Instituir o dia 1 de Setembro como Dia Internacional do Voluntariado Reiki

A 1 de Setembro de 1923 Tóquio sofreu um terrível sismo que lançou a cidade para uma gigantesca crise humanitária. Milhares ficaram desalojados e milhares morreram. Grande parte da cidade ficou destruída e o sofrimento enraizou-se.

No ano anterior, o Mestre Usui tinha fundado a escola para o seu método, o Usui Reiki Ryoho, cuja missão indicava ele que era “Guiar para uma vida pacífica e feliz, curar os outros, melhorar a sua felicidade e a nossa própria”.

Seguindo a missão que ele mesmo criou, juntou alunos e ao longo de meses tratou de milhares de pessoas. Este é o primeiro registo que temos de uma ação de voluntariado realizado com Reiki. Quase 100 anos depois, vemos Reiki em todos os setores da sociedade onde existe uma necessidade de cuidado e encontramos cada vez mais praticantes dispostos à doação.

O propósito do Dia Internacional do Voluntariado Reiki

O voluntário não procura reconhecimento, mas merece ser reconhecido. A sua prática não procura um obrigado, mas merece uma imensa gratidão. Por isso mesmo, este deve ser um dia de lembrança dos valores humanitários da prática de Reiki, um dia de agradecimento aos voluntários e ainda um dia para auxiliar quem mais necessita.

Só por hoje, muito obrigado pela tua dedicação, pela tua bondade, pela forma como te entregas à prática e a trazes para este mundo de necessidade.

1 de Setembro, Dia Internacional do Voluntariado Reiki, um dia necessário, de lembrança, em tempos de pandemia e sofrimento.

Logo para o Dia Internacional do Voluntariado Reiki

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.