Perguntas e Respostas,  Reiki em Animais

Após ser mordida por um cão, como Reiki pode auxiliar no alívio do trauma

Quando uma criança é mordida por um cão, pode ficar com um trauma bastante vincado sobre a situação.

Este trauma tem um aspecto físico, mental/emocional e também energético. Há um grande impacte que é causado em todo o ser da criança por ter sido mordida por um cão e tal pode abalar estruturas fundamentais.

Após ser moridida por um cão, como podemos ajudar?

Pelas mais diversas razões um cão pode morder uma criança. Sendo animal e um ser senciente, muito naturalmente estava em sofrimento quando isso aconteceu.

Ter este conceito em mente pode ajudar, futuramente, na relação entre a criança e o animal. Na prática de Reiki vamos apenas observar a energia, o aspecto psicológico deve ser suportado por um profissional competente.

A prática de Reiki para uma criança que foi mordida por um cão

Podemos abordar este tratamento familiar de três formas:

  1. A relação da criança com a situação;
  2. A aplicação de Reiki no corpo;
  3. O envio de Reiki para a situação em que foi mordida por um cão.

Cada um destes pontos não é obrigatório e pode ser adaptado a cada realidade pessoal.

A relação da criança com a situação

A forma como a criança lida com a situação é muito importante, daí o apoio de um psicólogo.

Pela filosofia de vida da prática de Reiki, compreendemos que até mesmo um animal tem sofrimento e, tal como uma pessoa, descarregou-o no seu momento de medo.

Assim, podemos tentar reatar a relação da criança consigo mesmo, com a situação e com o animal, tentando cultivar esse sentido, promovendo assim entendimento que traz harmonia, confiança, aprendizagem da lição vivida, comunicação e muita bondade.

A aplicação de Reiki no corpo

  1. Começa por aplicar Reiki na parte do corpo que foi mordida;
  2. Limpa a energia que está ao redor dessa parte do corpo pois pode conter a energia emocional da situação;
  3. Verifica o byosen;
  4. Aplica Reiki noutras partes do corpo que façam sentido para este tratamento, por exemplo o local onde a criança possa sentir medo, como o Plexo Solar, Cardíaco ou mesmo o Esplénico;
  5. Atenção que possivelmente será possível tratar o Chakra Raiz para criar estrutura e autoconfiança.

O envio de Reiki para a situação em que foi mordida por um cão

  1. Faz a prática de envio de Reiki conforme te foi ensinado;
  2. Visualiza a situação entre as tuas mãos;
  3. Visualiza a energia a acalmar a criança perante a situação;
  4. Imagina que a criança está a lidar bem com a situação e que abraça o cão sentindo grande serenidade e compaixão (se isto fizer sentido para quem está a fazer e para a criança);
  5. Se quiseres, aplica a técnica Seiheki Chiryo para a criança não ter medo;
  6. Termina a prática conforme te foi ensinado.

Estas são situações muito dolorosas para todos e, sem dúvida, é importante uma criança poder crescer com uma boa relação com animais, pois eles são muito valiosos para a nossa vida. Assim, complementarmente, é muito positivo poder auxiliar nestas situações.

Esclarecimento

A prática de Reiki não substitui os cuidados médicos, é apenas um auxiliar integrativo e exclusivamente do campo energético.
Quaisquer situações que perdurem devem ser avaliadas por profissionais de saúde.

Sou Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.