2018 - Relacionamentos,  Reiki

Como compreender quando a doença faz vir toda a adversidade ao de cima

Já te aconteceu estares doente e de repente toda a adversidade, todas as coisas começarem a correr mal? Isso poderá acontecer e vamos tentar compreender porque.

A adversidade que se abate sobre nós, quando estamos doentes

Há alturas em que por alguma razão ficamos doentes e depois parece que o céu cai sobre nós. Toda a adversidade surge, as coisas tornam-se muito complicadas e parece que tudo corre mal.

De um ponto de vista da energia, isso pode ter uma explicação. Ao longo de muito tempo, a nossa capacidade positiva pode conter a adversidade, como se fosse uma barragem. Mas essa energia da adversidade continua presente de alguma forma, por vezes até mesmo a cultivar doença, ou melhor, desequilíbrio e desarmonia, que um dia irá despontar.

Ao ficarmos doentes, tornamo-nos frágeis, a capacidade de estar atento à adversidade diminui porque estamos focamos na doença, a nossa aura, ou seja, a soma da nossa energia está fragilizada, intermitente e, de repente, a barragem abre as suas comportas e todo o potencial da adversidade abate-se sobre nós.

É por isso que temos sempre que ter em atenção dois aspectos:

  1. Aplicar e receber Reiki regularmente;
  2. Observar constantemente o potencial de adversidade que se acumula em nós.

A adversidade é, de alguma forma, energia densa, é como se estivesses a acumular electricidade estática no teu corpo e um dia, ou descarrega ou irás levar ou choque, ou dar um choque a alguém. Da mesma forma, a adversidade ou é removida, transformada, ou então torna-se num potencial que te poderá magoar ou magoar outros.

Como lidar com a adversidade

Em primeiro lugar precisamos compreender que a adversidade ou melhor, o potencial da energia densa, é algo que faz parte da vida de todos. É impossível escapar, pois faz parte, no entanto podemos ter a capacidade de a observar, para o fazeres podes meditar regularmente, usando a técnica Joshin Kokyu Ho.

Tenta compreender o porque da adversidade, porque ela surge, como surge, o que tu fazes com ela. Pratica o Ikari no Kokyu Ho, a técnica da respiração luminosa, para ires trabalhando essa acumulação de energia. Se vires que não estás a conseguir, faz uma consulta de Reiki e tenta também perceber de que outra forma poderás trabalhar contigo mesmo.

Trabalha com os cinco princípios de Reiki e sê bondoso para com a própria adversidade, compreende as lições de vida que te traz e de que forma isso te pode conduzir à harmonia.

Lembra-te, a adversidade e o potencial negativo são naturais, podem ser trabalhados e evitados, com as condições que criares. Pratica Reiki com uma atitude positiva.

Designer, Mestre, Terapeuta de Reiki, Presidente da Associação Portuguesa de Reiki e fundador da Ser - Cooperativa de Solidariedade Social. Autor dos livros «Reiki Guia para uma Vida Feliz», «O Grande Livro do Reiki», «Reiki Usui», entre muitos outros. Fundador da revista "Budismo, uma resposta ao sofrimento". Acima de tudo quero partilhar contigo o porquê de Reiki ser a «Arte Secreta de Convidar a Felicidade».

Um comentário

  • Maria José Bernardino

    Faz todo o sentido . Estamos mais frágeis / desprotegidos de boas energias …. . Muito Grata pela ajuda através da análise explicada .

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.