Sobre os símbolos de Reiki

O Mestre Hiroshi Doi, um dos membros da Usui Reiki Ryoho Gakkai e fundador do Gendai Reiki Ho, ou Método Moderno de Reiki. O seu percurso com a prática de Reiki foi através da Mestre Mitsui que ensinava a “Radiance Technique” de Barbara Ray (aluna de Takata entre 1970 e 1980). No entanto, no seu percurso, descobriu que a prática de tratamento pelas mãos (Teate) que aprendeu com o Mestre Ohta, tinha como origem os ensinamentos do Mestre Sasaki, membro principal da filial de Hiroshima da Usui Reiki Ryoho Gakkai. Assim, ele continuou o seu percurso recebendo Reiju da Mestre Koyama e também aprendeu o sistema ocidental que se chama Neo Reiki, de um mestre indiano em Tóquio.

Perante esta aprendizagem eclética, quer ocidental, quer tradicional japonesa, o Mestre Hiroshi Doi criou o método que auxiliou a aproximar a cultura japonesa a uma prática mais contemporânea. Neste sentido, qual é a sua perspetiva sobre os símbolos de Reiki?

Os Símbolos de Reiki ontem e hoje

Uma das histórias que se conta é que o Mestre Usui intuiu os símbolos quando teve a percepção de Reiki no Monte Kurama, mas na verdade, tal não aconteceu. Não temos um tempo exato nem aproximado do surgimento dos símbolos de Reiki na prática, mas sabemos que alguns dos seus alunos iniciais não os aprenderam e no entanto progrediam pelos níveis de aprendizagem.

O surgimento dos símbolos tem uma razão de ser – o entendimento das várias formas de trabalhar a energia e as suas frequências.

Hiroshi Doi, sobre este tema diz:

Os símbolos tornam o uso de Reiki bastante amplo… Os símbolos são bastante intensos e têm as suas próprias forças. No entanto, são apenas símbolos, nada divinos ou sagrados. O seu uso é o da ligação às vibrações mais elevadas do Universo.

Hiroshi Doi

Reconhecendo que os símbolos representam frequências distintas da energia, percebemos que cada um deles tem um valor, uma força ou mesmo como se diz em japonês “um poder”, mas que tudo isto nada tem a ver com um aspecto divino ou sagrado, pois é uma força da própria energia vital. É um conceito estranho, mas praticando consegue-se compreender isso mesmo, sem cair num campo de tentativa de explicação religiosa ou de associação espiritual.

Mais ainda, o Mestre Doi diz:

Quando os teus sentidos estiverem elevados o suficiente para conhecer ou sentir as vibrações e tu mesmo estiveres a vibrar com a Energia Universal Reiki, então não mais irás precisar dos símbolos. Acabarás por “adorar” apenas as imagens, se não o fizeres, e não a realidade. Experimenta deixar de desenhar ou usar os símbolos quando tiveres desenvolvido a capacidade de os usar bem. Nesse sentido, podes ligar-te às Grandes Vibrações do Universo, pelo pensamento ou mente (mente/coração).

Hiroshi Doi

Então parece contraditório, mas porque aprendemos símbolos se é para deixar de os usar?

Quando aprendemos a desenhar, tentamos começar pelos conceitos básicos da simplificação da forma, a luz, a tridimensionalidade na representação bidimensional. Quando aprofundamos, trabalhamos a simplificação do que vemos e a acentuação, depois, começamos a colocar uma interpretação própria, até que passamos a expressar o que queremos representar de uma forma própria, mas que poderá transmitir esse mesmo sentimento a outra pessoa que conseguirá interpretar, não sendo algo tão óbvio quanto seria de esperar.

Da mesma forma, aprendemos os símbolos para praticar, treinar os vários aspectos que nos levam a entender a energia. Quando compreendemos verdadeiramente o que eles representam, “apenas” usamos a energia em sua total amplitude.

Agora, não podemos ler estas palavras e pensar que é num dia, numa semana, ou em poucos anos que esta compreensão chega. Demora o seu tempo e numa prática constante. Observa a tua vida e verifica que se não demoraste anos a compreender coisas que afinal hoje consideras simples… há alturas em que nem conseguimos compreender a vida, quando esta está já no seu fim.

Por isso mesmo, não corras para usar o Chokurei como “proteção”, ele não irá “proteger” se tu tiveres esse medo interior, mas a sua energia pode dar força, se tu também te reforçares. Assim como de pouco serve criar novos símbolos, se não se compreendem os que existem originalmente.

A prática de Reiki é profunda, ela tem um propósito.

2 thoughts on “Sobre os símbolos de Reiki”

  1. Eu tenho o segundo nível de Reiki, e não sinto necessidade de usar os símbolos! Será que devo usá-los? Obrigada João.

    1. Olá Sameiro,
      em primeiro lugar estará sempre a energia, os símbolos, vai praticando para ires até testando algumas situações de autotratamento e tratamento a outros. Eles são formas de compreendermos a totalidade da energia. Por isso, está à vontade.
      Tudo de bom e muito obrigado!!!

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.