O que nos faz ter uma má percepção da realidade

Apesar de termos raciocínio, nem sempre isso nos afasta de ter uma má percepção da realidade. As tendências negativas que deixamos emergir em nós, como o egotismo, a ganância, apego e cobardia, podem levar-nos a ter uma distorção da realidade, o que resultará em reações prejudiciais para nós e para os outros.

Podemos dizer que quando estas tendências se fixam no nosso pensamento e emoções, estamos a beber do mais perigoso veneno.

A percepção da realidade – como transformar o veneno em nós

Se todos temos uma educação escolar semelhante, porque a nossa percepção da realidade não é também semelhante, positiva e construtiva?

Como observadores inatos, absorvemos o que vemos e tudo isso pode levar-nos por caminhos muito díspares. Se não tivermos bases fortes na nossa vida que nos ancorem à dignidade e ao respeito por tudo, poderemos ter uma visão da vida bastante distorcida. Pelo contrário, estando fundados na dignidade e respeito, abraçamos a vida com confiança, que desperta em nós a sabedoria, coragem e compaixão.

Quando a tua mente gera um ciclo de pensamentos negativos, também emoções negativas são despoletadas. Aquilo que nos pareceria ser um mau momento pode até degenerar numa fase depressiva.

Para contrariar este tipo de ciclos, precisamos mesmo cultivar hábitos saudáveis que não se ficam apenas pela comida ou exercício físico, mas também por uma higiene mental, emocional e energética.

Cultivar a sabedoria dá-te a capacidade de tomar as escolhas mais sensatas ao longo dos vários caminhos que te vão surgindo. A sabedoria apenas surge com a experiência de vida e com o seguir de valores construtivos.

A coragem traz-te a capacidade de lidar, encarar as situações. Traz-nos a força interior com que sabemos ser possível ultrapassar o estado em que estamos.

Por fim, a compaixão enriquece-nos por nos levar além de nós próprios, indo na direção do outro e do seu sofrimento. A compaixão traz-nos o entendimento de que o sofrimento existe em nós e nos outros e que não faz sentido perdurar num caminho que apenas agudiza esse estado.

Cinco princípios para ultrapassar a má percepção da realidade

Podemos até encontrar nos cinco princípios as dicas valiosas para largarmos uma má percepção da realidade e cultivarmos algo de bom na vida, gerando sabedoria, coragem e compaixão.

  1. Sabedoria

    A sabedoria surge quando começamos a adquirir tempo e espaço interior, ou seja, quando praticamos o Só por hoje, sou calmo. Isto significa que estamos a cultivar harmonia entre os nossos pensamentos, emoções e a ter capacidade de os gerir. A calma é fundamental para uma percepção clara da vida. Só por hoje, sou grato, traz-nos também o entendimento da vida e das nossas ações. É uma revisão do que fazemos e de como agimos, da forma como estamos a viver e como a vida se manifesta para nós.

  2. Coragem

    A nossa força interior é muito importante para uma vida sólida e equilibrada, encontramos a expressão da coragem em Só por hoje confio e Só por hoje, trabalho honestamente.
    Aprender a confiar em nós próprios é saber que conseguimos lidar com as situações e que o trabalho honesto que fizermos em tudo na vida, nos irá guiar para o nosso melhor caminho.

  3. Compaixão

    Só por hoje, sou bondoso é uma clara orientação para o entendimento do sofrimento, sabendo que tanto devemos cuidar de nós, como cuidar dos outros. Responder ao sofrimento com sofrimento, apenas trará mais sofrimento.

Se nos observarmos compreendemos que somos plenos de recursos, que temos em nós um excelente terreno para crescer o que há de mais maravilhoso na humanidade. A má percepção da realidade é algo que surge algures na vida, a todos nós, pelas mais diversas razões trazidas pelo nosso egotismo, ganância, apego ou mesmo cobardia. Felizmente, para todas as más condições, existem remédios saudáveis que nos fazem crescer sabedoria, coragem e compaixão.

Aquilo que antes era apenas um desejo de vitória para nós, pode tornar-se num desejo de bem comum, o que seria um medo de uma situação, pode tornar-se numa força para continuar. Tudo está em nós e de nós pode ser também transmitido aos outros.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.