Reiki

Tendo a sintonização já se é praticante?

Quando recebemos uma sintonização de Reiki isso poderá ser pelas mais variadas razões. Desde um apoio terapêutico a, realmente, uma base para um trabalho pessoal dentro daquilo que é o Usui Reiki Ryoho.

A sintonização e a prática

Apesar de se pensar que é a sintonização de Reiki que diferencia o aluno nos seus vários níveis, há toda uma prática que vai, de facto, confirmar essa sintonização. Para que alguém diga que realmente tem determinado nível de Reiki, precisa considerar o seguinte:

  • Aplicou o autotratamento regularmente;
  • Compreendeu os efeitos e sensações do byosen desse nível;
  • Continuou a prática dos cinco princípios de Reiki e melhorou a sua consciência e questões pessoais;
  • Desenvolveu e aplicou as técnicas de Reiki;
  • Acompanhou as aulas e os trabalhos em cada uma delas;
  • Desenvolveu a prática através do tratamento de Reiki a outros, nas aulas;
  • E muito, muito mais.

Então estes pontos apenas querem indicar que a sintonização é um momento e que não é esse momento por si que faz a pessoa ter concluído um nível, ele é apenas o início de um longo caminho que tem admiráveis mundos a descobrir.

Caso não tenhas disponibilidade para assistir às aulas, confirma sempre com o teu Mestre o que há a trabalhar e a desenvolver. A prática conjunta ajuda-nos no nosso crescimento pessoal.

A sintonização Reiki é uma técnica, apenas aprendida por um Mestre de Reiki, para ligar o praticante, de forma mais imediata à Energia Universal.

Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.