Tratamentos de Reiki

Tratar a epilepsia com Reiki

A epilepsia pode afetar várias funções mentais e físicas da pessoa e quem tenha estas condições deve ser sempre acompanhado pelo médico. Na perspetiva da prática de Reiki, complementarmente, podemos ajudar com tratamento ou mesmo sendo a pessoa praticante, através do seu autocuidado.

A aplicação de Reiki para a epilepsia

Assim como o tratamento médico é personalizado, também a abordagem da prática o tem que ser.

Reiki aborda unicamente a energia da pessoa, mas para compreendermos como essa energia é gerada na pessoa e como ela a trabalha, por vezes temos que compreender hábitos, condições de vida, perspetivas, pensamentos e emoções.

O sentir da epilepsia é como se houvesse uma grande “carga eléctrica” acumulada, que não descarrega nem equaliza. Que movimentos da energia, que bloqueios surgiram, que sobrecargas (inflamações) aconteceram para que tal se manifestasse?

A pessoa está em tensão, ou relaxada e teve em tensão antes?

Como flui a energia pelo seu corpo?

Precisamos compreender o fluxo de energia da pessoa e também o tipo de energia que produz diariamente, através dos seus hábitos, pensamentos e emoções. Então, podemos depois tratar, seguindo passos como:

  1. Byosen

    Ter a percepção de como a energia flui em todo o corpo da pessoa.
    Sentir quais os bloqueios que se manifestam e a irradiação (byosen) de desequilíbrios que possa ter. Tudo deve ser equilibrado.

  2. Descarregar

    Para que o fluxo de energia seja constante, reciclado e revigorante para a pessoa, o “enraizamento” é necessário. Enraizamento é apenas um conceito para a mente compreender que deve “descarregar” deixando a energia fluir de cima para baixo.
    Podes aplicar Reiki no Chakra Raiz, ao longo da bacia e Cóccix, coxas, joelhos, canelas e pés.

  3. Equilíbrio emocional

    Trata a região abdominal, procurando tensões e equilibrar as mesmas. Atenção particular à zona energética do fígado.

  4. Tratamento local

    Depois de harmonizar as emoções, com o plexo solar e chakra cardíaco, vamos trabalhar a região da cabeça.
    Começa por aplicar Reiki nos ombros e depois nos pulmões.
    De seguida, lentamente, vai observando o byosen na cabeça, limpando os excessos e promovendo o escoamento de energia e o equilíbrio de toda a área.

Equilibrar a energia representa também o esforço que se faz para equalizar os pensamentos e emoções, assim como observar o stress exterior que a vida nos traz.

Sou Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.