O Tao do Reiki

Descobrir, Desenvolver e Crescer com Reiki

Como trabalhar um pensamento obsessivo com Reiki

O pensamento obsessivo é algo como uma ideia que está sempre presente na nossa mente e se torna o centro da atenção na maior parte do nosso tempo, chegando a perturbar momentos de concentração noutras tarefas, assim como desviar o nosso estado emocional para o foco resultante desse pensamento obsessivo.

A desconstrução do pensamento obsessivo com a prática de Reiki

Se és praticante de Reiki sabes que o Mestre Usui indicava este método como sendo “A Arte Secreta de Convidar a Felicidade” e que tal representa o trabalho interior que cada um deve fazer, para alcançar a felicidade que está dentro de si.

Ele também indicava que a nossa prática é para a melhoria da mente e do corpo. Então, como poderemos nós tratar um pensamento obsessivo com a prática de Reiki?

Em primeiro lugar não te podes esquecer que deves pedir ajuda profissional no caso de algum tipo de distúrbio mental.

Compreendemos que o pensamento é gerado pela mente e que ela apenas está a desempenhar o seu papel, no entanto, a consciência, deve gerir a mente e não a mente gerir a consciência. Assim, quando existe um pensamento persistente ou pensamento obsessivo, poderemos fazer o seguinte através da prática de Reiki:

  1. Desenvolver a consciência;
  2. Saber estar no momento presente;
  3. Compreender a existência do pensamento obsessivo através da prática dos cinco princípios;
  4. Substituir o pensamento obsessivo por uma forma de estar e não por outro pensamento que pode também ele tornar-se obsessivo;
  5. Aplicar o autotratamento.

A prática do Joshin Kokyu Ho é muito importante, é o desenvolver não só da consciência, como do momento presente. Essa mesma prática pode levar-te a compreender o estado em que tudo o que tu és – corpo, mente, emoções, essência – deve estar. É sentindo esse estado de harmonia que te pode levar a desapegar do pensamento obsessivo, ou seja, não é substituires um pensamento por outro, mas sim um pensamento por uma forma de estar, que te transporta ao momento presente, à consciência de ti mesmo e a um estado de harmonia.

Para reforçares esta prática, poderás ainda usar o nentatsu, reforçando a tua força de vontade em querer praticar o Joshin Kokyu Ho.

Previous

Quando tratar alguém traz impaciência e saturação

Next

Como enviar Reiki para a Paz Mundial

4 Comments

  1. Monica

    Sou reikiana a sete anos mas a 4 que deixei de praticar agora o meu pensamento diz para voltar a fazer mas nunca tenho tempo quando penso fazer aparece logo alguma coisa que me impede mas sinto que preciso muito mas tambem nao sei se continuo com esta energia reikiana ou tenho que fazer novamente a formaçao. Obrigada Monica

  2. Monica

    Quando alguem tem zona podesse fazer reiki?Mesmo nao praticando a muito tempo!

    • Olá Mónia, a zona é um desequilíbrio muito difícil no corpo, trazendo bastantes dores à pessoa. Antes de aplicares Reiki à pessoa, faz primeiro o teu autotratamento. Quando te sentires em bom fluxo com a energia, então aplica à pessoa. Faz o banho seco antes e depois da aplicação, tem em atenção a colocação das mãos para não magoar.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén