Estudo em Tel Aviv indica que plantas que sofrem stress emitem som

Um estudo realizado por investigadores em Tel Aviv constata que as plantas com stress emitem sons. O trabalho é intitulado “Plants emit informative airborne sounds under stress”.

Plantas com stress mostram fenótipos alterados incluindo mudanças de cor, cheiro e forma. No entanto, a possibilidade de que as plantas emitam sons no ar quando em stress, da mesma forma que muitos animais, não foi investigada. Aqui mostramos, pelo que sabemos pela primeira vez, que as plantas com stress emitem sons aéreos que podem ser gravados remotamente, tanto em câmaras acústicas quanto em estufas. Registamos 65 dBSPL sons ultrasónicos a 10 cm de plantas de tomate e tabaco, o que implica que esses sons podem ser detectados por alguns organismos a vários metros de distância.

Desenvolvemos modelos de aprendizado de máquina capazes de distinguir sons de plantas e ruídos gerais e identificar as condições das plantas – secas, cortadas ou intactas – com base apenas nos sons emitidos. Nossos resultados sugerem que animais, humanos e, possivelmente, até outras plantas, poderiam usar sons emitidos por uma planta para obter informações sobre a condição da planta.

Uma investigação mais aprofundada sobre bio-acústica de plantas em geral e sobre a emissão sonora de plantas em particular pode abrir novos caminhos para entender as plantas e suas interações com o meio ambiente, além de ter um impacto significativo na agricultura.

Itzhak Khait, investigador – Plants emit informative airborne sounds under stress

Nós, praticantes de Reiki, precisamos ter cada vez mais a consciência de que pertencemos a algo vivo e que estamos num planeta vivo, que requer também o seu cuidado e atenção.

Esta ideia não é para cair em fundamentalismos, mas sim para o entendimento das tomadas de consciência corretas que necessitamos ir cultivando no nosso dia-a-dia, na comunidade e na sociedade em que estamos inseridos.

Na nossa prática, temos várias formas de o fazer, incluindo o tratamento de plantas, árvores e claro, animais.

Fonte: Biorxiv – the preprint server for biology

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.