2020 - Esforço Correto,  Meditação

Porque meditamos… Só por hoje

Cada vez mais queremos encontrar harmonia na vida e procuramos esse conforto por vários caminhos. Alguns de nós, encontram na meditação os alicerces para a construção da sua harmonia, mas fica sempre a questão? Porque meditamos?

Só por hoje – porque meditamos?

“De manhã e à noite, como a mente te recorda, coloca as mãos em gassho e recita em voz alta”. Estas eram as indicações do Mestre Usui para a prática dos cinco princípios, mas o que realmente estamos a fazer e o que pode ter a ver com a meditação.

Meditar é uma ação, uma atitude cuja raiz é a concentração e contemplação. Concentramo-nos para acalmar a produção da mente, para a formar numa atitude correta, contemplamos para preencher o nosso caminho das mais belas cores que nos inspiram na grandeza da vida.

O Usui Reiki Ryoho apresenta várias técnicas de meditação, mas elas todas têm um fundamento, uma base essencial para o seu desenvolvimento – Só por hoje. Só por hoje é a indicação para a mente presente, para uma atitude de estar no aqui e agora, mas para fazer o que?

Concentrados, focados, nós praticamos e vivemos neste preciso momento:

  1. Calma

  2. Confiança

  3. Gratidão

  4. Honestidade

  5. Bondade

Num só minuto de momento presente, podemos viver um dia inteiro de paz. Estando nesta perfeita conexão que é possível a todos, saboreamos os mais profundos valores da vida e aquilo que mais nos ajuda a solidificar a força que existe em nós.

Porque meditamos?

Para nos construirmos, para vivermos, para ajudarmos os outros a construirem-se e a viverem, se assim o entenderem.

Sou Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.