Os cinco princípios para a família podem ser apaziguadores

Qualquer família tem os seus momentos mais problemáticos, a não se que estejamos a ver um filme ou uma encenação de um vlog. É natural haver momentos de discórdia, mágoa e mesmo vontade de cisão.

Esses momentos são naturais pois a vida não é constante, nem hermética segundo o nosso desejo. Quando nos juntamos com alguém, são as nossas questões que se juntam às questões do outro e se surgem filhos, ainda essas questões serão adicionadas à equação. Por isso mesmo, é muito natural o sofrimento surgir. Ele emerge para ser tratado, mas como poderemos ter um outro olhar para auxiliar a família, segundo a prática de Reiki?

Os cinco princípios para a impermanência na família

Já vimos que o sofrimento emerge quando duas pessoas se juntam, isso é algo de absolutamente normal, mas também há algo de muito mais importante que está presente – o grande amor que as uniu.

Esse amor, poderá ser permanente, no entanto, há algo que precisa ser corrigido para que o sofrimento não se torne um caminho.

Dicas da prática de Reiki para a família

Um praticante de Reiki não é melhor que qualquer outra pessoa. Ele(a), sofre, fica doente, preocupa-se, irrita-se, esquece-se de agradecer, nem sempre é honesto ou diligente e algumas vezes esquece-se de ser bondoso. É uma pessoa absolutamente comum como qualquer outra pessoa, mas tem algumas ferramentas que podem auxiliar.

  1. Só por hoje

    Estar no momento presente no meio de uma tempestade, permite-te direcionar corretamente a tua energia. Não ficares preso às mágoas do passado ou àquilo que pensas ser o futuro. O momento presente poderá ajudar-te a compreender melhor as palavras e ações do outro.

  2. Sou calmo

    Manter a harmonia é ter entendimento. É saber que temos necessidade e que nem sempre conseguimos dar. Cultivar a calma é compreender o que é prioritário e o que é acessório, tudo tem o seu tempo.

  3. Confio

    Criar uma confiança mútua nem sempre é fácil, principalmente se não tivermos confiança em nós próprios. É muito importante escutar a nossa desconfiança e compreender de onde ela vem e o que quer realmente dizer.

  4. Sou grato

    Compreender as lições da vida. Agradecer por este momento de dificuldade que pode ajudar a crescer. Este agradecimento ajuda-nos a estar em maior serenidade e com menos peso.

  5. Trabalho honestamente

    Ser diligente em saber cuidar de mim, ajuda a ser diligente no cuidar do outro. Compreender as minhas necessidades poderá ajudar a compreender as necessidades do outro. A nossa felicidade é extraordinária se for partilhada e se soubermos criar formas de comunicação que sejam compreendidas por ambos. Rir é muitas vezes o melhor remédio, sem nos sentirmos gozados.

  6. Sou bondoso

    O carinho é algo de indispensável – ser carinhoso para connosco faz-nos muitas vezes ter um “tempero” necessário para compreendermos o carinho que precisamos do outro. Saber ser bondoso é uma arte, a tal que o Mestre Usui chamava de Arte Secreta de Convidar a Felicidade.

Sendo praticante de Reiki, podes ainda trabalhar o aspeto do autotratamento. Quando o conflito surge, em termos de energia, podemos estar com muitas “mágoas” ou agitações no Chakra Cardíaco, podemos não ter capacidade de nos mantermos no momento presente e o nosso poder pessoal boicotar a capacidade de lidar com as situações, então, poderás ainda fazer o seguinte:

  1. Enraiza-te – deixa a energia mais densa escoar e mantém-te no momento presente, não te deixes ir pelos pensamentos descontrolados;
  2. Fortalece-te – aplica Reiki no Chakra Raiz, para que sintas mais energia para te estruturares;
  3. Gere emoções – aplica Reiki no Chakra do Plexo Solar e Cardíaco, para que consigas equilibrar as emoções, com bondade. Verifica se não é necessário limpar a energia desses chakras;
  4. Centra-te no amor, o que é mais importante – o teu chakra cardíaco é o centro de todo o amor e integridade, mas também do desejo, do apego, da mágoa. Recentra-te nele, mas limpa-o primeiro, torna-o coerente com os teus pensamentos e lembra-te do que é mais importante na vida. Não é só o outro que tem que dar amor ou corresponder, também tu tens que dar e corresponder, os dois estarão em harmonia no dar e receber;
  5. Desintoxica-te – Se sentes que a tua energia está demasiado parada, então podes aplicar a técnica de desintoxicação pelo umbigo – Heso Chiryo, que te auxiliará nesse processo de desintoxicação energética.
  6. Cultiva o pensamento positivo – muito possivelmente os teus pensamentos tornaram-se um pouco mais “densos” e circulares. Observa bem a raiz desses pensamentos e muda-os com a técnica do pensamento positivo – Nentatsu Ho. Podes aplicar a técnica em conjunto com a anterior de desintoxicação e fá-lo durante cinco dias seguidos, no mínimo, mantendo sempre a mesma intenção e pensamento positivo;
  7. Envia Reiki – e porque não ajudar a situação limpando a sua energia através do envio de Reiki?
  8. Permite-te receber – quando a nossa mente começa a acelerar demais, começamo-nos a fechar perante as coisas boas na vida e uma delas é o receber. Permite-te receber e se vires que não está a ser fácil, vai mesmo receber Reiki ou procurar um aconselhamento profissional no campo médico.

Não existem soluções simples, fáceis e rápidas. Quando nos defrontamos com uma questão, vamos ter que a resolver. Quando mais pessoas estão envolvidas, todos terão que se envolver para a resolver.

Lembra-te de cultivar harmonia, confiança, lembrança das lições de vida, honestidade e bondade, para que tudo vá para um caminho correto. Por vezes a mágoa faz-nos dizer coisas que são um pouco duras e o amor ajuda-nos a encontrar as palavras corretas e a capacidade de corrigir o presente, cultivando um melhor futuro.

Podes aprofundar a prática da Filosofia de Vida no livro Reiki, Guia para Uma Vida Feliz.

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to dFlip 3D Flipbook Wordpress Help documentation.

O que fazer em tempo de emergência COVID-19
  • 21 dias de Prática e Renovação
  • Missão de cada praticante
  • Sentir mal ao enviar Reiki
  • Gerir a ansiedade
  • Cinco dias sem medo
  • Meditação para a Compaixão
  • Aplicar Reiki aos filhos
  • Reiki em animais
  • Responsabilidade, Respeito e Resiliência

  • O CENIF reabrirá a partir do dia 6 de Junho, mantendo todas as regras de segurança da DGS e seguindo passo a passo as indicações de desconfinamento e regresso à atividade.
    Segue o Podcast
    Outros Cursos
    Categorias de Artigos
    Recebe a newsletter

    Categorias
    Newsletter

    Comments
    All comments.
    Comments

    Deixe um comentário

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.