Três dicas para te tornares voluntário

Ser voluntário em terapia Reiki significa doar o tempo e saber em prol do próximo. É algo de muito comum no desejo de um praticante de Reiki, até mesmo logo ao iniciar a prática e é algo que trará uma grande felicidade, mas também alguns desafios.

Para se ser voluntário, tem que haver uma formação de coração, o que representa que devemos estar amadurecidos não só na prática, mas também no propósito e tempo de estar.

Três dicas e passos para seres voluntário

Autotratamento

O nosso voluntariado começa pela capacidade de termos vontade de praticar autotratamento. Isto quer dizer que precisamos construir um querer interior de cuidar e quando o sabemos dirigir para nós próprios, estamos capazes de também o dirigir a outros.

Consegues fazer 20 a 40 minutos de autotratamento? Este pode ser o primeiro passo para estares também 20, 40, 60 minutos a cuidar de alguém.

Cinco princípios

Os cinco princípios de Reiki ensinam-nos imenso sobre o voluntariado e como até lidar com algumas situações desafiantes.

Tudo começa com a atenção no momento presente – Só por hoje:

  1. Sou calmo

    Mantém a harmonia, a tua interior e sempre em relação ao utente, instituição e compromisso.

  2. Confio

    Acredita em ti mesmo, não esperes milagres, mas dedica-te ao que fazes com todo o empenho. “Confia no universo que o universo confia em ti”, foi uma valiosa lição do Mestre Usui.

  3. Sou grato

    Compreende o que cada sessão te traz, que desafios e lições te preenchem. Irá ajudar-te a crescer muito e ajudar ainda mais os outros.

  4. Trabalho honestamente

    Compromete-te e cumpre o teu compromisso.

  5. Sou bondoso

    Dá o que também soubeste cultivar em ti mesmo.

Os cinco princípios são extraordinários e ajudam-nos a compreender como vivenciarmos harmoniosamente a nossa prática.

Tratar familiares e amigos continuamente

Uma boa forma de experimentares a tua resiliência a tratar os outros é através do voluntariado a familiares e/ou amigos.

Experimenta combinar com um familiar ou amigo tratares dele durante um mês, uma vez por semana. Correu tudo bem?

Experimenta alargar o período de tempo para dois meses e três meses. Conseguiste?

Se foi tranquilo para ti praticar todas as semanas à mesma pessoa durante três meses, então podes estar com a vontade bem trabalhada para realizares voluntariado. Vamos a isso?

Podes ler mais sobre o voluntariado em Reiki Guia para Uma Vida Feliz.

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.

Inscreve-te na Associação Portuguesa de Reiki e desenvolve a tua prática e espírito de doação através do voluntariado.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.