Há alturas em que uma pessoa no seu processo terapêutico poderá receber uma sintonização de Reiki após a sua sessão ou consulta. Esta prática não é usual, mas poderá ser uma solução muito interessante entre alguns praticantes de Reiki.

Porque uma sintonização após a sessão ou consulta de Reiki

O propósito de uma sessão ou consulta de Reiki é a de promover o equilíbrio, harmonia e o despertar da consciência da pessoa em relação a determinado aspeto que requer a sua atenção. A consulta de Reiki funciona como um desvelar de questões, a promoção da tomada de consciência e a harmonia dos vários centros energéticos, mas também o equilíbrio do corpo, mente e coração.

Quando o terapeuta sente que a pessoa, sendo ela praticante de Reiki, pode beneficiar ao realizar-se uma sintonização, neste caso, a repetição da sintonização de determinado nível que a pessoa tem, tal prática pode ser muito benéfica.

A sintonização de Reiki deverá ser feita após a aplicação de Reiki na pessoa, pois esta aplicação, o tratamento de Reiki, auxilia ao correto fluxo do canal energético que implica um desbloqueio do mesmo. Estando a pessoa mais “alinhada”, equilibrada, o processo de sintonização é mais fluido.

Esta conjugação de sintonização e sessão terapêutica ajuda a aumentar a energia da pessoa – e o que ela poderá fazer com essa energia?

É importante que a pessoa pegue nesta oportunidade e faça a sua real transformação. Este tipo de prática não é como tomar uma aspirina, não resolve nada por si, mas dá um potencial extraordinário à pessoa para que tenha energia para resolver as coisas em harmonia, ou para estar na vida com uma predisposição mais serena.

Vale mesmo a pena este tipo de prática, não é aplicável a todas as situações e casos, assim como também não representa a necessidade de se fazer uma consulta de Reiki antes de aprender Reiki. É uma situação excepcional que deve ser considerada pelo terapeuta e quem sabe, porque não também pela pessoa?