Se os teus dias são passados sem energia isso pode querer dizer que estás mesmo muito esgotado, em vários sentidos. A prática de Reiki pode auxiliar-te na perspectiva energética e, já sabes, consulta também um médico para verificar se não há algo de físico a acontecer.

Como nos tratar quando estamos sem energia

Sentir o corpo sem energia, a mente confusa, cansada, as emoções difíceis de gerir, podem levar-nos numa espiral de maior exaustão e irritabilidade. É uma saturação comum quando há muita pressão exterior, muita exigência no cumprimento de tarefas e pouco tempo para a própria pessoa poder descansar, sentir-se e relaxar.

A prática de Reiki indica-nos três aspectos que são importantes observar:

  1. O autotratamento;
  2. A compreensão dos centros energéticos;
  3. O enraizamento e a meditação.

O autotratamento para quem está sem energia

Realizares o autotratamento será muito importante, vai ajudar-te a estares um momento contigo mesmo, o que te permitirá descansar e ter uma certeza interior que sabes cuidar de ti, irá também ajudar-te a compreender que chakras estão em desequilíbrio e partes do corpo mais debilitadas. Trabalha bem a tua intenção, para que possas entender bem o que se passa em ti.

Entender os chakras quando estamos sem energia

Tenta compreender o que o teu corpo comunica. Que partes do corpo achas que estão vazias, onde costumas colocar as mãos ao longo do dia. Por exemplo, tapar a barriga e a cabeça. A partir daí, tenta compreender o significado de cada chakra e o que isso representa em relação às tuas questões do momento presente.

Esse entendimento irá ajudar-te também a fazer um tratamento específico. Por exemplo, se tens o plexo solar mais fraco, poderás colocar uma mão no chakra cardíaco e outra no plexo solar e assim deixar a energia harmonizar-se.

Os chakras são também centros de consciência. Observa o que cada um te quer transmitir. Uma boa forma de os sentires é compreenderes o seu byosen.

Como aplicar o “estar no aqui e agora”

Quando estamos sem energia há sempre uma espécie de impossibilidade de estar no momento presente, queremos fugir da confusão, da pressão, estamos presos em pensamento do passado ou mesmo a ansiedade do futuro, por isso mesmo, precisamos aplicar a sabedoria do Só por hoje.

Para que possas estar no momento presente, pratica várias vezes ao longo do dia, principalmente ao tomar decisões, o enraizamento. Depois, faz também várias vezes ao dia a meditação Joshin Kokyu Ho… podes ir à casa de banho e tiras dois minutos para respirares e estares de mente vazia. O ideal desta técnica é conseguires centrar-te na respiração em cada desafio que se apresenta a ti. Ao invés de reagires logo, respira… inspira, expira… só depois reages.

Estar sem energia é um grande desafio e tem-se tornado cada vez mais comum na nossa sociedade devido às imensas solicitações, aos horários dos filhos, das escolas, do trabalho. Então, precisamos também repensar na nossa corrida diária, fazer com que tudo colabore e não com que tudo recaia sobre nós. A responsabilidade é importante, mas a vida não é para ser vivida como se fossemos uma ilha. É preciso também saber aproveitar o dia, nem que seja só por cinco minutos, ou por vinte minutos a fazer o autotratamento.