Já sentiste necessidade de resistir à energia dos outros mas nunca conseguiste bem perceber como o podes fazer? Temos um local no nosso corpo energético bem apropriado para essas situações, a região do Chakra Esplénico, também conhecida como Seika Tanden, apenas Tanden ou Hara.

O tanden, o chakra esplénico e como resistir à energia dos outros

Se o plexo solar representa o nosso poder pessoal e com ele somos capazes de delinear as nossas fronteiras no que toca à energia dos outros, quando ele parece pouco eficiente, temos ainda algo que pode reforçar o nosso esforço para resistir à energia dos outros

O nosso Chakra Esplénico representa a consciência do Eu e do Outro e como tal, em equilíbrio, sabe gerir relações, mesmo que apenas energéticas. Nessa mesma região esplénica, está um centro energético chamado de Seika Tanden, ou o Tanden inferior, que representa o nosso reservatório de energia vital. Este reservatório é também uma espécie de centro de gravidade, ou seja, quando nos centramos nesse lugar, é como se uma grande força interior estivesse ao nosso dispor e um equilíbrio natural é alcançado. Este é um dos grandes truques usados em artes marciais como o Aikido.

Outro exemplo de uso do Seika Tanden é a nossa respiração Joshin Kokyu Ho, que nos leva à prática meditativa, reciclagem energética e potenciação da energia vital.

Claro que tudo isto parece muito estranho, mas não será quando o experimentares e podes fazer da seguinte forma:

  • Mantém-te de pé, com as pernas à mesma largura dos ombros;
  • Coloca as mãos na região abaixo do umbigo;
  • Faz algumas inspirações e expirações profundas e completas;
  • Imagina-te dentro do teu tanden, uma espécie de local forte, cheio de energia (se não estiver, tens que fazer durante alguns dias seguidos a técnica Joshin Kokyu Ho);
  • Sente essa força que te envolve e que ao mesmo tempo te permeia;
  • Imagina-te agora na situação onde precisas resistir à energia dos outros;
  • Mantém-te centrado em ti, a energia dos outros de fora;
  • Como te sentes?
  • Forte?

O centrar na região do Chakra Esplénico pede-te também que consigas compreender a importância das relações entre pessoas, que não pode haver só dar ou só receber e que devemos também saber o que aceitamos na nossa vida.