A energia nas reuniões de trabalho e como a gerir

A energia nas reuniões de trabalho costuma ser, por vezes, bastante difícil de “digerir“. Desde causar um cansaço desmesurado até mesmo algumas reações emocionais que depois se refletem no corpo físico.

O Mestre Usui indicava que “Tudo no Universo possui Reiki, sem exceção alguma”, ou seja, que tudo é energia e, por isso mesmo, como será a energia nas reunião de trabalho e como a poderemos melhorar?

Como a prática de Reiki te pode ajudar com a energia nas reuniões de trabalho

A energia nas reuniões de trabalho está dependente de quem nelas participa e até do próprio ambiente onde é inserida.

Assim, as reuniões deviam ter todas um propósito claro, uma intenção explícita. Para nós, praticantes de Reiki, deve haver uma atenção especial aos cinco princípios. Mesmo que o tema seja o mais comercial e vital para a sobrevivência financeira da empresa e dos seus empregados, os cinco princípios de Reiki nunca deviam ser esquecidos.

Os cinco princípios para a energia nas reuniões de trabalho

Só por hoje traz-nos o ensinamento que precisamos estar com a atenção plena ao que é feito na reunião, se estivermos a pensar noutras coisas, iremos perder energia. O foco é uma forma de conservarmos energia.

Devemos cultivar a harmonia (1º princípio) entre todos e os objetivos da empresa, sem harmonia, apenas existe tensão e nada resiste enquanto há tensão.

Depois, devemos cultivar a confiança entre todos e não perder a nossa autocofiança.

Lembrar-nos sempre da gratidão, pois esta implica o respeito entre todos e o entendimento que é através do trabalho que temos também acesso a bens para a nossa sobrevivência.

A diligência numa reunião de trabalho é importante pois ela pede-nos para que se seja focado e expedito em resolver as questões.

O quinto princípio implica a bondade, o que significa que o que fizermos terá que ser para o bem comum e toda a reunião deve também decorrer com cordialidade.

O ambiente favorável para a energia nas reuniões de trabalho

Sobre o ambiente da reunião de trabalho, este devia ser arejado, para que a energia pudesse circular e não se estagnasse, causando mais pressão sobre os que nela participam. É por isso mesmo que algumas pessoas começam a ficar com sonolência e tal não é causado pelo aborrecimento, é uma espécie de sonolência muito forte e quase inevitável. Por vezes, o que acontece é que a pessoa está a “digerir” a energia, reciclando-a e isso traz cansaço e sonolência.

Lembra-te também que os tipos de pensamentos que são produzidos numa reunião de trabalho, produzem atmosfera, ou seja, é criada uma energia envolvente – bons pensamentos, boa energia; maus pensamentos, má energia.

A preparação e o que fazer no final da reunião

Antes de uma reunião, medita um pouco proporcionando-te uma mente vazia. Poderás fazer apenas em 2 minutos e, se assim quiseres, também o banho seco. Lembra-te do enraizamento para estares centrado e te ajudar a escoar a energia. Podes também enviar Reiki para que todos estejam em harmonia e sejam eficientes na reunião.

Todas estas dicas poderás também fazer no final de uma reunião. Se houve algo que te perturbou, toma nota e observa o que há a fazer em termos de gestão emocional. A sobrecarga emocional pode levar-te a ter sintomas físicos, como ir à casa de banho ou até mesmo a adoecer. Se achares que o problema está no plexo solar, podes também tapá-lo durante a reunião, com as mãos, ou apenas usando uma mão.

Pensando nestes vários conceitos, podemos perceber que a filosofia e prática de Reiki podem auxiliar bastante no progresso até da vida empresarial, não custa nada, basta praticar.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.