Meditação,  Reiki, Meditação e Consciência

Meditar é a solução mesmo não sendo a Solução

Há coisas na vida que nos levam por um bom caminho, são orientadoras e fortificantes, ajudam-nos a viver melhor e até a saber viver. Uma dessas coisas é meditar e nós, praticantes de Reiki, devemos fazê-lo pois é um dos elementos estruturantes do Usui Reiki Ryoho.

Porque meditar nos pode levar a soluções?

Todos os dias criamos condições para nos preocuparmos, para estarmos mais cansados e, por vezes, mesmo saturados da vida. Só conseguimos descansar em frente à televisão e nem sempre procuramos o ar livre, onde até Reiki está presente com maior intensidade, para nos restabelecermos e revitalizarmos. Por vezes, mesmo indo para o ar livre, inundamo-nos de atividades que nos geram também mais pensamentos e a mente parece nunca descansar verdadeiramente.

Quando isto acontece, devemos meditar.

Mas porque meditar nos pode levar a algum lado, principalmente se estamos de cabeça cheia?

Porque a pratica meditativa é um ato de higiene mental.

Ao limparmos e treinarmos a mente, descobrimos que também as nossas emoções deixam de ser descontroladas, que temos uma maior percepção de nós mesmos e das nossas necessidades, aprendemos a relevar e a dar importância ao que é importante. Ao meditar, encontramos a paz interior, aquela que nos permite estar bem connosco. Apenas sentar é saber estar.

Então como podemos meditar em casa?

  1. Criar um espaço

    O espaço para meditar é importante, não pelas coisas que lá estejam, pois podemos meditar em qualquer lado, mas sim pelo conforto que te possa proporcionar. Se estiveres num espaço onde te sentes bem e seguro para te entregares, tudo poderá ser mais simples.
    Escolhe uma cadeira confortável ou uma boa almofada para te sentares, ou mesmo o teu banco de meditação.
    Há quem goste de acender uma vela e incenso para criar ambiente, mas tudo depende de pessoa para pessoa, poderás fazer o que entenderes, para que tenhas um espaço para meditar.

  2. Criar um tempo

    O mais difícil poderá ser criar o tempo para meditar. Muitas vezes não é uma questão de tempo, mas sim de disponibilidade. Que disponibilidade achas que tens para realizar meditação?

  3. Entregar

    Se tens o teu espaço e o teu tempo, então entrega-te. Cria uma intenção para a tua prática e, em 5, 10, 15 minutos, simplesmente entrega-te à meditação.
    É mais simples do que parece e sem dúvida que tu consegues.
    Quando meditas, estás também a dizer “eu sei cuidar de mim mesmo”, “eu entrego-me a mim mesmo” e isso é algo que ajuda a construir a autoestima.

Meditar pode mesmo ser uma solução para inúmeras das tuas questões de vida. Claro que não é a meditar que resolves a ação das questões, mas é através da prática que clareias a mente, dissolves as emoções descontroladas e do teu centro, encontras a Solução.

Não é algo que se alcance num dia, por vezes nem num ano ou em anos, mas quando se sente que realmente é por aqui… então temos um novo caminho que se torna mais firme e seguro, um caminho que nos leva a uma vida mais pacífica e feliz.

Poderás trabalhar os vários aspetos para meditar através do livro Reiki, Meditação e Consciência, que tem também um CD áudio.

Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.