Tumor de Wilms e como auxiliar com Reiki

Infelizmente, o tumor de Wilms desenvolve-se em crianças, principalmente recém-nascidos e é uma doença que deve ter sempre um grande acompanhamento médico.

Para auxiliar a criança e os pais, podemos usar algumas técnicas de Reiki para o alívio da dor e sofrimento. Reiki deve ser unicamente aplicado como prática complementar.

Aplicar Reiki para os efeitos do tumor de Wilms

O Usui Reiki Ryoho observa qualquer questão sempre da perspetiva da energia e não da sua componente física. Quando observamos uma doença como o tumor de Wilms procuramos o byosen, ou seja, a irradiação do desequilíbrio e desarmonia, que possa estar a ser desenvolvido na criança.

Tratar uma criança é diferente de tratar um adulto. Nem sempre fica quieta e o tempo poderá também ser diferente, por isso não te preocupes, será o tempo que houver disponível e que a criança queira, pouco é sempre melhor que nada.

  1. A percepção

    De uma forma muito tranquila, tenta sentir ao longo do corpo da criança, onde se possa estar a formar byosen, principalmente piquinhos ou algo que seja diferente de calor.

  2. Tratamento no abdómen

    A região abdominal (frente e/ou costas) pode ser usada para tratar a energia dos rins, fígado e plexo solar. A energia dos rins em desequilíbrio podem trazer-nos fraqueza; A energia do fígado poderá trazer hipersensibilidade e irritação; A energia do plexo solar poderá trazer incapacidade de gestão emocional. Então é uma zona bastante importante a ser tratada.

  3. Bacia, pernas e pés

    Nesta região encontra-se o chakra raiz, que é muito importante para o nosso “suporte” de vida energética. Na medida do possível trata principalmente a bacia e os joelhos. Se for possível é mesmo tratar toda a região – bacia, pernas, joelhos e pés.

  4. Cabeça se possível

    Nem sempre conseguimos tratar a cabeça de uma criança, pelo seu movimento, mas se ela deixar, então tratar um pouco para lhe trazer tranquilidade à mente. Caso exista algum byosen irregular, deve-se limpar e tratar.

Reiki não é para ser tortura para a criança, mas um momento de relaxamento e tranquilidade. Por isso não insistas em tempo ou em posições que possam ser desconfortáveis.

Usando o Super Reikinho, talvez possa também ajudar a criança a distrair-se.

Apoio aos pais que acompanham uma criança com tumor de Wilms

Os cuidadores e pais são uma parte muito importante na recuperação e bem-estar de uma criança. Se eles estiverem em equilíbrio, tudo tem mais força, resiliência e as questões que se vão apresentando serão sempre encaradas de uma forma mais positiva e sólida.

Estas doenças poderão ser bastante desgastantes, pelo que o acompanhamento de um profissional de saúde para apoio psicológico poderá ser importante em alguns dos casos. Nunca devemos nos esquecer de saber pedir ajuda, não é sinal de fraqueza, é sinal de sabedoria.

Através da prática de Reiki, poderá ser interessante três aspectos:

  1. A filosofia de vida;
  2. O autotratamento;
  3. Receber Reiki.

Pela filosofia de vida temos a prática dos cinco princípios que nos ajudam a acalmar, regressar ao nosso centro e refletir sobre os valores universais que mais são importantes na vida:

Só por hoje, sou calmo; Confio; Sou grato; Trabalho honestamente; Sou bondoso.

Através do autotratamento, podemos regular e auxiliar a nossa gestão emocional e todo o potencial desequilíbrio energético que possamos sentir.

Receber Reiki pode ser uma parte fundamental no processo, pois é também um momento em que nos entregamos para sermos cuidados. Os cuidadores têm uma missão muito difícil, que por vezes traz exaustão. Mantendo-se em equilíbrio, mais facilmente poderão cumprir esse papel tão importante.

Pais e crianças podem receber Reiki na forma de voluntariado através da Associação Portuguesa de Reiki. Poderão enviar um email para info@montekurama.org para mais informações.

Associação Portuguesa de Reiki

Outros Cursos
Categorias de Artigos
Recebe a newsletter

Newsletter

Comments
All comments.
Comments

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.