O Tao do Reiki

Descobrir, Desenvolver e Crescer com Reiki

Pode um Mestre de Reiki ficar doente? Será que é o trabalho que o faz mais doente?

A prática de Reiki está cheia de mitos e um deles é se um Mestre de Reiki pode ficar doente, ou como pode ele ficar doente se pratica Reiki? Esta é uma questão que precisa ser bem reflectida.

A doença no Mestre de Reiki e porque surgirá

A doença é algo de natural na nossa vida, representa um momento de desequilíbrio e desarmonia, ao qual o nosso corpo irá reagir. Reiki, a Energia Universal, é parte de nós e ajuda-nos a manter a homeostasia do nosso sistema vivo. Um Mestre de Reiki é um praticante que deve manter o seu autocuidado regular, é alguém que trabalha proficientemente com a energia e, deve estar em harmonia, em sintonia, com este fluxo de vida.

Mas como pode então, um Mestre de Reiki ficar doente?

A resposta é muito simples –  ele fica com tanta probabilidade de estar doente, como qualquer outra pessoa. Será que afirmar isto significa que praticar ou não praticar Reiki é a mesma coisa?

Não é. De facto, a prática de Reiki pode ser profilática para o desequilíbrio e desarmonia da pessoa, mas isso não quer dizer que ela nunca irá ter mais doença, pensar isto é absolutamente errado. Se estiver na condição da pessoa, podemos até pensar em termos genéticos, ela poderá mesmo ficar doente e isso não tem a ver com ser ou não ser praticante de Reiki, mas sim com algo que faz parte dela.

Assim, fica desfeito este mito – um Mestre de Reiki é uma pessoa com condições e algumas dessas condições poderão conferir doença, ou seja, um período de desequilíbrio e desarmonia, que não pode ser evitado, no entanto, deve ser tratado.

Algumas situações que podem trazer desequilíbrio

No caso dos Mestres de Reiki, não há apenas a componente do tratar os outros, mas também a do ensino. Um Mestre de Reiki realiza sintonizações e ensina praticantes de Reiki, o que o leva a grande “partilha” de energia e também aos desgastes aos quais os professores e formadores estão habituados. Nem sempre é fácil lidar com situações complicadas que surgem e nem sempre se consegue digerir todas as situações pressionantes que nos trazem, é por isso que a meditação é também algo de muito importante e por isso mesmo é que o Mestre Usui nos indicava… “Só por hoje“.

Poderão os tratamentos de Reiki a outros contribuir para a doença do Mestre de Reiki?

A resposta a esta questão pode trazer imensa confusão a quem não ler corretamente ou não enquadrar corretamente a resposta. Vamos ver por dois prismas:

NÃO! Os tratamentos de Reiki a outros não contribuem para a doença do Mestre de Reiki. Não é por tratar os outros energeticamente que iremos ficar com os seus desequilíbrios e desarmonias. Essas questões não são contagiosas, como algumas doenças físicas.

Sim/talvez. Os tratamentos de Reiki a outros podem contribuir para o desequilíbrio do Mestre de Reiki se este não cuidar de si mesmo. Isto acontece porque quando se lida com energia densa, continuamente, esta poderá causar pressão sobre o corpo energético do praticante, mas isto não quer dizer que a prática de Reiki causa doença a quem a pratica! É um pouco como quem está inserido num ambiente stressante, há quem lide bem com esse ambiente e nada se passa, mas há quem não lide bem e fique mal. Por isso mesmo, um Mestre de Reiki ou um Terapeuta de Reiki devem ter um cuidado rigoroso consigo mesmos.

Mesmo tendo todo o cuidado, o Mestre de Reiki pode ficar doente, porque essa doença fará parte da sua condição. Será de grande prejuízo alguém criticar um Mestre de Reiki por este estar doente, pois nada tem a ver com algo de errado que ele esteja a fazer. É quase como ver alguém doente e dizer “bem feita que estás doente” e claro que todos sabemos que pensar sequer, é absolutamente errado.

Quando se deve parar de trabalhar em Reiki, quando se está doente?

Deve-se parar de trabalhar para repor os níveis energéticos, para equilibrar a mente e o coração e descansar o corpo. Devemos sempre seguir estas regras.

Claro que ninguém sabe quando está doente, só mesmo quando o desequilíbrio está bem alojado é que se começam a manifestar situações que apontam para algo estar mal. Portanto, a maior parte das pessoas está a trabalhar estando doente, só mesmo quando pioram, ou quando os efeitos são mais manifestos, é que compreendem as suas condições.

Se estiveres sob o efeito de medicação forte, considera dar também um tempo de descanso, o que é obrigatório quando há intervenção de quimio ou radioterapia, para que o corpo se possa restabelecer corretamente.

Ser Mestre de Reiki é compreender aquilo que o Mestre Usui indicava “É para a melhoria da mente e do corpo” e isto quer dizer que a nossa prática deve ser sempre avaliada e o descanso é obrigatório. Devemos fazer autotratamento e também receber Reiki regularmente.

Estudar mais sobre todas as competências de um Mestre de Reiki

No livro Reiki A Energia Universal, poderás encontrar várias partilhas sobre o que nos leva a ser Mestres de Reiki, o esforço e dificuldades no percurso, o que ensinar e como, assim como, muito importante, a necessidade do nosso próprio autocuidado.

Ser Mestre de Reiki não é apenas ter completado o ciclo de aprendizagem no Usui Reiki Ryoho, é comprometer com a missão que o Mestre Usui nos legou e observá-la bem, não só para os outros, mas também para nós.

Se estás doente, não te preocupes pois não fracassaste em nada, faz parte da tua condição e deste momento de vida. Por isso mesmo, faz os teus exames, tratamentos e recebe também Reiki de outros, para te auxiliar neste momento. Todos precisamos desta troca, ela faz parte da vida e traz-nos sempre grandes lições.

Previous

Como Reiki te pode ajudar a tomar decisões

Next

Quando estamos sem energia como pode Reiki ajudar?

1 Comment

  1. Ivan

    Muito boa explicação, com muita didática! Gostei muito!

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén