Se aprendeste há muito tempo e pretendes retomar a prática de Reiki do teu nível 1 podes fazer tendo em conta duas perspetivas que te podem ajudar. 1) Iniciares o processo de autotratamento de nivel 1 de Reiki; 2) Pedires ao teu Mestre uma nova sintonização ou iniciares um novo curso.

Retomar a prática de Reiki

Reiki é mesmo algo de muito positivo para nós. Não quer dizer que apenas devemos aplicar a energia quando estamos mal, mas devemos também ter o cuidado preventivo de fazer autotratamento para trazer equilíbrio e harmonia a todo o nosso ser. Vamos então ver as duas formas de retomar a prática de Reiki.

Iniciares o processo de autotratamento para retomar a prática de Reiki

Se já não praticas há algum tempo, mesmo que há anos, a tua percepção da energia poderá estar mais “enfraquecida”, tudo por uma questão de falta de prática e pelo próprio canal energético poder ficar mais “estreito”, pela ausência de um fluxo mais intenso.

Uma boa forma de retomares a tua prática é mesmo pelo autotratamento, para isso, ao longo de 21 dias, podes aplicar o autotratamento como te foi ensinado.

Estas são algumas indicações para retomar a prática de Reiki através do autotratamento, tenta observar sim, como foi indicado pelo teu próprio Mestre pois poderá ser diferente.

  1. Limpeza

    Começa pelo banho seco e enraizamento, é importante o estares no momento presente e também escoares a energia mais densa que possas estar a limpar.

  2. Ligar à energia

    Com as mãos em gassho, deixa a energia fluir para a mente e para o coração, recita os cinco princípios.

  3. Aplicação do autotratamento

    Aplica a energia às posições de mãos que aprendeste e deixa tudo acontecer, sem expectativa.
    Nos tratamentos seguintes, tenta voltar aos conceitos do byosen, para compreenderes como a energia se manifesta nas tuas mãos.

  4. Fecho do autotratamento

    Quando terminares, se sentires que o autotratamento foi muito exigente, volta a fazer o banho seco. Caso não tenha sido, podes terminar com os cinco princípios, deixando-os ecoar em ti.

Sintonização para retomar a prática de Reiki

Poderás pedir ao teu Mestre de Reiki para que volte a fazer a sintonização do nível 1 e depois retomas a prática de autotratamento e regressas às suas aulas, para fundamentares a tua prática.

Caso queiras, podes mesmo iniciar um curso de Reiki, receber novamente a sintonização e começar do “zero”. É claro que um praticante de Reiki numa recomeça do zero, mas se já passou muito tempo e sentires essa necessidade é algo a ter em mente pois já muitas práticas foram redescobertas e a orientação do método pode ser diferente daquele que aprendeste.

A filosofia de vida para retomar a prática de Reiki

Apesar deste ser o último tópico, a filosofia de vida é, sem dúvida, a parte mais importante que deves ter em consideração para retomar a prática de Reiki. O método é mesmo assente num propósito – Guiar para uma vida pacífica e feliz, curar os outros, melhorar a sua felicidade e a nossa própria. Isto era o que indicava o Mestre Usui e, escutando estas palavras, compreendemos o sentido dos cinco princípios. Eles realmente existem para a nossa transformação e elevação da consciência.

Então começa mesmo por aí, regressa a uma prática constante dos cinco princípios, não só os recitando diariamente, mas também compreendendo a importância que eles têm para a resolução das tuas questões de vida.

Os cinco princípios são como uma bússola para a nossa orientação e eles irão trazer-te muitas respostas às tuas muitas perguntas… confia.

Se quiseres ler um livro para te apoiar o teu retomar à prática, posso aconselhar O Grande Livro do Reiki, que é um manual prático para todos os níveis e muito mais.