O Tao do Reiki

Descobrir, Desenvolver e Crescer com Reiki

Só por hoje sou grato – a gratidão pede-nos ação na ajuda ao próximo

O terceiro princípio de Reiki – sou grato, traz-nos o pilar da gratidão, um dos grandes valores humanos, universais, sobre o entendimento da vida.

A gratidão traz-nos leveza por, de alguma forma, confiarmos e entregarmos a nossa preocupação a algo, promovendo a nossa harmonia e a dos outros, mas também ensina-nos a olhar para a vida sabendo ajudar os outros que podem também cometer os mesmos erros que nós, ou que podem usufruir do nosso saber.

A gratidão e como esta se pode transformar em ação meritória na ajuda ao próximo

Quando agradecemos algo de bom, estamos num momento de união com a vida e sentimos que a vida nos retribuiu com algo que nos preenche e auxilia. Quando agradecemos algo de mau, entramos em comunhão profunda com o Universo e compreendemos todo o valor da vida, incluindo a necessidade de por vezes termos de perder ou até mesmo ter prejuízo nos vários campos da vida, incluindo o emocional.

Quando atingimos determinada consciência que ganhar e perder fazem parte da nossa vida, a gratidão transforma-se num movimento harmonioso e natural em nós, fruto também da autoconfiança que soubemos criar.

A partir desta tomada de consciência, devemos compreender que a vida passa também por sabermos ajudar o próximo. Se olharmos para as lições de vida que passamos e que, com a gratidão, aprendemos a superar, então teremos uma incomensurável fonte de sabedoria que pode ser partilhada

Só por hoje sou grato, o terceiro princípio de Reiki é também um pedido de ação, é uma força de iniciativa para, através da nossa aprendizagem de vida, ajudarmos também os outros com as suas questões e dificuldades.

A prática de Reiki é para o nosso crescimento, mas também é um conjunto de valores e sabedorias que devem estar ao serviço do próximo, na medida que este assim queira receber e compreender.

Previous

Confiar não significa deixar que outros te enganem

Next

Trabalho honestamente não significa deixares que se aproveitem de ti

1 Comment

  1. Maria Irene Gameiro da Silva de Cardoso

    Grata João, pela partilha natural, espontânea, da Sabedoria já incorporada em ti. Namastê

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén