O enraizamento é um conceito energético e uma prática de mentalização que nos auxilia a estar mais conectados à energia da Terra, uma concentração maior no momento presente e o veículo necessário para escoar energia.

Este é um conceito muito interessante para praticantes de Reiki, não só para autotratamento como também no tratamento de Reiki a outros.

O enraizamento quando se aplica um tratamento de Reiki a outra pessoa

Quando estás a aplicar Reiki a alguém, poderá ser interessante fazeres o enraizamento se sentires:

  1. O corpo a abanar;
  2. Absorção da energia densa;
  3. Desconcentração.

Mas a prática é também importante para a própria pessoa que está a receber Reiki, porque há alturas em que é necessária uma circulação e escoamento de energia e tal não acontece por a pessoa estar “bloqueada”.

Podes fazer o enraizamento a outra pessoa de várias formas:

  1. Visualização

    Visualiza o chakra raiz da pessoa e imagina que a energia flui do chakra para os pés. Daqui, a energia vai fluindo em direção ao centro da terra, como se fossem raizes que se vão agarrando e indo cada vez mais fundo, até abraçarem o centro da terra.

  2. Desbloqueio do Chakra Raiz

    Neste passo, vamos tratar o Chakra Raiz da pessoa, começando primeiro com as mãos na bacia, depois passa para os joelhos e, finalmente, para os pés. Em cada um dos passos, imagina a energia do passo anterior a conectar-se com a posição onde estás agora, até conseguir fluir pelos pés por completo.

Fazer o enraizamento a outra pessoa durante o tratamento pode ajudar a desbloquear, descongestionar a energia e promover um fluxo que auxilia na eficácia do tratamento.

Poderás ler mais sobre estes conceitos e aprofundar a teoria através do livro Reiki Guia do Método de Cura.