Aplicar Reiki em animais domésticos e de quinta

Aplicar Reiki em animais, quer sejam os caseiros quer aqueles que estejam na tua quinta ou propriedade, pode ser muito tocante.

Tanto pode ser uma prática que já fazes há muito tempo inconscientemente, como pode ser algo de absolutamente novo para ti e para eles também

A aplicação de Reiki em animais já conhecidos

Aqui ficam algumas dicas para a tua prática de Reiki em animais, numa primeira abordagem àqueles que já conheces

  1. Prepara-te

    Assim como nos humanos, também nos animais sentimos o byosen. Tem isso em atenção e lembra-te do enraizamento e do banho seco.

  2. Começa pela distância

    Podes já ter uma relação muito duradoura com o cão, gato, vaca ou galinha, mas quando deixamos fluir Reiki, toda a energia se altera. Se nunca antes aplicaste diretamente Reiki no animal, experimenta primeiro a uma certa distância e observa o seu comportamento.

  3. Toca

    Quando sentires que é confortável, no mesmo dia ou até noutro, apenas quando vires que o animal está confiante, toca.
    Não te preocupes tanto com as posições, mas sim com o byosen e com a posição na qual o animal se coloca para que as tuas mãos fluam Reiki para o seu corpo.
    Claro que existem posições que possam ser mais indicadas para determinadas condições, mas segue o fluxo da energia nas tuas abordagens.

  4. Sente onde é mais preciso

    O sentir é incrivelmente importante, pois aplicar Reiki num animal doméstico ou de quinta, pode ser uma experiência muito tocante e envolvente. Não falam, mas emanam o que sentem e para nós poderá haver um retorno inigualável.
    Aplica Reiki onde for mais preciso.

  5. Deixa o tempo fluir

    Não existe tempo para posições. Deixa a mão ou as mãos fluirem energia. O próprio animal muda a posição, a maioria das vezes, ou até pode mesmo ir-se embora, quando achar que para ele já terminou.
    É simples, apesar de desafiante.

Nota que existem cursos próprios para a aplicação de Reiki em Animais e também muitas diferenças em situações como canis e abrigos. Há que ter a preparação adequada para essas situações.

A minha aplicação mais longa de Reiki, continuamente, foi de 1h30 a um cão que necessitava de preparação para ser operado, num Hospital Veterinário.

Aconselha-te com profissionais experientes, antes de aplicares Reiki a animais que te desconheçam.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.