakras desalinhados e como os tratar em O Grande Livro dos Chakras e da Anatomia Energética:

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.