O caminho para uma vida feliz

Todos procuramos um segredo, um caminho para uma vida feliz. De uma forma ou de outra, sabemos que queremos ser felizes, que queremos que a vida seja preenchida de felicidade e se a nossa consciência estiver também orientada para os outros, que também eles tenham e usufruam dessa vida feliz.

O Caminho Para Uma Vida Feliz

Entre o nosso querer e o realmente alcançarmos uma vida feliz, pode estar um imenso fosso. É um fosso cavado pelos nossos preconceitos, por desejos irreais e por tantas emoções e pensamentos descontrolados.

Um escritor chinês, traz-nos uma reflexão prática da vida, que tem também (curiosamente) cinco princípios para uma vida feliz:

Uma vez, o meu pai ensinou a mim e aos meus irmãos um poema:

Ele monta um cavalo e eu monto um burro;
Enquanto baixo a minha cabeça por me sentir inferior,
Quando olho para cima vejo homens a empurrar carroças,
Apesar de serem menores que uns, estão ainda melhor que muitos outros.

Este poema, apesar de simples e óbvio, tem um sentido e um significado mais profundo. Ele diz que as pessoas se devem contentar, pois aqueles que têm contentamento conseguem viver sem preocupações. Contudo, também sou da opinião de que a vida não deve ser apenas vivida em prole da nossa comida e roupa, mas sim em função de um propósito mais nobre. Cheguei à conclusão que as pessoas neste mundo devem trabalhar afincadamente e dedicar-se a empreendimentos com um espírito de luta que não aceita algo menor que o sucesso; por um lado, isto aumenta as oportunidades de emprego, e por outro, contribui para a sociedade e para o país. Tal não se relaciona tanto com o dinheiro que podemos vir a ganhar com o trabalho, mas o conseguirmos encontrar algum valor nessa profissão. Desta forma, empenhamo-nos para ajudar o mundo por meio da assistência social para o benefício das massas e para encorajar o progresso, a virtude e a harmonia.

Na minha opinião, a busca da felicidade na vida resume-se a estes pontos: 

1. Ter uma boa saúde.
2. Ter harmonia na família.
3. Trabalhar diligentemente.
4. Ter contentamento e ser grato.
5. Ajudar os outros e praticar o bem.

Wu Zunxian (1916 – 1999) – os setenta anos da minha vida

Realmente, tudo na nossa vida acaba por se resumir a pequenas coisas que se tornam pilares sólidos:

  1. O estar bem connosco e com os outros;
  2. A saúde;
  3. O contentamento pela vida;
  4. O trabalho esforçado por aquilo que é meritório;
  5. O realizar o bem.

E é isso mesmo que encontramos nos conceitos do Usui Reiki Ryoho que, segundo o Mestre Usui dizia, é a “Arte Secreta de Convidar a Felicidade”.

Não é secreta por ser algo de oculto ou difícil, ou apenas um segredo, mas sim por ser uma viagem interior.

Compreendemos este caminho para uma vida feliz através do entendimento e vivência dos cinco princípios.

São eles a bússola que nos leva a entender a harmonia que precisamos cultivar na vida, a confiança, a gratidão, a diligência no nosso esforço e a bondade que tudo permeia e que deve estar presente nos nossos pensamentos, palavras e ações.

O caminho para uma vida feliz é feito por valores universais e pode ser encontrado em todas as culturas. Para nós, praticantes de Reiki, temos a sorte de eles estarem explícitos no que devemos praticar. E só por hoje… vale a pena praticar.

1 thought on “O caminho para uma vida feliz”

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.