O tratamento no pós cesariana com Reiki

Em algumas condições, o parto é realizado através de cesariana, um procedimento médico que tem vindo a auxiliar bastante a evitar complicações. No entanto, este é também um procedimento que envolve alguns desafios para a mulher.

Tudo o que é ato médico tem que ser tratado pelos médicos competentes, a prática de Reiki é apenas um auxiliar que vai apenas atuar no campo energético da pessoa.

Compreender como tratar no pós cesariana através da prática de Reiki

Apesar de ser um procedimento que evita complicações, traz também exigências na recuperação. Em algumas mulheres, uma sensação de corte e uma dor profunda como algo que se espeta, pode causar perturbações no seu bem-estar.

Outras sensações como se o interior tivesse ficado em tensão, a região do útero como se estivesse “confusa” ou até “suja”, podem ser também perturbantes. E claro, naturalmente, o lidar com todas as emoções e readaptações do corpo que agora está novamente sem uma nova vida lá dentro.

Este é um período em que a mãe precisa cuidar do bebé, mas não precisa esquecer-se de si. Gerir o envolvimento familiar em todo o processo é também importante, para que possa viver as suas experiências, ter aprendizagens próprias e sentir-se valorizada pelo esforço próprio e nuclear da família, ou seja, também o marido.

Estas são meramente posições alternativas, podes sempre fazer o tratamento ou autotratamento como aprendeste.

  1. Tratamento da cesariana

    Observa o byosen do local e mesmo de todo o corpo. Trata a sensação de dor aguda, removendo essa energia que está em memória.
    Aplica Reiki como se a energia fosse libertando essa sensação, ao mesmo tempo enchendo a “ferida” e auxiliando o corpo na cicatrização natural, até tudo voltar a “ser como era”.
    Podes também tratar o Chakra Raiz, Coxas, Joelhos e pés.

  2. Fluxo da energia

    Sente como a energia flui na pessoa. Ela pára na região abdominal?
    Auxilia a que flua por todo o corpo, como um rio interior.

  3. Trabalhar a retenção

    Procura perceber se a pessoa tem tido retenção de líquidos e mesmo de emoções. Se ela tem problemas digestivos ou excretórios. Além da aplicação, fazer também nos antebraços e coxas.

  4. Gestão emocional

    O parto, mesmo que por cesariana, poderá trazer alguns abalos à mulher ou até mesmo traumas. Eles devem ser avaliados e tratado, no campo da energia e o que for necessário, no campo médico.
    Auxilia também nessa digestão da energia emocional.

Para auxiliar mais na gestão emocional deste novo momento tão exigente, podemos também considerar os cinco princípios de Reiki, como por exemplo, que começam com uma entrega, um Só por hoje:

  1. Sou calmo: De que forma a vinda da criança me afetou emocionalmente, o que está a acontecer comigo, com o meu marido, com a família e amigos? Sinto demasiada presença? Sinto que não tenho capacidade? Todos os outros parecem ser melhores que eu? Ou seja, o que anda a retirar a minha harmonia e porque lhe dou valor?
  2. Confio: Dar uma nova vida é um projeto para a vida e não apenas um momento no nascimento, por isso não precisas preocupar-te. Como todos os projetos, requer tempo, amadurecimento, experiências e destas terás momentos em que vais tomar umas decisões boas e outra nem por isso, mas faz mesmo parte da vida e não tens que te castigar. Outras pessoas parecem ser mães naturalmente, isso é falso, não são e essa imagem pode ser muito prejudicial para ti, afundando a tua autoconfiança e autoestima. Cada um tem o seu próprio percurso e amor não se pesa aos kilos, mede em metros ou tem um volume. É algo que vais demonstrando em várias situações, por isso acredita em ti.
  3. Sou grato: Esta experiência se está a ser dura para ti, poderá ser incrivelmente instrutiva para outras pessoas. Há muitas mulheres a sentirem o mesmo e elas não falam porque têm medo de serem criticadas. Como é possível falhar uma foto no instagram de um momento tão especial como… Mas não será isso apenas o momento à espera do próximo momento especial? Muitas vezes essas ações apenas criam ansiedade e um sentimento de irrealidade. Vemos coisas tão maravilhosas de pessoas extraordinárias no Youtube e queremos ser como eles, mas na verdade temos que estar duas horas no trânsito, correr para deixar o bebé na cresce, stressar com o trabalho, comer rápido, ir ao médico, cuidar da casa e mesmo com ajuda, parece que nada diminui – o que isto quer dizer em relação às utopias que tanto vemos? Cada pessoa tem uma condição própria e a dureza das suas experiências trazem lições muito valiosas, pelas quais vale a pena agradecer.
  4. Trabalho honestamente: O que fazes é importante e de certeza que tudo o que fazes, mesmo que seja uma fralda mal colocada que depois vai fazer alguma sujidade cair para a roupa vem de uma só coisa – um amor em cuidar. São apenas situações, são apenas experiências. Se nos pesarmos com todas as más situações da vida, seriamos como os lemmings a saltar de penhascos. Deixa lá isso e aproveita a vida, nisso sim temos que ser diligentes.
  5. Sou bondoso: Chega um momento em que a maior bondade é dizer à família e amigos… dêem um tempo e espaço. Cuida de ti, está com o teu marido, vive o momento do choro, da fralda suja, mas também dos olhos a brilharem, do sorriso e de cada momento de crescimento que é possível observar. A vida não é uma corrida, é uma maratona na qual cada um vai ao seu passo.

No livro Reiki Guia do Método de Cura, poderás encontrar várias dicas práticas para tratamentos.

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.

1 thought on “O tratamento no pós cesariana com Reiki”

  1. Maria Teresinha da Cruz Lacerda

    Agradeço ao Sr João Magalhães e a tua equipe, pelos artigos, guardo todos, estou aprendendo cada vez mais. É excelente a didática, de fácil entendimento, direto ao ponto e sempre relembrando tópicos básicos. Namastê 🙌✨

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.