A missão dos praticantes de Reiki em tempos de emergência

A pandemia do COVID-19 obriga a grandes mudanças na sociedade. Cada vida é afetada por estas mudança e nós, praticantes de Reiki, apesar de estarmos em isolamento, temos ainda uma missão a cumprir.

A missão para cada praticante de Reiki, no seu nível, em tempos de emergência

Os praticantes de nível 2 e 3 de Reiki, poderão colaborar com envio de Reiki à distância através do grupo “Praticantes de Reiki Unidos Pela Cura do Mundo“. Os praticantes de nível 1 são também muito bem vindos. No grupo há meditações para auxiliar.

Em primeiro lugar a nossa missão é a de cuidar de nós próprios. Sabermos cumprir as regras de isolamento social ou de segurança, aplicar autotratamento regularmente, para que cada um de nós esteja com um pouco mais de energia, equilibrando a nossa saúde.

Vivenciar a nossa filosofia de vida. Perante tantas transformações drásticas na vida, manter a calma, a confiança, a gratidão, a diligência e a bondade. Levar estes princípios aos outros.

Manter a nossa harmonia familiar e coesão, é cada vez mais importante. Teremos que aprender a lidar uns com os outros, a saber estar, escutar, sentir. Não ser só eu ou só o outro, mas sermos nós – tratar da energia da família, cuidar dos familiares em casa. Levar também esta harmonia aos nossos utentes e alunos, se for o caso, continuar a apoiar remotamente.

Enviar Reiki, sem obrigatoriedade, mas com vontade. Para os que estão a trabalhar, para os que estão doentes. Para a energia da doença, para a energia da humanidade e do planeta.

Os que estão com mais prática no nível 2, 3 e 3B, realizar técnicas para a mudança da energia e uso dos símbolos para tratar a energia da doença. A prática do Usui Reiki Ryoho é apenas a da energia, não tem a ver com curas ou milagres, mas devemos diligentemente empenharmo-nos na mudança da energia.

As seguintes palavras do Mestre Usui esclarecem totalmente o nosso grande propósito:

O treino, de acordo com a lei natural deste mundo, desenvolve a espiritualidade humana.

Quando te convenceres que isto é verdade, o teu treino empenhado trará a unificação com o Universo.

As palavras que falas e as ações que tomas, tornam-se unas com o universo e trabalham sem esforço como o absoluto ilimitado.

Esta é a verdadeira natureza do ser humano.

Mikao Usui

Nível 1 de Reiki

  1. Praticar autotratamento;
  2. Vivenciar os cinco princípios;
  3. Manter a harmonia familiar;
  4. Enviar bons pensamentos e energia. Os praticantes de nível 1 não fazem o envio formal de Reiki, ou tratamentos à distância, no entanto, podem contribuir positivamente. Podes ler mais aqui…

Nível 2 de Reiki

  1. Praticar autotratamento;
  2. Vivenciar os cinco princípios;
  3. Manter a harmonia familiar e promover a harmonia mundial pelo envio de Reiki;
  4. Tomar consciência das suas questões a mudar e trabalhá-las;
  5. Enviar Reiki para os profissionais de saúde e todos aqueles que estão a trabalhar para que a nossa vida e sociedade possa continuar;
  6. Aplicar, caso tenha bastante experiência, a técnica Seiheki Chiryo à energia do vírus para mudança de comportamento;
  7. Enviar Reiki para os que estão doentes.

Nível 3 de Reiki

  1. Praticar autotratamento;
  2. Vivenciar os cinco princípios e transmiti-los também aos seus utentes por mensagem ou telefonem;
  3. Manter a harmonia familiar e promover a harmonia mundial pelo envio de Reiki;
  4. Tomar consciência das suas questões a mudar e trabalhá-las num plano consciente e terapêutico;
  5. Enviar Reiki para os profissionais de saúde e todos aqueles que estão a trabalhar para que a nossa vida e sociedade possa continuar;
  6. Aplicar a técnica Seiheki Chiryo à energia do vírus para mudança de comportamento;
  7. Enviar Reiki para os que estão doentes;
  8. Enviar Reiki, usando também o Honshazeshonen e Daikomyo para mudar a energia da doença. Usar o Seiheki para transformar a atitude do medo, inconsciência e maus hábitos sociais.

Nível 3B de Reiki

  1. Praticar autotratamento;
  2. Vivenciar os cinco princípios;
  3. Manter a harmonia familiar e promover a harmonia mundial pelo envio de Reiki;
  4. Tomar consciência das suas questões a mudar e trabalhá-las num plano consciente e terapêutico;
  5. Desenvolver cada vez mais a noção de ser mestre de si mesmo e a compaixão por todos, sem diferenciação;
  6. Acompanhar os seus utentes e alunos, continuar a prestar apoio remotamente;
  7. Enviar Reiki para os profissionais de saúde e todos aqueles que estão a trabalhar para que a nossa vida e sociedade possa continuar;
  8. Aplicar a técnica Seiheki Chiryo à energia do vírus para mudança de comportamento;
  9. Enviar Reiki para os que estão doentes;
  10. Enviar Reiki, usando também o Honshazeshonen e Daikomyo para mudar a energia da doença. Usar o Seiheki para transformar a atitude do medo, inconsciência e maus hábitos sociais;
  11. Enviar Reiki para a elevação da vibração de cada ser vivo.

A continuação da prática de Reiki pode trazer uma grande diferença para nós como indivíduos e para a sociedade da qual fazemos parte.

Só por hoje, vale a pena praticar. Tem força, coragem e harmonia. Ajuda os outros a manter a calma, a construir a sua autoconfiança, a desenvolver gratidão e entendimento, a serem diligentes na sua própria mudança e a manifestarem cada vez mais bondade.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.