Como aliviar a pressão interior com a prática de Reiki

Quando sentes que estás demasiado cheio, com muita pressão, que não te consegues virar para dentro ou estar momentos sem pensar, descontraído, poderás estar a acumular pressão interior.

A pressão interior é uma forma de stress que irá criar desequilíbrio e desarmonia, que muitas vezes se manifesta em condições físicas debilitantes.

Através da prática de Reiki podes reduzir essa pressão interior, mas será também necessária uma mudança de vida para que ela não retorne.

Aliviar a pressão interior com a prática de Reiki

A pressão interior surge de várias condições. Poderás ter demasiada pressão exterior, que é quase ininterrupta e, por muito forte que sejas, se ela permanecer durante muito tempo, poderás vergar. Podes ter também um excesso de pensamentos e emoções que te levam a uma incapacidade de gerir a harmonia interior e o escoamento necessário do “lixo tóxico” dos nossos pensamentos comuns. Poderás ainda ter um desejo inconsciente pelo controlo e isso fará com que aprendas uma lição muito dura na vida – na verdade, nada controlamos.

Mas como podes trabalhar e aliviar a pressão interior através da prática de Reiki?

  1. Parar

    Em primeiro lugar precisas mesmo ter a consciência que é necessário parar. Isto significa que se tens o fim-de-semana livre tens mesmo que parar, deixa a limpeza para depois, as mil e uma tarefas para qualquer outro momento, em primeiro lugar tens que estar tu, este é um estado de emergência e precisas de parar a tua mente.
    Cessa por completo os estímulos, principalmente aqueles que te causam a pressão interior.

  2. Refletir

    O que te tem causado pressão interior?
    O que realmente te afasta da tua harmonia?
    Não tens confiança em ti para resolver a questão ou perdeste a confiança nos outros porque?
    Que lições há a aprender com isto?
    De que forma estás genuinamente a tentar melhorar a situação?
    Será que estás a ser bondoso para contigo e para com todos nesta questão? Mesmo que outros te estejam a magoar, se não fores bondoso, continuarás ligado à situação e a essas pessoas.

  3. Esvaziar

    Medita.
    Começa por fazer algo tão simples como a meditação para a mente vazia, compreender a mecânica dos teus pensamentos e permite-te repousar em silêncio. A mente é tua.

  4. Preencher

    Este é o momento de cuidares de ti.
    Recebe sessões de Reiki e quando te sentires mais equilibrado, começa a aplicar o teu autotratamento.
    Preenche-te também com amigos genuínos, com a tua “tribo”, a alegria irá ajudar a tratar muita coisa e o sentido de pertença dará força para continuares.
    Permite-te ser amado e também amar, ajudará a colar todas as peças e a trazer mais sentido à vida. O amor não se fica por aquele que se tem a pessoas, mas também à própria vida.

  5. Mudar

    Depois de tratarmos a nossa pressão interior, precisamos aprofundar a consciência que temos sobre a questão ou questões da nossa vida. Esse é o desafio que te proponho de seguida.

Pratica meditação regularmente.

Como fazer a mudança de vida para evitar a pressão interior

Sabemos, através dos conceitos da prática de Reiki, que não basta apenas tratarmos uma situação, se ela nos afetou, isso significa que existe uma fragilidade em nós, assim, precisamos resolver o que em nós apela à mudança.

As mudanças que precisamos fazer na vida, para evitar a continuação ou ressurgimento da pressão interior, não passam por atitudes radicais. Há quem pense, no imediato, mudar de emprego, separar-se, fugir para férias. São soluções de curto prazo e de muito curta duração nos seus efeitos, podendo vir a trazer condições frágeis ainda mais destruturantes.

“A Lei Natural do Grande Universo e cada espírito humano, como pequeno universo, devem ser constantemente unidos, existindo como um”.

O Mestre Usui trouxe-nos algo de muito sábio que é a harmonia na nossa vida, o compreender que precisamos estar em perfeita sintonia com o universo, ou seja, a vida.

Se considerássemos que a nossa vida é como uma sinfonia, será que existiam instrumentos desafinados, ou músicos fora do tempo, será que estaremos a dirigir corretamente a nossa vida, criando harmonia entre todos e uma verdadeira “sinfonia” de vida?

Tendo isto em conta, reflete sobre as tuas questões de vida, pensa em como lhes poderás levar harmonia. Assume a responsabilidade de “maestro” da tua vida e não coloques as culpas nos outros. Não podes controlar tudo, mas podes sim permitir que tudo coexista em ti, pacificamente.

O que te dizem os cinco princípios?

A pressão interior é verdadeiramente perigosa, podem levar-te a estados depressivos e a situações limite. Observa, trata e muda enquanto tens a capacidade para isso, pede ajuda profissonal.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.