O Imperador Meiji (明治天皇) viveu entre 1852 e 1912 e realizou a transição de um Japão feudal e fechado, para um Japão moderno e aberto ao ocidente, ao mundo. Além deste grande progresso que cultivou, era também um homem muito literário, um poeta com milhares de poemas escritos. Este imperador foi tão importante que no Japão, a 30 de Julho, é sempre celebrado O Dia das Virtudes do Imperador Meiji.

A importância dos poemas do Imperador Meiji para a prática de Reiki e como os estudar

«Sem abrires a montanha, como podes ver a flor dourada a brilhar? Não adianta ter um talento sem o usar.» — Imperador Meiji

Como surgiu, pela primeira vez, a referência aos poemas do Imperador Meiji?

No manual que entregava aos seus alunos, o Usui Reiki Ryoho Hikkei, que poderás encontrar em O Grande Livro do Reiki, o mestre Usui indicava os seguintes esclarecimentos sobre o seu método:

P — O que é o Usui Reiki Ryoho?

R — Graciosamente, recebi as últimas injunções do Imperador Meiji. Para alcançarmos os meus ensinamentos, treinarmos e melhorarmos física e espiritualmente e andarmos por um caminho certo como seres humanos, temos, em primeiro lugar, de curar o nosso espírito. Em segundo lugar, temos de manter o nosso corpo saudável.

As injunções são as instruções, os ensinamentos do Imperador Meiji e estes vinham, para os japoneses, na forma de poemas. Para os seus alunos, o Mestre Usui escolheu 125 poemas. Estes poemas eram praticados na forma meditativa quando o Mestre realizava o Hatsurei-Ho.

Por exemplo, os alunos liam o seguinte poema:

«Se não fores em frente quando o mundo inteiro está a avançar, vais ficar para trás.» — Imperador Meiji

E no momento da meditação, mantinham em mente estas palavras e aguardavam que a sabedoria do vazio lhes trouxesse iluminação. Para a tua própria experiência, podes encontrar no livro Reiki Guia para Uma Vida Feliz os 125 poemas, a sua categorização e a explicação de cada um deles.

Mais ainda, no Manual da Terapia Reiki, o Mestre Usui indicava os métodos que usava e o primeiro deles era a eliminação dos pensamentos, através da entoação dos poemas do Imperador Meiji.

OS NOSSOS MÉTODOS DE TERAPIA REIKI

1 — Eliminação dos nossos pensamentos

Entoa os poemas do Imperador Meiji e elimina todos os teus pensamentos.

Mais à frente, ele explicava porque se devia recitar esses poemas:

A razão para entoar os poemas do Imperador Meiji

O Imperador Meiji demonstrou ter uma capacidade espiritual excelente, comparativamente com os restantes imperadores. O seu grande caráter era visível na aura da sua enorme virtude, que brilhava para todos como um raio de sol, no seu afeto profundo como o oceano, na sua vontade inamovível e misericordiosa como a da Mãe Natureza.

O segundo propósito do método da terapia Reiki é o de receber a própria energia e o Mestre Usui constata-o da seguinte forma:

2 — Receber energia espiritual

Receber energia espiritual é um ritual e deve ser feito da seguinte

forma:

• Elimina os teus pensamentos;

• Lê os poemas do Imperador Meiji em voz alta e esvazia a tua mente.

Mais uma vez, referindo a importância de ler os poemas do Imperador Meiji, em voz alta.

A categorização dos poemas do Imperador Meiji

Em 2015, quando pedi a tradução do japonês para inglês dos poemas do Imperador Meiji, pude encontrar um novo sentido e valor nestes 125 poemas. Reparei que eles tinham um determinado contexto e ensinamento e, como tal, categorizei esses poemas em quatro pilares, que poderás ler a partir da página 85 do livro Reiki Guia para Uma Vida Feliz:

  1. Trabalho árduo e aprendizagem;
  2. Família e paternidade;
  3. Conselhos;
  4. Compaixão, valores e elevação.

Desta forma, ao estudares os poemas do Imperador Meiji, poderás fazer o seguinte:

  1. Senta-te confortavelmente e coloca a tua intenção neste aprendizagem;
  2. Por exemplo, vais querer aprender algo mais sobre a compaixão;
  3. E escolhes, dentro desses poemas, o número 18;
  4. Lê em voz alta o poema;
  5. Medita, praticando o Joshin Kokyu Ho;
  6. Sente o que o Universo te exprime, no silêncio, sobre esse poema;
  7. Agradece.

18 — PIRILAMPO PERANTE A LUA

Um pirilampo esconde-se no canavial, deixando a Lua brilhar na lagoa.

A sabedoria dos poemas escolhidos pelo Mestre Usui traz-nos grandes ensinamentos. Escuta-os atentamente e pratica-os.