Como lidar com problemas do passado através da prática de Reiki

Alguns problemas do passado parecem estar demasiado enraizados em nós. Essas raizes trazem-nos a sensação de serem uma espécie de âncoras que apenas nos relembram do sofrimento que passados e que, de certa forma, nos continuam a manter nesse momento.

Lidar com problemas do passado pode não ser simples, mas Reiki pode dar-te outra perspetiva

Passado, presente e futuro são condições que fazem parte da nossa vida, são tempo, mas de que forma queremos passar o tempo que vivemos?

Se não soubermos lidar com problemas do passado, por uma questão de apego, como poderemos querer viver de uma forma melhor? Se tudo continuar como sempre foi, como poderão esses problemas serem compreendidos e evitados no futuro?

Dicas para lidar com os problemas do passado

Partilho contigo cinco formas de abordares, através da prática de Reiki, as tuas questões do passado e como as trabalhares.

  1. Refletir com os cinco princípios de Reiki

    Os cinco princípios são como cinco pilares para a vida de qualquer praticante de Reiki. Se assim é, porque não nos ligamos mais vezes ao que representam para avaliar as questões da nossa vida?

  2. Inspiração através dos poemas do Imperador Meiji

    Aprender a lidar com problemas do passado pode requerer novas perspetivas, outros pontos de vista que nem sempre conseguimos perceber. Então, porque não procurares inspiração num poema do Imperador Meiji?
    Experimenta, no silêncio da tua mente, colocar a tua questão.
    Abre numa página à sorte, no livro de Reiki Guia Para Uma Vida Feliz, que contém os 125 poemas do Imperador Meiji, e reflete sobre o poema que te calhou.
    O que ele te quer dizer?
    Que perspetiva tu podes ter sobre a tua questão e os teus problemas?

  3. Enviar Reiki para a situação

    Se tens em mente os teus problemas do passado, então porque não enviares Reiki para eles?
    Experimenta ter uma caixinha só para esses problemas. Coloca em cada papel um problema, desenhando os três símbolos. Deixa fluir Reiki, para a harmonia desses problemas. Pratica assiduamente.
    Ou se quiseres, de uma forma ainda mais consciente, envia Reiki para cada um dos problemas, um de cada vez. Será uma grande prova de desapego e entendimento.

  4. Mudar o hábito

    Se consegues identificar que tens um determinado padrão, por surgirem esses problemas, além do teu autotratamento, porque não experimentares a técnica Seiheki Chiryo, o tratamento para a mudança do hábito. Experimenta, pelo menos durante uma semana.

  5. Meditar sem medo

    Uma das formas de ires vendo como estás em relação aos teus problemas é observá-los através de meditação. Senta-te confortavelmente, entrega-te a ti mesmo, observa como esses problemas são exteriores e apenas o teu apego a eles os traz a ti. Se os deixares de alimentar, de que forma é que eles conseguem sobreviver?
    Poderás também experimentar algumas das dicas que aparecem no livro Reiki, Meditação e Consciência, além das meditações guiadas.

“Tudo o que plantaste morreu porque as ervas daninhas espalharam-se. Não cedas e continua a tentar”. – Imperador Meiji.

Como vês, a prática de Reiki é bastante completa e ela traz-te ainda grandes desafios que só te podem levar a um entendimento maior de ti mesmo e de todos os outros.

Um caminho para uma vida feliz e pacífica, não se faz instantaneamente, mas sim através da observação desses problemas que tu tens. Algo que é importante é manteres uma atitude positiva, pois só uma pessoa que encontra os seus problemas de vida é que se torna consciente.

Categorias de Artigos
Recebe a newsletter

Newsletter

Comments
All comments.
Comments

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.