Cultivar Gratidão – Cinco dias para renovação

A harmonia e a confiança são pilares essenciais para renovarmos a vida. Através deles compreendemos que na vida necessitamos de paz e felicidade, mas não só nós, mas também aqueles que nos rodeiam. Essa paz e felicidade flui entre todos através da confiança.

A gratidão é o próximo passo, ela significa reconhecimento, desapego, entrega e valorização.

Porque cultivar a gratidão é importante e como o fazer com a prática de Reiki

Agradecer implica reconhecer.

Ao agradecer, identificamos as coisas boas que nos surgem na vida, mas o agradecimento deve também ser feito àquelas coisas que não nos parecem tão boas.

Quando algo que não é bom surge na nossa vida, poderemos retirar uma lição sobre esse acontecimento. Claro que não conseguimos perceber qual a gratidão por uma doença terminal, mas talvez possamos entender o sentido da vida ou até a transformação que a doença de uma pessoa poderá trazer a outras.

Ao agradecermos as coisas que não são boas, começamos um processo de desapego, ou seja, não ficamos agarrados àquelas coisas que nos trazem sofrimento e que, muito possivelmente, já não fazem qualquer sentido à nossa vida, apesar de a elas estarmos apegados.

A prática de Reiki para cultivar a gratidão

Vamos trabalhar os conceitos da Arte Secreta de Convidar a Felicidade, ou seja, o devermos ser capazes de nos esvaziarmos de algo que não está bom, para nos podermos preencher daquilo que verdadeiramente precisamos.

  1. Esvaziar

    A melhor forma de esvaziares é meditares, ou seja, entregares-te a um momento de foco onde a tua mente possa serenar a sua produtividade. Podes praticar meditação também a caminhar, não é exclusivo de uma prática sentada.
    Por isso mesmo, dedica-te a cultivar um hábito meditativo na tua vida, para ires descarregando as imensas produções da tua mente.
    Mais vale cinco minutos de meditação genuína que cinquenta minutos de esforço sem foco.

  2. Preencher

    Num local onde te sintas bem, coloca as mãos em gassho, ou com as palmas viradas para cima, ou mesmo com os braços abertos como se quisesses abraçar a vida e sente gratidão.
    Pensa uma coisa de cada vez que te traga um sentimento de gratidão.
    Sente essa gratidão no centro do teu coração e na tua mente também.
    Imagina essa energia a ser irradiada para todo o teu corpo e para tudo o que te rodeia.
    Quando quiseres, leva o pensamento a algo que não tenha corrido bem e tenta compreender que lição te trouxe. Traz gratidão a esse ensinamento e experimenta fazer também o exercício anterior.

Cultivar a gratidão na nossa vida traz-nos uma incrível liberdade. Se estás num momento de renovação, agradece, verás como faz sentido.

Podes ler mais sobre as práticas meditativas no livro Reiki, Meditação e Consciência.

Categorias de Artigos
Recebe a newsletter

Newsletter

Comments
All comments.
Comments

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.